Fome? Sim, mas apenas para quem não tem… comida

A angolana Josefa Sacko é candidata a um segundo mandato para o cargo de comissária da União Africana (UA) para a Agricultura, Economia Rural, Economia Azul e Ambiente. A engenheira agrónoma afirma em entrevista à RFI que se for eleita a auto-suficiência alimentar do continente será uma das suas prioridades e garante que aposta na agricultura é a a solução para combater a fome em África. Em Agosto de 2018, depois de um faustoso repasto, a comissária da UA Josefa Sacko, afirmou, em Luanda, que Angola progrediu na redução da…

Leia mais

Está visto que não adianta chorar

No passado dia 15, Carlos Pinho publicou aqui um artigo de opinião intitulado “Está visto que não adianta chorar”. Um leitor, que “assina” como “Observador”, enviou-nos o comentário (publicado no mesmo dia) e que agora voltamos a dar à estampa para situar a resposta de Carlos Pinho. Eis o texto (ipsis verbis) do “Observador”: «Nao me interessa , so sei que em portugal so existe professores e engenheiros. Esta terra Angola a sua independencia foi golpeada e cobicada por portugueses do SAUDOSISTAS E SEQUELAS do Salazar , FASCISTAS e EXTREMISTAS…

Leia mais

Se a hipocrisia do FMI fosse comida… não havia fome no mundo

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou o desbloqueio de 487,5 milhões de dólares (401,3 milhões de euros) para Angola, quando o país continua igual ao que sempre foi, com excepção da pandemia de Covid-19, ou seja a registar fracas receitas na indústria petrolífera e sem conseguir fazer o que o MPLA promete há 45 anos: diversificar a economia. O FMI “concluiu a quarta revisão do programa económico de Angola, apoiado por um acordo alargado ao abrigo do Mecanismo de Financiamento Alargado”, o que “permite um desembolso imediato de (…) 487,5…

Leia mais

Ministério Público investiga ministro João Baptista Borges

Sobrinho de João Baptista Borges criou várias empresas e conseguiu contratos de milhões. Parte da fortuna foi enviada para Portugal. O Ministério Público abriu um inquérito ao ministro angolano da Energia por suspeitas de branqueamento de capitais. A investigação TVI revela mais sobre este ministro, João Baptista Borges, e a forma como vários elementos da família se envolveram em negócios ligados ao sector da energia em Angola. Por André Carvalho Ramos (TVI) O sobrinho de um dos ministros mais importantes do governo angolano tem várias empresas e, nos últimos anos,…

Leia mais

“Corrupção massiva” é sinónimo de… MPLA

O Cedesa, centro de pesquisa de assuntos políticos e económicos de Angola, defende que a industrialização só avançará no país se não existir “corrupção massiva” e “barreiras de acesso aos mercados”, com uma “justiça funcional” e “impostos razoáveis”. Então o melhor é esperarmos sentados, tal como esperamos há 45 anos pela diversificação económica que, por sinal, estava em grande pujança quando Portugal vendeu Angola ao MPLA. Para aquela entidade, que resulta de uma iniciativa de vários académicos e peritos que se encontraram na ARN (‘Angola Research Network’), “qualquer projecto de…

Leia mais

Colonização mental ocidental é contínua contra África

O mundo… parou! A minha “topografia-umbilical”, qual mundo, orgulhosamente, de utopia, carrega hoje, mais do que ontem, vergonha incontida, face à nossa colectiva omissão, inacção ou voto depositado, na maioria das vezes, ingenuamente, a favor de uma casta governante, incompetente, ditatorial, corrupta, malfeitora e assassina, cujo “mérito” é a criminosa liderança de países africanos e subdesenvolvidos, para o abismo sub-humano, superando os índices do colonizador. Por William Tonet A COVID-19 está aí, como prova acabada… O MPLA/actual, infelizmente, não se distingue, dos demais, pelo contrário… Estes falsos revolucionários, no período…

Leia mais

ONU vai financiar os ricos dos países pobres

O Programa Alimentar Mundial (PAM) vai treinar agentes comunitários de saúde angolanos em matéria de desnutrição (fome), para o rastreio de cerca de 1,1 milhões de crianças em 2021, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU), assumindo que vai, assim, fazer o que deveria ser feito pelo Governo. De acordo com um comunicado, o PAM e o Governo de Angola (há 45 anos é do MPLA) lançaram um projecto nutricional para apoiar as autoridades da província de Luanda, capital angolana, no tratamento e prevenção da desnutrição aguda em crianças. O…

Leia mais

Traição das classes cultas angolanas

Nos nossos dias o que se observa em Angola é uma sociedade dividida entre vencedores e vencidos, amedrontada e assassinada por um Partido capitaneado por homens sem um pingo de escrúpulos. Por Carlos PachecoHistoriador angolano (*) Não é minha intenção fazer aqui um julgamento. Habituado a estudar fenómenos históricos e a tentar perceber as dinâmicas de evolução das sociedades e o comportamento dos homens em grupo, somente me move o propósito de nesta reflexão deixar registada uma constatação: a inteligência angolana (simbolizada pelas suas camadas pensantes) já não é a…

Leia mais

Autores com direitos

A União Nacional dos Artistas e Compositores – Sociedade de Autores (UNAC-SA) angolana anunciou que o processo de cobrança dos direitos de autor deve começar no primeiro trimestre de 2021, após ter sido certificada pelo órgão ministerial. A informação foi transmitida pelo presidente da UNAC-SA, Zeca Moreno, afirmando que os primeiros três meses de 2021 devem ser um “marco” para a classe artística, sendo este o período indicativo para o início da cobrança dos direitos autorais. “Eu não gosto de prometer, eu gosto de fazer. Portanto, tudo aponta que o…

Leia mais

A Arte é um privilégio de Deus

Paulo Jazz faleceu na última quarta-feira, 16, no complexo hospitalar, Américo Boavida, em Luanda. Com a sua morte, o país perde um filho virtuoso, detentor de talento raro, e um dos pioneiros na internacionalização das artes plásticas angolanas, logo após a Independência. Paulo Jazz faleceu, aos 63 anos, deixando um enorme vazio no seio dos artistas e familiares. A sua figura imortaliza-se no desenho e na pintura. O finado artista foi uma personalidade incontornável no mosaico cultural angolano. Paulo Jazz, nome artístico de José Paulo Esteves, nasceu em Luanda, em…

Leia mais