Está difícil viver sem… comer!

Cerca de 562 mil angolanos enfrentaram em 2020 situações de crise ou emergência alimentar, indica um relatório publicado hoje, com previsões de “riscos significativos” para a população e considerando as condições climáticas extremas como principais causas. O relatório em causa foi apresentado hoje na ONU e foi realizado pela Rede Global Contra as Crises Alimentares (GNAFC, na sigla em inglês), uma aliança da ONU com a União Europeia e agências governamentais e não-governamentais. Em Angola, entre Outubro de 2019 e Fevereiro de 2020, cerca de 562 mil pessoas encontravam-se em…

Leia mais

… E quem se lixa é o Povo!

O presidente da Confederação Empresarial de Angola (CEA), Francisco Viana, criticou hoje o modelo de contratação de empresas para a recolha de lixo em Luanda, defendendo a “contratação de milhares de angolanos para cada um levar o seu tostão”. “O grande problema é que estamos a querer resolver o problema do lixo contratando grandes empresas para elas levarem milhões. Não é melhor contratar milhares de angolanos para cada um levar os seus tostões e disso fazermos um grande projecto?”, perguntou Francisco Viana. O lixo, disse o empresário angolano, “pode ser…

Leia mais

“Wall Street” do MPLA

2016. O banco holandês Ing anuncia que ia financiar com mais de 430 milhões de dólares o projecto público de reabilitação da Marginal da Corimba, em Luanda, segundo um despacho presidencial que autorizava o negócio. O Presidente teria, presume-se, pensado em canalizar o financiamento para combater a mortalidade infantil e a pobreza mas, ponderada a questão, optou pela marginal. O despacho, de 14 de Novembro referia tratar-se de um projecto público que visava garantir a valorização da preservação da zona costeira e reforçar as acessibilidades ao centro de Luanda, nomeadamente…

Leia mais

É a Covid-19, é a chuva, é a seca. Nunca é o MPLA

O Governo angolano assumiu hoje que a pobreza multidimensional no país se tenha “agravado para mais de 54%”, sobretudo devido às “dificuldades impostas pela Covid-19”, que se juntam ao “excesso de chuvas, à seca e outras calamidades”. Para dizer que tudo esta “pobreza multidimensional” tem na sua origem outras causas estamos cá nós. É essas devem-se a um vírus para o qual não existe, por enquanto, cura. Trata-se da pandemia MPLA-45. Segundo o ministro da Economia e Planeamento angolano, Sérgio Santos, que admitiu um “aumento da população em condição de…

Leia mais

“Mas, afinal, existem pobres em Angola?”, pergunta o Presidente

Segundo o “Vatican News”, em Dezembro de 2020 o presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), D. Filomeno do Nascimento Viera Dias, terá dito que “o foco no pobre permanece uma prioridade da igreja”. “O foco no pobre permanece uma prioridade, devemos pensar juntos o que podemos fazer por eles, de forma organizada, sistematizada e programada, cada um pense qual o lugar do pobre na sua vida e no seu carisma e como se comprometer com ele, não de modo ocasional, circunstancial, mas ordinário e inciso”, disse…

Leia mais

Filhos da fome nunca serão livres

A cidade de Ondjiva, província do Cunene, acolhe hoje um encontro para debater os conteúdos das mensagens de voz do projecto saúde móvel “Nascer Livre para Brilhar”, um compromisso assinado com o Gabinete da Primeira-Dama da República. A iniciativa implementada pela Unitel e a Organização Não-Governamental People in Need, pretende contribuir para a diminuição das taxas de transmissão de VIH-Sida de mãe para filho em Angola. O certame reúne dirigentes, supervisores e técnicos da saúde, além de representantes de organizações da sociedade civil que actuam no sector, indica uma nota…

Leia mais

Triunvirato despótico

Angola “celebra” hoje o 19º Aniversário do Dia da Paz e da Reconciliação Nacional, apenas – segundo o triunvirato que governa o país – “alguns dias depois de termos assinalado com o devido relevo, o Dia da Libertação da África Austral”. Triunvirato unipessoal (Presidente da República, do MPLA e Titular do Poder Executivo) que dá pelo nome de João Lourenço. Por Orlando Castro “Essas duas datas estão intrinsecamente ligadas, pois o dia 23 de Março consagra a nossa vitória na Batalha do Cuíto Cuanavale sobre o Exército do regime do…

Leia mais

Falar de paz menorizando Cabinda

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, orienta, amanhã, em Cabinda, em representação do Chefe de Estado (não nominalmente eleito, tal como ele), o acto central alusivo ao 19º aniversário dos chamados Acordos de Paz que fizeram calar as armas e aumentar o número de pobres, hoje são 20 milhões. Em Novembro de 2017 o Presidente João Lourenço visitou Cabinda. A lata de assinalar este 4 de Abril em Cabinda não pode deixar de suscitar algumas reflexões pertinentes, sobretudo para quem procura de forma honesta e objectiva entender o problema…

Leia mais

Tenham vergonha!

O Executivo do MPLA (o único Angola conhece desde 1975) tem trabalhado (há 45 anos) com as autoridades provinciais para o reforço das acções com vista à melhoria das condições de vida das populações e combate e erradicação da pobreza. Quem o diz é a ministra de Estado para Área Social, Carolina Cerqueira, inspirada pelo sabor daquilo que 20 milhões de angolanos não sabem o que é – refeições. Carolina Cerqueira, que intervinha na abertura da Semana Nacional de Humanização, disse estarem em implementação, neste âmbito, o Plano Integrado de…

Leia mais

Para quem é… farelo basta

A Comissão Económica do Conselho de Ministros de Angola aprovou hoje dois documentos relativos à alimentação, um com o objectivo de minimizar os impactos da estiagem na produção agrícola e pecuária e outro sobre estabilização dos preços dos bens alimentares. Depois dessa aprovação, bem que os membros da comissão mereceram um jantar frugal, tipo trufas pretas, caranguejos gigantes, cordeiro assado com cogumelos, bolbos de lírio de Inverno, supremos de galinha com espuma de raiz de beterraba e queijos acompanhados de mel e amêndoas caramelizadas e umas garrafas de Château-Grillet 2005.…

Leia mais