“TENHA CALMA, O MPLA JÁ GANHOU”, DIZ MARCELO

O Presidente angolano, João Lourenço, igualmente presidente do MPLA e recandidato deste partido às eleições de 24 de Agosto, e Titular do Poder Executivo, disse terça-feira em entrevista à RTP que na conversa que teve com Marcelo Rebelo de Sousa, em Lisboa, o seu homólogo português o aconselhou a ter calma porque já tinha ganho as eleições… Sobre a relação com o seu antecessor, mentor e “pai” político, João Lourenço disse que é “boa” e que a justiça angolana não está a actuar contra a família de José Eduardo dos…

Leia mais

NEM CAMÕES LHE CHEGA AOS CALCANHARES

Parafraseando Francisco Topa, professor português associado da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em declarações ao Jornal de Angola, se retirarmos a Agostinho Neto tudo o que ele fez para ser considerado, e bem, um assassino, o que sobra faz dele um herói de tudo, até mesmo da cultura. Trata-se de uma opinião completamente independente, ou não fosse Francisco Topa o responsável, desde 2019, pela Cátedra Agostinho Neto da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Recorde-se que Maria Eugénia Neto, presidente da Fundação António Agostinho Neto (FAAN), assinou…

Leia mais

PORTUGAL MANTÉM, COBARDEMENTE, CABINDA DEBAIXO DO TAPETE

Praticamente desde que aterrou em Díli que fotos e vídeos do Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, inundaram as redes sociais com milhares de comentários, entre os quais se destacam as comparações com o líder histórico timorense, Xanana Gusmão. É o espectáculo habitual. Dois pesos e duas medidas “made in Portugal”. Cabinda continua debaixo do tapete putrefacto dos areópagos portugueses. “É o avô Nana de Portugal”, pode ler-se em vários comentários aos vídeos e fotos de Marcelo Rebelo de Sousa nos contactos com a população, e que levaram a que…

Leia mais

REAGIR NÃO CHEGA. É PRECISO AGIR!

Parafraseando Albert Einstein, “o mundo não será destruído por aqueles que fazem o mal, mas por aqueles que os observam sem nada fazer.” O presidente da Associação Justiça, Paz e Democracia (AJPD) disse hoje que as denúncias da Amnistia Internacional (AI) – ver texto hoje publicado aqui no Folha 8 – sobre a violação de direitos humanos não são uma surpresa, faltando respostas adequadas do executivo para resolver os problemas. Uso excessivo de força pelas autoridades policiais, ameaças à liberdade de imprensa e impacto da seca em Angola, com consequente…

Leia mais

“GOVERNAÇÃO É UM FRACASSO”

Cerca de 500 professores universitários angolanos manifestaram-se hoje em prol de aumentos salariais e melhores condições laborais, e prometeram sair à rua de 15 em 15 dias enquanto o executivo não atender as suas reivindicações. A manifestação aconteceu um dia depois de os docentes universitários se reunirem em assembleia-geral, tendo decidido manter a greve, que dura desde 3 de Janeiro, por tempo indeterminado. “Foi um sucesso”, descreveu o secretário-geral do Sindicato dos Professores do Ensino Superior (Sinpes), Eduardo Peres Alberto, indicando que aos docentes de Luanda se juntaram também colegas…

Leia mais

BASTARÁ SER O PRIMEIRO… DOS ÚLTIMOS?

Isaías Samakuva, então líder da UNITA, disse que o MPLA necessitava de rever os seus ideais e princípios porque eles não se ajustavam às aspirações dos angolanos. A esmagadora maioria dos angolanos concordará. Esta afirmação de Samakuva foi feita há 12 anos. No dia 26 de Maio de… 2010. Por Orlando Castro “O Governo não tem vontade, nem capacidade de resolver os problemas de água, luz, lixo, saúde e da educação. A juventude não tem casa, não tem educação, emprego e não tem futuro. Os trabalhadores têm salários em atraso…

Leia mais

MUDAR OS TITULARES DA CORRUPÇAO NÃO É COMBATER A CORRUPÇÃO

Angola é um dos países da África Subsariana com maiores progressos no Índice de Percepção da Corrupção 2021, divulgado pela organização Transparência Internacional. Só falta dizer que Angola está na posição 136 (entre 180), atrás – por exemplo- de Cabo Verde (39ª posição); São Tomé e Príncipe (68ª posição); Timor-Leste (82ª posição). O Índice de Percepção da Corrupção (IPC), organizado pela organização Transparência Internacional (TI), classifica 180 países e territórios pelos níveis de percepção da corrupção no sector público, numa escala de zero (altamente corrupta) a 100 pontos (limpa da…

Leia mais

ENTRE CLONES E SIPAIOS… MPLA SOMA E SEGUE

O órgão oficial do MPLA (o Jornal de Angola – JA ) elencou as principais acções realizadas pelo Presidente da República, João Lourenço, em 2021. Como os seus sipaios têm o cérebro onde o partido ordena que o tenham, nos intestinos, só sai porcaria. Vejamos então o que o JA expeliu. “Tal como prometido no discurso de investidura, a 26 de Setembro de 2017, de que trabalharia na melhoria das condições de vida e bem-estar de todos os angolanos, o Chefe de Estado não parou de realizar as acções para…

Leia mais

DIA MUNDIAL DA PAZ… E DA FOME (RELATIVA)

O Dia Mundial da Paz, inicialmente chamado simplesmente de Dia da Paz, é comemorado em 1 de Janeiro, tendo sido criado pelo Papa Paulo VI em 1967. Por sua vez, o Papa Francisco exorta a que se ouça o grito dos pobres, “cada dia mais forte, mas também menos escutado, sufocado pelo barulho de alguns ricos”. Por cá, num país onde os governantes são surdos (de pai e mãe), 20 milhões de angolanos pobres juntam-se todos os dias, com a barriga vazia, em homenagem a todos quantos estão a aprender…

Leia mais

PACIÊNCIA TEM LIMITES E NÃO É RELATIVA

A Plataforma Sul, integrada por seis organizações da sociedade civil, prometeu hoje responsabilizar o Presidente angolano (provavelmente, e por inerência, também o Presidente do MPLA e o Titular do Poder Executivo, João Lourenço) “por toda a morte causada pela fome” no país e “por toda a criança com malnutrição severa e crónica”. Em conferência de imprensa, realizada em Luanda, responsáveis da organização leram uma nota de protesto dirigida ao Presidente de Angola, João Lourenço. Em causa está a declaração do chefe de Estado, na semana passada, que falava na qualidade…

Leia mais