DESDE QUE O CHEQUE TENHA COBERTURA

Angola e Turquia têm um volume de negócios de 250 milhões de dólares (215 milhões de euros) que ambos pretendem alargar para mais de 1.000 milhões de dólares (862 milhões de euros), anunciou hoje fonte empresarial. A informação foi transmitida hoje pelo presidente do Conselho de Administração da Câmara de Comércio e Indústria Angola e Turquia (CCIAT), Fernando Filó, enaltecendo a “nova era da parceria estratégica”, entre ambos países, no âmbito da visita do Presidente turco a Angola. Recep Tayyip Erdogan, que chegou na noite deste domingo a Luanda, inicia,…

Leia mais

E o pior de todos é… Angola

Todos os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) vão voltar a ver as suas economias crescer este ano, com excepção de Angola, que continua em recessão, segundo as estimativas do Fundo Monetário Internacional (FMI). De acordo com as Previsões Económicas Mundiais, hoje divulgadas no âmbito dos Encontros Anuais do FMI e do Banco Mundial, que decorrem esta semana, o crescimento negativo de Angola, estimado em 0,7% este ano, é a única contracção nas economias lusófonas, que crescerão, em média, 2,5%, tal como o Folha 8 escreve no artigo «FMI…

Leia mais

FMI piora previsões de crescimento

O Fundo Monetário Internacional (FMI) piorou a previsão de crescimento para Angola, antecipando agora uma recessão de 0,7%, a sexta queda anual consecutiva da riqueza do país, que deverá crescer 2,4% em 2022. Deverá. Ou será mais uma forma de azucrinar os peritos económicos (quatro ministros nos quatro anos de governo de João Lourenço)? De acordo com as Previsões Económicas Mundiais, hoje divulgadas no âmbito dos Encontros Anuais do FMI e do Banco Mundial, que decorrem esta semana, o segundo maior produtor de petróleo na África subsaariana vai registar o…

Leia mais

Tirando o que está mal… tudo está bem

A economia de Angola terá registado um crescimento de 1,2% no segundo trimestre deste ano face ao período homólogo de 2021, mas teve uma queda de 2,4% face aos primeiros três meses do ano, segundo dados oficiais. Bem que INE poderia omitir qualquer comparação homóloga… De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), a economia de Angola registou uma expansão de 1,2% de Abril a Junho deste ano, o que representa o maior crescimento desde o primeiro trimestre de 2019, ainda antes da pandemia de Covid-19, quando…

Leia mais

Xibata já mundu, ya ajibanda, ya ajikulumuka

O ministro de Estado para Coordenação Económica explicou com rara assertividade a razão pela qual Angola está, em matéria de desenvolvimento económico (entre outras questões), em estado calamitoso. Manuel Nunes Júnior afirma que a confiança, a segurança, a credibilidade e a reputação são elementos fundamentais para atracção de investimentos e financiamentos. Confundindo o fundo do corredor com o corredor de fundo, o governante, que falava na sessão de abertura da Reunião do Comité de Supervisão da Unidade de Informação Financeira (UIF), disse que Angola tem registado progressos no combate às…

Leia mais

Não fosse o MPLA e Angola não existiria

O Governo angolano lançou hoje o concurso público internacional para a gestão e manutenção do Caminho-de-Ferro de Benguela, denominado Corredor do Lobito, por um prazo de 30 anos, anunciou o responsável do sector dos transportes. Como se “sabe”, só a partir 11 de Novembro de 1975 é que Angola passou a existir e, é claro, graças à superior e celestial capacidade do seu “fundador” – o MPLA. O ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, disse que é objectivo a criação de empresa de capital privado, uma Sociedade de Propósito Específico…

Leia mais

MPLA roubou e rouba mas diz que não é ladrão

A Cedesa, entidade que estuda assuntos de Angola, apelou ao Estado angolano (MPLA há 46 anos) para que gaste mais dinheiro na criação de emprego, porque o país deverá atingir este ano um excedente orçamental entre 2,3% e 2,75% e sair da recessão. A Cedesa também já disse: O MPLA “está a pedir a uma estrutura que colaborou e beneficiou da corrupção que agora a combata, no fundo, que se vire contra si própria”. “Entendemos que o desemprego é um caso especial, que deveria ter um tratamento diferenciado, quer estatisticamente,…

Leia mais

E os “maus” deram nozes a quem não tinha dentes

O Presidente angolano apelou à produção de algodão no país, considerando que a sua comercialização está garantida com o funcionamento das três fábricas têxteis existentes no país. João Lourenço falava à imprensa no final da visita que fez à fábrica têxtil Textang II, no município do Cazenga, província de Luanda. E que tal o MPLA ver como os “maus” faziam há mais de… 47 anos? “Alimentar indústrias (alimentar e têxtil) desta dimensão a contar apenas com a importação não é correcto, daí o facto de as próprias empresas que ganharam…

Leia mais

Biscates estão como o MPLA…

A taxa de desemprego em Angola aumentou para 31,6%, no segundo trimestre de 2021, fixando-se em mais 1,1% face ao trimestre anterior, e a taxa de emprego nesse período caiu 1%, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). Está, portanto, tudo em sintonia com a estratégia do MPLA que garante (e nós acreditados) que só está desempregado quem não tem emprego… O emprego no segundo trimestre de 2021 recuou 1% em relação ao trimestre anterior e apresentou uma variação crescente de 6,4% quanto ao trimestre homólogo de 2020. Os…

Leia mais

“Rating”? Lixo (para não destoar)

A Standard & Poor’s (S&P) considera que a credibilidade creditícia (crédito público) de Angola é “fraca”, o que é exacerbado pelo “acentuado declínio” do preço do petróleo em 2020. Se a isso se juntar a coxa credibilidade de um partido que está no Poder há quase 46 anos… Esta situação pode complicar o serviço da dívida nos “próximos 12 – 18 meses”, pelo que lhe dá uma nota de CCC+ (abaixo no nível de recomendação de investimento), avançou a agência de notação financeira. Na ocasião, a S&P avançou que as…

Leia mais