UNITA DENUNCIA “ELEVADA CENSURA”

A UNITA, o maior partido da oposição que o MPLA (ainda) permite em Angola, denunciou hoje um “tratamento absolutamente desigual” dos órgãos públicos na cobertura do seu congresso, realizado na última semana, e do MPLA, partido no poder, queixando-se também de “elevada censura”. Nada de novo, portanto. Volta a confirmar-se que filho de jacaré nunca será vegetariano. O XIII Congresso Ordinário da UNITA, que elegeu Adalberto da Costa Júnior como presidente, realizou-se entre 2 e 4 de Dezembro, em Luanda, e vários actores da sociedade angolana questionaram e criticaram a…

Leia mais

NAVITA NGOLO E JOÃO SOARES ARRASAM “DITADURA” DO MPLA E DE JOÃO LOURENÇO

A mandatária da campanha eleitoral de Adalberto da Costa Júnior (ACJ), Navita Ngolo, tal como a comunidade internacional, incluindo um grupo cada vez maior de membros do PS (Partido Socialista português), “amigo do MPLA” na Internacional Socialista, começa a distanciar-se da “ladainha” de alegada veia reformista e democrática de João Lourenço. Por Kuiba Afonso e Teresa Chambula Manuel Todos lhe apontam o dedo de autoritarismo de viés ditatorial e, neste grupo, distingue-se, também, o político português, João Soares, tal como a deputada angolana, com uma visão que arrasa o Presidente…

Leia mais

SAÍDA OPACA DE SAMAKUVA E REENTRADA RETUMBANTE DE ADALBERTO

A UNITA reinventou-se como havia sugerido, na abertura do conclave (2.12), Isaías Samakuva, figura central, pela opacidade discursiva, quando dele se esperava mais, nomeadamente, um distanciamento claro da estratégia de João Lourenço que o colocou num colete de forças de suspeição, com o indefectível apoio dos terroristas informáticos das redes sociais, que o idolatram, a “contrarium sensu”, à diabolização contra Adalberto da Costa Júnior, actualmente, o dirigente mais cotado e que mais tira o sono a João Lourenço. Por William Tonet No mundo das sociedades políticas não há coincidências, por…

Leia mais

“MPLA DESAFIOU A NOSSA FORÇA, UNIDADE E DETERMINAÇÃO»

O congresso do Tribunal Constitucional, ordenado pelo juiz-relator, Carlos Burity, através do Acórdão 700/2021, polémico pela sua matriz discricionária, encerrou com a votação a recair a favor do único candidato: 96, 43% Adalberto da Costa Júnior. “Glória! Glória. Habemos Presidente”, gritou Raúl Ngola, veterano professor-guerrilheiro, reformado, depois de se conhecer a contagem dos votos, ao princípio da noite de hoje. “O MPLA quis desafiar as bases do nosso projecto, pensando que nos poderia destruir como o fez à FNLA. A nossa resposta foi esta. Forte. Vigorosa. Agora o nosso candidato…

Leia mais

ELEITO JÁ ESTÁ. E AGORA, MPLA?

Apitos, cornetas e “ye ye yés” efusivos saudaram hoje a eleição de Adalberto da Costa Júnior (ACJ) no XIII Congresso da UNITA, depois de o dirigente ter sido afastado da liderança do partido por decisão do MPLA através da sua sucursal Tribunal Constitucional (TC). O TC deu razão, em Outubro, ao MPLA através de um grupo de militantes que alegaram irregularidades no congresso de Novembro de 2019 que elegeu Adalberto da Costa Júnior, nomeadamente o facto de ter nacionalidade portuguesa à data da entrega da candidatura, obrigando a repetir o…

Leia mais

TUDO NORMAL… SE ASSIM O MPLA ENTENDER

O presidente duas vezes cessante da UNITA, Isaías Samakuva, e o candidato a líder, Adalberto da Costa Júnior, eleito no anterior congresso, votaram para eleger o representante máximo do “Galo Negro”, com poucos minutos de intervalo, reafirmando a união do partido. Isaías Samakuva se aproximou da mesa 6 para depositar o seu voto, saindo com espírito de dever cumprido e respondendo que espera uma UNITA mais unida após o conclave. A votação deveria ter decorrido esta manhã, mas o atraso na reunião de sexta-feira determinou que só hoje se realizasse…

Leia mais

A (OPORTUNA) VISÃO MILITAR DE SAMAKUVA

Isaías Samakuva, líder (“eleito” por ordem do MPLA) da UNITA, maior partido da oposição que o MPLA (ainda) permite em Angola, disse hoje que o XIII congresso só será útil se servir também para unir o partido e consolidar estratégias para sair das “águas turvas e lodosas das suspeições e acusações gratuitas”. Isaías Samakuva, que discursava na abertura do XIII congresso ordinário da UNITA, que hoje arrancou em Luanda e que decorre até sábado, com 1.150 delegados, disse que a reunião deve servir também para “construir, consolidar a unidade e…

Leia mais

ATÉ TU, KATCHIUNGO?

A direcção da UNITA suspendeu três membros da Comissão Politica entre os quais José Pedro Katchiungo, que disputou a liderança do partido no congresso realizado em 2019, que elegeu Adalberto da Costa Júnior, entretanto anulado pelo Tribunal Constitucional por ordem do MPLA. A decisão foi tomada na reunião estatutária que precede o XIII Congresso do partido do Galo Negro, principal força política da oposição que o MPLA (ainda) permite em Angola, agora dirigida por Isaías Samakuva, que esteve à frente da UNITA durante 16 anos e regressou (novamente por instruções…

Leia mais

SÓ FALTA PÔR A POLÍCIA E OS MILITARES A COMBATER ACJ

O candidato à presidência da UNITA, o maior partido da oposição que o MPLA (ainda) permite que exista em Angola, Adalberto da Costa Júnior (ACJ) considerou hoje em Luanda que o Estado de Direito “está em risco em Angola” e que “os tribunais estão reféns do poder político”. Sim e não. Só pode estar em perigo algo que exista e, e de facto que não de jure, não existe Estado de Direito. Quanto aos tribunais, são o que o dono quer que sejam. “Quem pensa que pode destruir o edifício…

Leia mais

UNITA PODERÁ TER LIDER DEPOIS DAS… ELEIÇÕES DE 2022

Uma (das várias que estão em carteira para ser apresentadas quando o MPLA determinar) providência cautelar interposta junto do Tribunal Constitucional por um grupo de supostos militantes da UNITA, que pede a impugnação da reunião da comissão política onde foi marcado o próximo congresso, alegando que a comissão foi coagida sob um clima de intimidação, poderá levar ao adiamento do conclave. A comissão política da UNITA vai voltar a discutir a data do congresso que deveria acontecer entre 2 e 4 de Dezembro devido à providência cautelar apresentada no Tribunal…

Leia mais