MPLA COME DE CEBOLADA OS JORNALISTAS

Seis organizações angolanas, incluindo o Sindicato dos Jornalistas, apelaram hoje ao tratamento imparcial e isento dos assuntos por parte dos órgãos de comunicação social públicos em Angola, exigindo o fim da complacência e o cumprimento da legislação. A tese parte de um pressuposto errado. Esses órgãos são do MPLA e a parte pública refere-se exclusivamente ao dinheiro que os sustenta. A tomada de posição conjunta é subscrita pelo Sindicato dos Jornalistas Angolanos, Instituto para a Comunicação Social da África Austral (MISA) em Angola, Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente,…

Leia mais

NEM CAMÕES LHE CHEGA AOS CALCANHARES

Parafraseando Francisco Topa, professor português associado da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em declarações ao Jornal de Angola, se retirarmos a Agostinho Neto tudo o que ele fez para ser considerado, e bem, um assassino, o que sobra faz dele um herói de tudo, até mesmo da cultura. Trata-se de uma opinião completamente independente, ou não fosse Francisco Topa o responsável, desde 2019, pela Cátedra Agostinho Neto da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Recorde-se que Maria Eugénia Neto, presidente da Fundação António Agostinho Neto (FAAN), assinou…

Leia mais

MPLA ARRASA CABINDAS E PORTUGAL SUBSCREVE

A polícia angolana do MPLA, cumprindo ordens superiores, impediu a realização de uma conferência sobre a paz no território (ocupado por Angola em 1975) que deveria decorrer num hotel de Cabinda, alegando – como sempre – incumprimento das formalidades legais pelas entidades organizadoras do evento. A conferência de reflexão sobre a paz em Cabinda, organizada pelas organizações Omunga e Associação para Desenvolvimento da Cultura dos Direitos Humanos (ADCDH) tinha como convidados o pastor Ntoni a Nzinga, o padre Celestino Epalanga, o advogado e activista Arão Tempo e o político e…

Leia mais

SE O MPLA NÃO O DEGOLAR, O GALO VAI VOAR

Adalberto da Costa Júnior, líder da UNITA, o maior partido da oposição que o MPLA (ainda) permite em Angola, apelou hoje à juventude para que escolha o voto na alternância, pedindo “para não se deixarem enganar” pelo partido no poder há 46 anos. Adalberto da Costa Júnior, que discursou hoje no lançamento da pré-campanha eleitoral da UNITA, no município do Cazenga, em Luanda, denunciou a detenção de muitos jovens em todo o país, como forma de intimidação. De facto, o MPLA sabe que não tem a força da razão e,…

Leia mais

SÃO LADRÕES, SENHOR! BEM AVISOU ISABEL

Depois de ter cuspido no prato em que se alimentou à grande e à francesa durante décadas, João Lourenço descobriu a “pedra filosofal” ao ordenar a substituição dos pratos de latão por louça de porcelana da mais alta qualidade. Tal como fazem nos países da Europa, nos EUA, ou das Arábias. O Povo, inicialmente, gostou da ideia. Vinte milhões de pobres aplaudiram. Hoje, contudo, constatam que o prato – embora de porcelana – está sempre vazio. Acrescentam ainda que preferiam os pratos antigos, de latão, de lata ou de plástico…

Leia mais

PORTUGAL MANTÉM, COBARDEMENTE, CABINDA DEBAIXO DO TAPETE

Praticamente desde que aterrou em Díli que fotos e vídeos do Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, inundaram as redes sociais com milhares de comentários, entre os quais se destacam as comparações com o líder histórico timorense, Xanana Gusmão. É o espectáculo habitual. Dois pesos e duas medidas “made in Portugal”. Cabinda continua debaixo do tapete putrefacto dos areópagos portugueses. “É o avô Nana de Portugal”, pode ler-se em vários comentários aos vídeos e fotos de Marcelo Rebelo de Sousa nos contactos com a população, e que levaram a que…

Leia mais

“PENSAR ANGOLA” OU PÔR ANGOLA A PENSAR?

A defensora dos direitos humanos angolana Lúcia da Silveira considerou hoje, em Luanda, as dificuldades de acesso à justiça em Angola “um problema seríssimo”, que necessita de reflexão. De facto, para além de os acessos estarem minados, os próprios órgãos supostamente de justiça funcionam como sucursais do regime instalado no país há 46 anos. “O acesso à justiça é um problema seríssimo que temos em Angola. As populações não têm acesso à justiça, há uma total desconfiança dos cidadãos para com os órgãos de justiça por causa da prática”, disse…

Leia mais

“PRISÃO POLÍTICA”, UM CLÁSSICO DE LITERATURA DE PRISÃO

É uma grande honra apresentar […] a obra de Sedrick de Carvalho, “Prisão Política”, que sem dúvida é um clássico de literatura de prisão Africana e posso seguramente afirmar do mundo. Por Sousa Jamba Jornalista e Escritor No dia 23 de Agosto de 2015, eu estava nos Estados Unidos. Nasci em Angola, mas tinha vivido quase toda a minha vida fora do país: na Zâmbia, de onde estou a falar; no Reino Unido; e depois nos Estados Unidos. Sou um Angolano típico da Diáspora. De fora, seguimos de perto o…

Leia mais

MALÁRIA DERROTA A EXTINÇÃO PROMETIDA PARA 2012

O médico angolano Jeremias Agostinho considerou hoje que o sector da saúde continua a ser um desafio e necessita de maior investimento no sistema primário, para evitar mortes, ainda lideradas pela malária, cujos números dispararam nos últimos dois anos. O especialista de saúde pública falava hoje na II Conferência Nacional “Pensar Angola” sobre “Desafios e Oportunidades para o Sistema de Saúde Angolano”. Segundo Jeremias Agostinho, o primeiro desafio a ser ultrapassado é a inversão da dotação orçamental para o sector da saúde, apesar de, nos últimos quatro anos, a tendência…

Leia mais

BRINCAR À CPLP COM A BARRIGA (SEMPRE) CHEIA

Os Estados-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vão adoptar uma resolução sobre a criação de uma plataforma para a promoção da pesca sustentável e combate à pesca ilegal, não declarada e não regulamentada. Pena é que não criem uma plataforma para acabar com a forme e com a pobreza. Angola, é claro, não necessita e se calhar é por isso mesmo. Só temos 20 milhões de pobres… A medida foi anunciada pela secretária de Estado das Pescas de Angola, Esperança Costa, no âmbito de uma reunião com…

Leia mais