MALÁRIA DERROTA A EXTINÇÃO PROMETIDA PARA 2012

O médico angolano Jeremias Agostinho considerou hoje que o sector da saúde continua a ser um desafio e necessita de maior investimento no sistema primário, para evitar mortes, ainda lideradas pela malária, cujos números dispararam nos últimos dois anos. O especialista de saúde pública falava hoje na II Conferência Nacional “Pensar Angola” sobre “Desafios e Oportunidades para o Sistema de Saúde Angolano”. Segundo Jeremias Agostinho, o primeiro desafio a ser ultrapassado é a inversão da dotação orçamental para o sector da saúde, apesar de, nos últimos quatro anos, a tendência…

Leia mais

VISITAR OS DE ANGOLA, TRATAR-SE NOS DA EUROPA OU EUA

Os médicos angolanos suspenderam, por um mês, a greve que durava desde 21 de Março, devido à elevada mortalidade registada nos hospitais e acusam o Governo de ter iniciado “uma caça às bruxas”. Se, ao menos, os membros do Governo/MPLA tivesse de ir, quando estão doentes, aos mesmos hospitais a que recorrem os angolanos… O presidente do Sindicato Nacional dos Médicos de Angola (Sinmea), Adriano Manuel, diz que a decisão de interromper a greve, entre os dias 25 de Abril e 27 de Maio, foi tomada na assembleia-geral. “Temos vindo…

Leia mais

ASSASSINOS, ASSASSINOS, ASSASSINOS

O país está sem norte: Miséria e derrame em Cabinda de crude. O Executivo esconde e protege o infractor que assassina o trabalho dos pescadores e os peixes no mar. Por William Tonet O Sul está em chamas: Fome e seca! As vacas pararam de produzir leite para o Maine e o Executivo masoquistamente abre champanhe, a cada mais de 110 mortes/dia. Padre Pio, outros padres, mas o bispo, são impotentes ante o pouco que doam, diante de tanta ferocidade e insensibilidade do executivo e, também, da natureza, ainda assim…

Leia mais

QUANDO POLÍCIA MATA POLÍCIAS…

O ministro do Interior de Angola, Eugénio Laborinho, pediu hoje uma “profunda averiguação” às causas do duplo homicídio seguido de suicídio que envolveu três polícias e anunciou a criação de uma comissão para prestar apoio às famílias enlutadas. Segundo uma publicação partilhada na página do Facebook do Ministério do Interior, Eugénio Laborinho convocou hoje as mais altas chefias policiais de Angola para fazer um balanço da passagem do ano e analisar o incidente para evitar a repetição destas situações. No dia 1 de Janeiro, por volta das 06:00, um polícia…

Leia mais

FOME, FOME, FOME, FOME

Um relatório do Governo angolano sobre a situação da insegurança alimentar e nutricional aguda em três províncias do sul (fome em bom português) concluiu que 1,32 milhões de pessoas estão bastante afectadas, e que até Março de 2022 pode chegar aos 1,58 milhões. Não são dados relativos… Os dados constam do relatório realizado pelo Departamento Nacional de Segurança Alimentar, da Direcção Nacional de Agricultura e Pecuária (DNAP), do Ministério da Agricultura e Pescas nas províncias do Cunene, Huíla e Namibe, entre Março e Maio de 2021, com inquérito em 17…

Leia mais

Tudo serve para pedir mais e mais fiado

A Agência Nacional contra as Minas disse que Angola necessita de 200 milhões de dólares (170,8 milhões de euros) para se ver livre de áreas minadas conhecidas até 2028. Um país falido nada consegue fazer sem estender a mão à ajuda estrangeira. Só tem dinheiro para os nababos dos seus dirigentes… A informação foi avançada durante o workshop sobre a Gestão de Risco Residual (desminagem) pelo responsável pela área de intercâmbio comercial da agência, Adriano Gonçalves, segundo o qual Angola ainda é considerado um dos países mais afectados por minas…

Leia mais

Kahama e Kuroca, os campos para a morte

A vida é uma bênção, mas também uma incógnita e um oceano de adversidades, confrontada, no quotidiano com luta, batalha, guerra, tristeza, alegria, filhos, família e sonhos. A liberdade, como bem maior, tem na felicidade a melhor aliada, para um ser humano credibilizar a sua soberania. Sócrates (470-399 aC), o grande filósofo dizia: “A vida não examinada não vale a pena ser vivida”. Por William Tonet O Folha 8 ouviu, viu e sentiu o clamor, gemeres e sentires das suas gentes, vindas do interior do torrão identitário e, ao contrário…

Leia mais

RD Congo reitera acusação contra mineira Catoca

As autoridades da República Democrática do Congo acusam o governo de Angola de nada ter feito para impedir que a Sociedade Mineira do Catoca continue a poluir a zona fronteiriça; Baixo Zaire, Nordeste, com líquidos tóxicos, provenientes das lavarias de mineração, que invadem os rios do país vizinho, causando a morte de espécies como peixes e, hipopótamos e, até, populares que habitam ao longo das zonas ribeirinhas. Por Matondo Ikango (*) “As nossas autoridades, por negligência da Sociedade Mineira de Catoca, explorada pelos russos e angolanos, registaram, desde Julho, a…

Leia mais

Patrão manda, sipaios cumprem

O líder do Movimento do Protetorado Lunda Tchokwe (MPLT), “Zeca Mutchima”, e 25 manifestantes envolvidos em protestos em Cafunfo foram acusados pelo Ministério Público do MPLA (Angola) dos crimes de ultraje ao Estado e seus símbolos e associação de malfeitores, refere o despacho de acusação. De acordo com o despacho do Ministério Público, Mateus “Zeca Mutchima” está a ser acusado num processo único com outros 25 co-arguidos, tendo em comum os crimes de ultraje ao Estado e aos seus símbolos e associação de malfeitores, enquanto os manifestantes vão responder também…

Leia mais

Caviar e Château-Grillet para o MPLA

A desnutrição (fome na linguagem dos nossos 20 milhões de pobres) provocou a morte de 87 crianças no primeiro semestre do ano na província angolana de Benguela, um aumento de quatro casos em relação ao mesmo período de 2020, informou hoje fonte sanitária local. Segundo a supervisora municipal do programa de nutrição em Benguela, Filomena Manuel, o desmame precoce e uma dieta alimentar desequilibrada estão na base do aumento de casos de crianças desnutridas, com idades até aos cinco anos. Filomena Manuel, citada pela agência noticiosa angolana, Angop, referiu que…

Leia mais