Eles gozam com a fome de 20 milhões

VEJA VÍDEO DA FESTA DE ANIVERSÁRIO, EM PORTUGAL, DE ANABELA CONTO. A “estátua” de José Eduardo dos Santos e do seu regime já “caiu”. A de João Lourenço se calhar nem chegará a ser construída. Um e outro seguem a mesma regra, embora com tonalidades diferentes: estarem rodeados de sipaios e de um ou outro chefe de posto. Por alguma razão Angola (para além de 20 milhões de pobres) é o país que tem mais milionários do mesmo partido/clã por metro quadrado. Embora o regime continue todos os dias a…

Leia mais

Escravos morrem de fome. Filho do Presidente gasta
500 mil euros num relógio

A malnutrição esteve na origem da morte de 114 crianças no primeiro trimestre deste ano na província angolana de Benguela, mas as autoridades sanitárias receiam que o número venha a aumentar devido aos muitos internamentos. Enquanto isso, Eduane Danilo Lemos dos Santos, o filho mais velho do casal real do reino esclavagista de Angola, de 23 anos, comprou um relógio pela módica quantia de 500 mil euros… Também enquanto isso, o Parlamento prevê gastar quase 70 milhões de euros para comprar viaturas novas para os 220 deputados da IV legislatura,…

Leia mais

Sem tiros mas longe da paz

O Memorando do Luena, de 4 Abril de 2002, trouxe o fim formal da longa guerra civil angolana, entre o governo dominado desde 1975 pelo MPLA e a UNITA. Passados 15 anos, os poucos que tinham milhões têm mais milhões, e os muitos milhões que tinham pouco ou nada continuam a ter pouco, nada ou ainda menos. Por Orlando Castro A solução militar do conflito consubstanciada no assassinato do líder da UNITA, Jonas Savimbi, reforçou o poder do vencedor, o MPLA, e apenas permitiu até agora mascarar as raízes do…

Leia mais

Os salários e honorários secretos da Sonangol

Há três grandes mistérios na Sonangol que ensombram os repetidos pronunciamentos da sua administração sobre transparência e boa governação. O secretismo das remunerações dos membros do Conselho de Administração, os honorários pagos aos mais de 60 consultores portugueses afectos a Isabel dos Santos, a presidente do Conselho de Administração, e os vistos de turista usados pela maioria. Por Rafael Marques de Morais (*) Recentemente, Isabel dos Santos reiterou nos Estados Unidos da América que constam, entre os objectivos da sua liderança, “elevar a transparência” e “melhorar capacidades de gestão” na…

Leia mais

Escravatura enriquece o MPLA

O MPLA é um partido para satisfazer interesses pessoais e para acumulação de capital. Fundado a 10 de Dezembro de 1956 e no poder desde 11 de Novembro de 1975, teve na sua essência – tal como outros – a luta pela libertação dos povos do jugo colonial. Foi um objectivo cujos membros fundadores perseguiram com o espírito de nacionalista, de que a nação era mais importante do que qualquer pretensão pessoal. Como hoje se verifica, foi chão que deu uvas. Actualmente reina no seio do maior partido/estado de Angola…

Leia mais

Mais de 600 crianças morreram este ano no Hospital de Benguela

A mortalidade infantil registou um aumento significativo, na pediatria do Hospital Geral de Benguela, com 603 mortos no primeiro semestre deste ano, 256 óbitos a mais comparativamente ao mesmo período de 2015. Normal num país pobre, não é sua majestade o rei, José Eduardo dos Santos? Os dados foram hoje avançados por Laura Campos, responsável daquela unidade hospitalar no litoral sul de Angola e são, de uma forma geral, o reflexo do que se passa um pouco por todo o país. A malária e as suas complicações, anemias severas, hepáticas,…

Leia mais

Continuamos cá, Presidente!

Sua majestade o rei de Angola, José Eduardo dos Santos, e o seu regime, onde proliferam sipaios e um ou outro chefe de posto, continua a sua, bem sucedida e internacionalmente elogiada, luta para colocar Angola como o país que tem mais milionários do mesmo clã por metro quadrado, bem como o maior índice de mortalidade infantil. Por Orlando Castro Embora o seu regime continue todos os dias a pôr os angolanos mais pobres, mais famintos, mais esqueléticos, mais perto da morte, Eduardo dos Santos continua a dormir bem, a…

Leia mais

O dinheiro que alimenta o terrorismo de Estado em Angola

Há quem acredite que uma das formas de combater o terrorismo de Estado é reduzir o seu auto-financiamento. Entre vários outros exemplos, observando o caso de Angola, verifica-se que tal não resulta devido ao facto de o reigime ser capaz de fazer mutações e, sem prejudicar os novos ricos, infligir ainda mais pesadas restrições à qualidade de vida da classe média e daqueles que se encontram abaixo da linha da pobreza. Por Domingos Kambunji Senão vejamos. Neste país as verbas dedicadas ao ensino e à saúde pública das populações continuam…

Leia mais

A Paz das pás dos cemitérios

Luanda – Há quem viva em paz com a “paz” que contribui para o aumento no uso das pás que abrem sepulturas nos cemitérios. São esses eunucos mentais que acreditam que o Estado Angolano goza de credibilidade internacional para a resolução de conflitos noutros países. Por Domingos Kambunji Todavia, esse mesmo Estado não consegue solucionar as cavalgantes anomalias, em paranóias políticas e manias, que castram o desenvolvimento para uma melhoria da qualidade de vida da esmagadora maioria de cidadãos angolanos. Se, em décadas, não foram capazes de maximizar o uso…

Leia mais

Solução está nas nossas mãos

Antes de mais, é uma honra poder partilhar este texto com os angolanos, pois cada reflexão que publico por via deste espaço jornalf8.net me permite conversar com muitas pessoas que eu nunca conhecerei pessoalmente. Por João Kanda Bernardo A minha intenção neste texto não é apenas de contribuir com pensamentos que podem ajudar na renovação da esperança do povo angolano que é diariamente bombardeado com mais dificuldades e sacrifícios, mas também pedir que cada angolano seja a parte da solução dos problemas do país. Durante a minha análise sobre a…

Leia mais