Roubar e beneficiar do roubo não é ser ladrão

O antigo vice-presidente de Angola e ex-presidente da Sonangol, Manuel Vicente, é apontado, no despacho de Acusação do empresário Carlos São Vicente, como o parceiro com quem o arguido terá montado “um plano de apropriação ilícita de rendimentos e lucros”. Carlos São Vicente está acusado de fazer aquilo que é apenas uma parte do que é essencial no ADN do MPLA: Fraude fiscal continuada. A justiça angolana, no despacho de Acusação contra o luso-angolano Carlos São Vicente, considera que o antigo número dois do Presidente José Eduardo dos Santos (e…

Leia mais

Como a TPA, Palanca TV vira TV MPLA

O Governo do MPLA decidiu transformar a televisão privada Palanca TV, recuperada (confiscada, roubada) pelo Estado por ser “constituída por fundos públicos” (afinal, como tudo em Angola, até mesmo o MPLA), em canal desportivo da Televisão Pública do MPLA (TPA), anunciou o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social. Confiscar a UNITA poderá ser o próximo passo? Manuel Homem disse que a decisão saiu na sequência do projecto da TPA de “criação de canais temáticos, depois da recuperação pelo Estado da antiga televisão privada fundada com fundos públicos”.…

Leia mais

“Quem pouco rouba é ladrão, quem muito rouba é barão”

Depois de quase um mês de “dolce far niente”, que é o meu critério de referência para umas férias de Verão bem passadas, ainda por cima numa altura de pandemia onde o bom senso recomenda algum recolhimento e distanciamento, comecei a seguir com algum interesse o romance à volta das capacidades empreendedoras de um Senhor Economista, que por acaso, ou quiçá talvez não, é genro do Primeiro Presidente da República de Angola. Por Carlos Pinho (*) Mas recuando um pouco no tempo, houve ainda, e muito antes, todos os desenvolvimentos…

Leia mais

Génio divino, obra de Deus!

“Os males a corrigir, e não só, mas sobretudo a combater, são a corrupção, o nepotismo, a bajulação e a impunidade, que se implantaram no nosso país nos últimos anos e que muitos danos causam à nossa economia, afectam a confiança dos investidores, porque minam a reputação e credibilidade do país”, disse João Lourenço. E, para combater esta praga, o Presidente decretou a institucionalização do primado da subserviência, a obrigatoriedade de coluna vertebral… amovível e a transladação do cérebro dos seus acólitos para uma zona do corpo mais apropriada com…

Leia mais

No Kilamba prende-se o dono para beneficiar o ladrão

«Partilho a minha angústia pela detenção arbitrária do meu irmão e mais 3 indivíduos prestadores de serviços, ocorrida ontem segundo se diz por orientação do Procurador afecto a 51ª esquadra do Kilamba», relata ao Folha 8 um cidadão devidamente identificado. O incidente, grave, aconteceu quando os detidos “tentavam reaver o meu apartamento que foi invadido e vandalizado no passado dia 9 de Julho por um elemento que diz ser oficial efectivo da Presidência da República, que se achou no direito de arrombar e se instalar com a sua família numa…

Leia mais

Pudera! São todos do MPLA

A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola mandou hoje apreender mais dois imóveis construídos com fundos públicos, uma escola e um centro de hemodiálise, ao qual está ligado o antigo ministro da Saúde, José Van-Dúnem. Na quarta-feira tinha sido ordenado a apreensão de três torres de escritórios e habitacionais, em Luanda, cuja propriedade era de Manuel Vicente, entre outros. Os mandados de apreensão foram emitidos pelo Serviço Nacional de Recuperação de Activos, no âmbito de processos de investigação patrimonial pelos crimes de peculato e usurpação de imóvel. Em causa está…

Leia mais

O jogo-da-vermelhinha

Hoje vou divagar a propósito de um jogo muito ao gosto popular, e que se bem me lembro se jogava em alguns bairros de Luanda nos tempos da minha infância e juventude. Também nas cidades portuguesas de Lisboa e Porto a caça da polícia às bancas ilegais deste jogo foi, num passado mais ou menos distante, recorrente. Por Carlos Pinho (*) No entanto, o local onde eu mais gostava de apreciar ao longe os magotes que se instalavam à volta da banca improvisada e transportável do artista que manipulava o…

Leia mais

Decreto da ignorância legal

Um decreto ministerial, com o risco de ser considerado apócrifo, pela Lei 15/03 de 22 de Julho, entrou em vigor, para sacar dinheiro, sem justa causa, ao cidadão pobre, maioritariamente desempregado, pelas más políticas do Estado, com a cumplicidade dos deputados, Titular do Poder Executivo e do Instituto Nacional do Consumidor. O n.º 2 do art.º 2.º, da lei acima diz: “A incumbência geral do Estado na protecção dos consumidores pressupõe a intervenção legislativa e regulamentar adequada em todos os domínios envolvidos”. Infelizmente este decreto desconhece a lei, caso contrário…

Leia mais

MPLA deve devolver o que roubou à UNITA e ao Povo!

O presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, destacou hoje o clima de abertura que marcou o seu primeiro encontro enquanto líder partidário com o Presidente angolano e líder do MPLA (partido no governo desde 1975), João Lourenço, a quem pediu mais empenho na devolução do património do seu partido. “Foi uma boa conversa, uma conversa aberta a que esperamos dar continuidade futura no sentido de criarmos confiança e diálogo, mesmo quando possa haver leituras divergentes, para que tenhamos oportunidade de encontrar momentos de aproximação”, disse Adalberto da Costa Júnior,…

Leia mais

Alguém quer saber quem foram (são) os ladrões?

Joana Amaral Dias, que nasceu em Luando em 1973, é licenciada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, onde obteve o grau de mestre. É professora assistente no Instituto Superior de Psicologia Aplicada, em Lisboa. Foi deputada, apoiou Mário Soares e militante do Bloco de Esquerda. Recentemente, na sua página do Facebook, escreveu: «Querem saber quanto esbulharam ao povo angolano? Querem saber quem roubou? Porque é que a comunicação social portuguesa não pega nesta lista?». A lista de Joana Amaral Dias foi publicada…

Leia mais