ESCRAVOS (AINDA) EM LISTA DE ESPERA

A 24 de Janeiro comemora-se, anualmente, o Dia Internacional da Educação. Este dia foi criado através da Resolução 73/25 da Assembleia Geral da ONU, a 3 de Dezembro de 2018. O seu objectivo é sensibilizar a sociedade civil para que se cumpra o direito à educação, consagrado no artigo 26º da «Declaração Universal dos Direitos Humanos» (1948) e na «Convenção sobre os Direitos da Criança» (1989). Por outro lado, procura-se sublinhar o papel da educação enquanto meio para quebrar ciclos de pobreza e para o desenvolvimento social. A Agenda 2030…

Leia mais

ENTRE O FABRICO DE VACINAS E A PRODUÇÃO DE POBRES

A África do Sul lançou, na Cidade do Cabo, a primeira fábrica que produzirá vacinas contra a Covid-19 no continente. O país, que tem liderado a luta pela igualdade de acesso às vacinas anti-Covid-19, garante a produção de vacinas do princípio ao fim. Enquanto isso, outro país africano de referência, Angola, continua a produzir pobres (já passou os 20 milhões) e a apostar que é possível viver sem… comer. Financiada pelo milionário das biotecnologias Patrick Soon-Shiong, a fábrica chamar-se-á NantSA e terá instalações investigação científica de ponta e capacidade para…

Leia mais

QUANDO SE É ANALFABETO DIPLOMADO

A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação angolana, Maria do Rosário Bragança Sambo, defendeu hoje o desenvolvimento de políticas para ultrapassar o analfabetismo digital entre estudantes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), com o acesso desde cedo a computadores. Quanto ao analfabetismo em geral… bem esse é para continuar em força. O MPLA que o diga. Maria do Rosário Bragança Sambo discursou hoje na abertura da IX reunião de Ministros da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior da CPLP, que decorreu em Luanda, em formato presencial e…

Leia mais

E SE MARTIN LUTHER KING JR. FOSSE ANGOLANO?

Os órgãos de comunicação social do Estado do MPLA estão muito vaidosos porque o embaixador de Angola nos Estados Unidos foi convidado para assistir às comemorações do Dia de Martin Luther King Jr. em Atlanta, Geórgia. Por Domingos Kambunji Essa escolha não advém de o governo angolano ter investido grandes recursos na investigação científica para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos nacionais e dos africanos em geral. Também não aconteceu porque Angola seja um país democrático, com uma prosperidade que permita uma boa qualidade de vida aos cidadãos em…

Leia mais

ECONOMIA NÃO RECUPERA DA PANDEMIA ATÉ 2023

A economista Helena Afonso, do Departamento das Nações Unidas para Assuntos Económicos e Sociais (UNDESA), afirma que “a economia de Angola em 2022 deverá crescer pela primeira vez em seis anos, depois de ter contraído 4% em 2020, a quinta consecutiva e a mais grave em 30 anos, e em 2021 estimamos um crescimento nulo dada a menor produção petrolífera, apesar do aumento dos preços”. Em declarações à Lusa na sequência da divulgação do relatório sobre a Situação e Perspectivas Económicas Mundiais deste ano, na quinta-feira, Helena Afonso afirmou que…

Leia mais

OVO DE COLOMBO NACIONAL ALIMENTADO A PETRÓLEO

Angola fechou o ano de 2021 com a inflação nos 27,03%, registando uma subida de 1,93 pontos percentuais face ao valor registado em Dezembro de 2020, com os preços a subirem 2,1% face a Novembro. Mas em 2022 tudo será diferente, diz o Governo que acaba de, com grande originalidade, pedir ajuda ao… petróleo. De facto, explica o órgão oficial do MPLA (o mais do que bem informado Jornal de Angola), o Governo conta com a entrada em operação de novos projectos petrolíferos, este ano, quando se espera que o…

Leia mais

VERGONHA DE UM REGIME MILITAR CUJO FIM SE APROXIMA

É mais do que óbvio. Os Cabindenses não devem ficar demasiado iludidos com este regime cada vez mais radicalizado e que não quer em caso algum dialogar com as forças vitais da nação, tanto em Angola como em Cabinda. Por Osvaldo Franque Buela (*) Angola através dos seus chefes militares e do seu governo sempre negou a existência da guerra em Cabinda, dizendo que a FLEC-FAC foi um bando de bandidos que fizeram uma tempestade num copo de água. No entanto, desde o início deste ano de 2022, a FLEC-FAC…

Leia mais

PELO SIM E PELO NÃO… BAJULAÇÃO

O Presidente cabo-verdiano, José Maria Neves, considerou hoje Angola como um exemplo da “África não submissa” desejado para o futuro do continente, apostando no reforço das relações bilaterais na visita de Estado que a partir de domingo realiza a Luanda. “Angola tem uma perspectiva destemida, é a África não submissa que nós queremos para o futuro e, portanto, esta visita tem um forte valor simbólico e sobretudo pelo facto de ser o primeiro país também que visitarei enquanto Presidente da República”, destacou José Maria Neves, em declarações aos jornalistas na…

Leia mais

PRIORIDADE AO… MPLA

O programa eleitoral do PSD para as legislativas de 30 de Janeiro defende que África “deve ser cada vez mais uma prioridade para Portugal”. Quanto Angola, não tenhamos dúvidas. PSD, PS e MPLA são (é claro!) todos fuba do mesmo saco. A bajulação ao regime é uma alargada coligação que também inclui o PCP e já uma importante franja do Bloco de Esquerda. A prioridade não se deve limitar à “África lusófona”, que compreende os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e com os quais os social-democratas defendem o…

Leia mais

RECOLHA DE INFORMAÇÕES GENÉTICAS EM PORTUGAL

A comissão criada em memória das vítimas dos conflitos políticos em Angola vai recolher informações genéticas de familiares em Portugal para compará-las com as amostras de ADN existentes. A decisão foi tomada após uma reunião da Coordenação da Comissão para a Implementação do Plano de Reconciliação em Memórias das Vítimas dos Conflitos Políticos (Civicop) que vai integrar o contacto directo com as famílias e a recolha de informações genéticas a partir de uma base de dados de parentes sobrevivos em Angola e no exterior no seu plano de actuação em…

Leia mais