O QUE O PAPA DISSE EM ANGOLA

O Papa emérito Bento XVI morreu hoje aos 95 anos, anunciou o Vaticano. Joseph Ratzinger nasceu em 1927 e foi Papa entre 2005 e 2013, quando abdicou e passou a ser emérito da diocese de Roma. ecordar-se-á a Igreja Católica de Angola o que disse, no dia 20 de Março de 2009, em Luanda, o Papa Bento XVI? Se calhar o regime não a deixa recordar. Mas recordamos nós. Bento XVI considerou essencial para uma “democracia civil moderna” o “respeito e promoção dos Direitos Humanos”, um “Governo transparente”, uma “magistratura…

Leia mais

POLÍCIA  MATA (MAIS) UMA ZUNGUEIRA

Uma zungueira foi atingida por disparos policiais, na sexta-feira, em Luanda, durante uma actividade de fiscalização, informou hoje o Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional. Acção policial certamente pedagógica, cívica e pacífica… egundo o comunicado das autoridades, os agentes dos serviços de fiscalização que actuavam contra a venda ambulante no largo da Teixeira (Maianga) pediram ajuda à polícia quando enfrentaram “agressões” e “resistência violenta por parte dos vendedores”. Crê-se, aliás, que as zungueiras estariam a vender armamento pesado, daí a incontestável explicação de que ofereceram “resistência violenta”. Durante a…

Leia mais

O IRREVERSÍVEL DECLÍNIO DO MPLA

Com José Eduardo dos Santos, João Lourenço conseguirá dobrar a justiça e o governo espanhol, como fez com Portugal e com o processo de Manuel Vicente? Por Osvaldo Franque Buela (*) O Presidente João Lourenço continua a ignorar as vozes da razão e deve reflectir sobre a sua sustentabilidade e a do MPLA, sobretudo após a morte de José Eduardo dos Santos e o desfecho desta batalha jurídica com a sua família. As coisas não vão bem e nem tudo deve acontecer como está sendo administrado, especialmente para prestar atenção…

Leia mais

MORREU? ENTÃO É… BESTIAL

“Creio bem que, na ‘contabilidade política’ geral de uma Angola, de nascente independência, assoberbada por muitos anos de guerra e destruição, José Eduardo dos Santos teve um papel de relevante importância, que é justo reconhecer”, afirmou o ex-Presidente da República português, Ramalho Eanes. O antigo chefe de Estado português Ramalho Eanes afirmou este sábado que Angola muito fica a dever ao ex-presidente José Eduardo dos Santos, falecido na sexta-feira, pelo seu papel de “relevante importância” num país recém-independente, “assoberbado” por anos de “guerra e destruição”. O general António Ramalho Eanes…

Leia mais

REGABOFE DOS (ACTUAIS) DIRIGENTES DO MPLA

É triste a imagem que o MPLA, mais uma vez, dá ao mundo, sobre a baixa consistência intelectual dos seus dirigentes, fruto do regabofe que os opõe aos filhos de José Eduardo dos Santos, exilados, ante a perseguição de uma justiça selectiva. O Titular do Poder Executivo, marca as honrarias fúnebres. Os filhos exigem uma autópsia (já autorizada pelas autoridades espanholas), por suspeição do cometimento de ilícitos criminais. E, na esquina do confronto, interpuseram uma providência cautelar de não “libertação” do corpo. O kizangu está rijo. Por William Tonet O…

Leia mais

MORREU JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS

Morreu esta sexta-feira José Eduardo dos Santos, antigo Presidente de Angola, a poucos meses de completar 80 anos. Recorde-se o ex-governante encontrava-se internado nos cuidados intensivos numa clínica de Barcelona. Até 2017, o Presidente da República, líder absoluto do MPLA, Titular do Poder Executivo, Comandante em Chefe das Forças Armadas, José Eduardo dos Santos tinha tudo para, ao fim de 38 anos de poder absoluto e absolutista (despotismo, tirania, autocracia) sair menos beliscado ou até, com alguma ousadia e mestria, ganhar na recta final o que não conseguiu ao longo…

Leia mais

ONTEM, HOJE E SEMPRE… POR ANGOLA

Políticos históricos da UNITA e familiares dizem que Jonas Savimbi, assassinado há 20 anos, olharia hoje para Angola com “muita tristeza e desgosto” depois de contribuir “activamente” para a independência e democracia do país, como “reconhece a nova geração”. Jonas Malheiro Savimbi, fundador da União Nacional para Independência Total de Angola (UNITA, maior partido na oposição que o MPLA ainda permite), morreu em combate em 22 de Fevereiro de 2002, na região de Lucusse, província do Moxico, leste de Angola, onde esteve enterrado até 2019, ocasião em que o corpo…

Leia mais

MORREU DESMOND TUTO

Desmond Tutu, arcebispo emérito sul-africano e vencedor do Prémio Nobel da Paz de 1984 pelo seu activismo contra o regime de segregação racista do Apartheid, morreu hoje aos 90 anos, anunciou o Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa. “A morte do arcebispo emérito Desmond Tutu é um novo capítulo de luto na despedida da nossa nação a uma geração de sul-africanos excepcionais que nos legaram uma África do sul liberta”, acrescentou o presidente. Desmond Tutu ganhou notoriedade durante as piores horas do regime racista na África do Sul, quando…

Leia mais

Na história de Portugal (e do MPLA)

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratega do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, em Lisboa. Foi um dos obreiros do 25 de Abril, sendo considerado o cérebro da revolução. Era o responsável pelo sector operacional da Comissão Coordenadora do Movimento das Forças Armadas (MFA), dirigindo as operações da revolução a partir do posto de comando no quartel de operações no Regimento de Engenharia n.º 1, na Pontinha, nos arredores de Lisboa. No Movimento das Forças das Forças Armadas (MFA), que derrubou a ditadura…

Leia mais

“Se não fosse Portugal, estava morto. Morto”

Sofreu um grave acidente de moto em Angola. Veio para Portugal fazer reabilitação. Diz que a sua maior vitória é ter voltado a trabalhar. Este domingo, vota pela primeira vez numas presidenciais. Quinto capítulo da série sobre inclusão laboral. Por Ana Cristina Pereira (texto) e Nelson Garrido (fotografia) (*) Até às 16h30, quem liga para o número geral ouve a sua voz: “Centro de Reabilitação do Norte. Muito bom dia. Meu nome é António Jamba. Em que posso ajudar?” Muito se orgulha de trabalhar naquela unidade que presta cuidados de…

Leia mais