(Mais um) Natal de…

A importância de ser na família onde deve ser criado e desenvolvido o respeito pelos valores e serem preparadas as crianças para os desafios do futuro foi destacada, em Luanda, pela primeira-dama de Angola, Ana Dias Lourenço. Tem toda a razão. Mesmo sabendo-se que Angola está nos primeiros lugares do “ranking” mundial da mortalidade infantil, mesmo sabendo-se que temos 20 milhões de pobres. A primeira-dama, conta a Angop, falava para 700 crianças de 22 centros, entre lares de acolhimento e de igrejas da província de Luanda, que participaram numa festa…

Leia mais

Homem do leme, maquinista
e tudo o que for populismo

A popularidade do chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, em Angola foi hoje levada ao (mais um) extremo na Catumbela, na província de Benguela, com vários populares a chamarem-lhe Presidente de uma “Portangola”. E depois não querem que ele diga que a visita foi um momento histórico para Angola, para Portugal e – note-se – para o mundo… “S em ofender João Lourenço”, o chefe de Estado angolano, disse à Lusa um grupo de populares no recentemente elevado a município da Catumbela, onde as autoridades locais indicaram estarem…

Leia mais

Eusébio despedido, Povo em festa. Por quanto tempo?

Os munícipes do Sumbe, província angolana do Cuanza Sul, festejaram com uma “passeata automóvel” a exoneração do governador provincial, Eusébio de Brito Teixeira, esperando que a nova liderança “desenvolva” a província. “E usébio de Brito veio cá, desde 2012, prometeu melhorar a província, os municípios, e passados esses anos a província e os municípios apenas pioraram e esperamos que o novo governador nos dê um novo rumo”, disse Alexandre Fernando, uma popular que participou nesta passeata. O Presidente angolano exonerou, como o Folha 8 noticiou, na quarta-feira Eusébio de Brito…

Leia mais

Festejar o “réveillon” com 86% de crianças famintas? Não. Isso não é um país!

Se pensarmos bem, festejar a passagem de ano é uma coisa que tanto, talvez, tilinte num tinido de tino como que soe a tonteria. Primeiro: é uma data mundial e perfeitamente universal o que a torna banal. Segundo: nem se comemora santo algum ou ícone e festividade religiosos que sejam, nem data comemorativa de algum importante feito histórico local, regional, nacional, continental ou terráqueo. Por Brandão de Pinho Ainda mais sendo mundial, não acontece ao mesmo tempo em todo o mundo (se bem que isso se aplica a qualquer data…

Leia mais

Portugal em festa. Messias está mesmo quase a chegar

A Casa Civil do Presidente da República de Angola confirma oficialmente a data da visita (22 a 24 deste mês) que João Lourenço fará a Portugal, destacando-se do programa encontros com o homólogo português e uma intervenção na Assembleia da República. Por Orlando Castro A visita de Estado que o Presidente de Angola efectua na próxima semana a Portugal prevê uma deslocação à cidade do Porto, onde será realizado um seminário económico com empresários dos dois países. No comunicado não é pormenorizado o programa da visita, a convite de Marcelo…

Leia mais

A CASA-CE e a Dipanda

«A CASA-CE vem perante Angola e o Mundo saudar de forma efusiva o Quadragésimo Terceiro Aniversário da Independência Nacional, conquistada e proclamada pelos Angolanos a 11 de Novembro de 1975, em toda extensão do território nacional. Neste momento de festa, a CASA-CE felicita aos milhares de angolanos, entre heróis conhecidos e anónimos pela coragem, bravura e sacrifício, consentidos na luta de libertação colonial, doando o melhor de si, com o espírito patriótico e nacionalista, em prol da liberdade dos povos de Angola à desumana condição de escravatura. Entre alegrias e…

Leia mais

Patrão manda, PCP cumpre. “Não é do MPLA não entra!”

A editora Bárbara Bulhosa, da Tinta-da-China, disse hoje que um livro de Luaty Beirão foi excluído da feira do livro da Festa do “Avante!”, mas o PCP rejeita a acusação e lamenta “o mais primário anticomunismo”. Bem que Jerónimo de Sousa poderia ir pregar para países onde, segundo o PCP, não há anticomunismo primário, como a Coreia do Norte ou a Guiné Equatorial. Na rede social Facebook, Bárbara Bulhosa afirmou que “Sou eu mais livre, então – Diário de um preso político angolano”, de Luaty Beirão, foi excluído da lista…

Leia mais

Boas Festas Presidente(s)

A importância de ser na família onde deve ser criado e desenvolvido o respeito pelos valores e serem preparadas as crianças para os desafios do futuro foi destacada, em Luanda, pela primeira-dama de Angola, Ana Dias Lourenço. Tem toda a razão. Mesmo sabendo-se que Angola lidera o “ranking” mundial da mortalidade infantil, mesmo sabendo-se que temos 20 milhões de pobres. A primeira-dama, conta a Angop, falava para 700 crianças de 22 centros, entre lares de acolhimento e de igrejas da província de Luanda, que participaram numa festa de Natal denominada…

Leia mais

Eles gozam com a fome de 20 milhões

VEJA VÍDEO DA FESTA DE ANIVERSÁRIO, EM PORTUGAL, DE ANABELA CONTO. A “estátua” de José Eduardo dos Santos e do seu regime já “caiu”. A de João Lourenço se calhar nem chegará a ser construída. Um e outro seguem a mesma regra, embora com tonalidades diferentes: estarem rodeados de sipaios e de um ou outro chefe de posto. Por alguma razão Angola (para além de 20 milhões de pobres) é o país que tem mais milionários do mesmo partido/clã por metro quadrado. Embora o regime continue todos os dias a…

Leia mais

Festa do estertor do MPLA
fez-se no Cuito Cuanavale

O (ainda e sempre) Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, inaugurou hoje o Memorial à (suposta) vitória do (MPLA) da Batalha do Cuito Cuanavale, na província do Cuando Cubango, que impulsionou o fim do apartheid na África do Sul, a independência da Namíbia, a retirada do exército cubano de Angola, o MPLA a aceitar finalmente entrar em negociações com a UNITA (o que viria a acontecer em Portugal), o pluripartidarismo e a realização de eleições. José Eduardo dos Santos descerrou a placa daquela infra-estrutura que simboliza a célebre batalha do…

Leia mais