ERDOGAN EXPULSA QUEM PEDE A LIBERTAÇÃO DE OSAMAN KAVALA

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, vai expulsar dez embaixadores, incluindo representantes dos Estados Unidos, França, Países Baixos e Canadá. A decisão surge depois dos diplomatas terem solicitado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros a libertação de um opositor do regime que está preso há quatro anos. O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos pediu a libertação de Osaman Kavala em 2019 e o Conselho da Europa declarou que Ancara tem, até Novembro, para libertar o opositor do regime sob pena de accionar sanções à Turquia. Osaman Kavala foi acusado, em…

Leia mais

África não pode viver de soporíferos

O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi Adesina, defendeu hoje que o continente tem de deixar de apenas exportar matérias-primas, apostando na criação de valor através de uma melhor negociação dos contratos comerciais. É o mesmo perito que afirmou que a corrupção “não é um problema africano”, pelo que… “África é abençoada com 30% dos recursos naturais do mundo, do petróleo aos minérios, dos diamantes ao gás, e será incontornável no futuro, a transição para os carros eléctricos e as baterias para a energia solar dependem de África”,…

Leia mais

Nova aliança militar para travar a China

Estados Unidos da América, Austrália e Reino Unido anunciaram um acordo histórico de segurança no Indo-Pacífico, tendo como principal objectivo conter o avanço da China. Negociado em segredo, o pacto militar, conhecido como Aukus, permitirá por exemplo que a Austrália construa submarinos de propulsão nuclear pela primeira vez, a partir de tecnologia americana. Além disso, o acordo também inclui áreas como inteligência artificial, tecnologia quântica e cibersegurança. Essa é a maior parceria no sector de defesa em décadas para esses países, que têm demonstrado preocupações nos últimos anos com a…

Leia mais

Os (bons) conselhos de Angola sobre a RCA

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, encorajou hoje as autoridades centro-africanas a assumirem e liderarem o processo de paz no país, afirmando que se aproximam do fim as diligências regionais, com bons resultados. João Lourenço também presidente em exercício da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), fez em Luanda o discurso de abertura da terceira mini-cimeira da CIRGL sobre a situação política e de segurança na República Centro-Africana (RCA). No encontro participam os Presidentes da República do Congo, Sassou Nguesso, e da RCA, Faustin-Archange Touadéra,…

Leia mais

De golpe em golpe, militar ou não

A junta militar que tomou o poder na Guiné-Conacri anunciou hoje a intenção de reabrir esta quarta-feira as fronteiras terrestres com os países vizinhos, algumas das quais estão fechadas desde o golpe de Estado e outras há meses. A junta começou igualmente por encerrar o espaço aéreo na sequência do golpe que derrubou o Presidente Alpha Condé em 5 de Setembro último, mas reabriu-o rapidamente. Os militares pediram uma “avaliação de segurança e saúde com vista à abertura gradual das fronteiras terrestres”, começando pela da Serra Leoa até 15 de…

Leia mais

Foi há 20 anos

Na manhã desse 11 de Setembro de 2001, 19 terroristas sequestraram quatro aviões comerciais de passageiros, levando-os a colidir dois deles contra as Torres Gémeas do complexo empresarial do World Trade Center, na cidade de Nova Iorque, nos EUA. O terceiro avião de passageiros colidiu contra o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos EUA, no Condado de Arlington, Virgínia, nos arredores de Washington, D.C. O quarto avião caiu num campo aberto próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois de alguns de seus passageiros e tripulantes terem tentado retomar o…

Leia mais

Quando a força da razão não chega…

A União Africana (UA) condenou o golpe de Estado na Guiné-Conacri, no qual o presidente Alpha Condé foi detido por militares a quem a organização continental exigiu a sua “libertação imediata”. Num comunicado conjunto, o actual presidente da UA, o Chefe de Estado da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi, e o presidente da Comissão da UA, Moussa Faki Mahamat, reprovaram “qualquer tomada de poder pela força”. Ambos os líderes exigiram também a “libertação imediata” de Alpha Conde, e instaram o Conselho de Paz e Segurança e da Organização Pan-africana…

Leia mais

A propósito dos talibans

Nota prévia. Este texto de Eugénio Costa Almeida, um dos mais reputados especialistas angolanos em questões africanas, data de 26 de Setembro de 2005 e foi publicado no Notícias Lusófonas. A questão do terrorismo, também em África, é mais do que actual, como é há muito conhecida. Daí a importância deste texto: «A questão islâmica tem sido largamente debatida em Angola, havendo quem questione das vantagens do aparecimento e proliferação de mesquitas em Luanda e em algumas outras cidades angolanas O Semanário Angolenese (SA), sob o título ”As pegadas de…

Leia mais

Zâmbia escolheu outro… presidente

O Presidente da Zâmbia, Edgar Lungu, admitiu hoje a derrota nas eleições presidenciais, num discurso em que felicitou o rival de longa data, Hakainde Hichilema (na foto), homem de negócios de 59 anos, pela vitória eleitoral. “Quero felicitar o meu irmão, Hakainde Hichilema, presidente eleito, que se torna o sétimo Presidente da República” da Zâmbia, disse Lungu, que governa o país desde 2015. Lungu deixou um agradecimento aos zambianos “pela oportunidade” de ter ocupado a Presidência. “Procurei servir o meu país da melhor forma que me foi possível”, acrescentou. A…

Leia mais

Violência na África do Sul interrompe administração de vacinas contra a Covid-19

A África do Sul suspendeu a administração de vacinas contra a Covid-19 devido à violência que tem afectado o país, disseram hoje as autoridades de saúde do país que enfrenta um aumento exponencial de casos. “Por agora, tivemos de suspender as vacinas em Kwazulu-Natal”, anunciou o grupo hospitalar privado Netcare, citado pela agência France-Presse, que dá conta que a suspensão está ligada às dificuldades dos fornecedores em obter medicamentos para os hospitais que transitam desde a capital económica, Joanesburgo. “Enfrentámos dificuldades relacionadas com a escassez de trabalhadores, que não puderam…

Leia mais