DO LIXO (DE MILHÕES) AO LUXO DE ALGUNS

A arte juntou-se este ano aos negócios na Feira Internacional de Luanda (FILDA) pelas mãos do artista Jone Ferreira que recorreu à sucata para criar peças que remetem para a identidade angolana. JÁ em 2019, Manuel Francisco Fabiano Samuel, cujo nome artístico, “Samuelarte”, fazia arte sob o lema “Do Lixo ao Luxo”. Entre as cerca de 500 empresas que marcam presença este ano na FILDA em busca de novas oportunidades de negócios, a galeria ELA (Espaço Luanda Arte) faz a diferença, expondo obras de arte nascidas a partir de uma…

Leia mais

DO VIH AO COVID, DO MPLA AO… MPLA

Depois de identificar Angola como o segundo país onde o VIH circulou, em 1924, uma equipa de investigadores portugueses e angolanos vai “tirar uma fotografia” à epidemia em Angola para saber mais sobre a epidemiologia do vírus. Em entrevista à agência Lusa, Ana Abecassis, médica do Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT) e líder da equipa que identificou Angola como o segundo país onde o Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) foi dectetado, a seguir à República Democrática do Congo (RDCongo), em 1906, sublinhou que este estudo será uma oportunidade…

Leia mais

UNICEF QUER FAZER AQUILO QUE O MPLA NÃO FAZ

A Unicef quer garantir o tratamento imediato da desnutrição severa de 10 mil crianças no sul de Angola, região que enfrenta actualmente uma das piores secas dos últimos 40 anos, anunciou hoje a organização. Ao que parece, o MPLA (que está no Poder há 46 anos) desconhecia que o sul de Angola faz parte de… Angola! Em comunicado, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) adianta estar a trabalhar com os governos de províncias do sul de Angola num projecto financiado pela Direcção de Protecção Civil e Ajuda…

Leia mais

DOS (CRIMINOSOS) ASSASSÍNIOS COLONIAIS AOS (HERÓICOS) ASSASSÍNIOS DO MPLA

«Os actos cruéis praticados contra muitos nacionalistas angolanos, antes de 1975, na cadeia de São Nicolau, hoje Bentiaba, província do Namibe, por lutarem por uma Angola livre do colonialismo, só podem ser comparados com as cenas de filmes de terror. Encarcerados, muitos eram retirados das celas, na calada da noite, para serem queimados vivos num forno feito de pedra», escreve o Jornal de Angola. Tal como o MPLA fez nas massacres de 27 de Maio de 1977, assassinando milhares de angolanos, escrevemos nós. «O relato dramático vivido por esses nacionalistas…

Leia mais

ANGOLA (TAMBÉM) É DOS QUE MAIS ARDE

Angola e Moçambique são dois dos três países com mais incêndios na África Austral e, embora o fogo tenha benefícios, o aumento da intensidade e da frequência tem consequências para a biodiversidade e as alterações climáticas, disseram investigadores. Em declarações à Lusa, o investigador do Instituto Superior de Agronomia (ISA) da Universidade Nova de Lisboa, José Miguel Pereira, explicou que o facto de Angola, Moçambique e a Zâmbia serem os três países da região com mais actividade de fogos tem a ver com a localização destes países no globo. “Ocupam…

Leia mais

A SALVAÇÃO ESTÁ NA CESTA, NOS CONTENTORES, NAS LIXEIRAS

Os elevados preços dos produtos (este ano subiram perto de 26%, antevendo-se que no próximo ano a subida seja de pelo menos 20%) estão a afugentar clientes no Mercado do 30, em Luanda, enquanto os vendedores, que vêem os seus rendimentos reduzidos a metade, se queixam da fraca procura e pedem intervenção dessa entidade fantasma que dá pelo nome de “autoridades”. Vendedores daquele mercado abastecedor, sobretudo de produtos agrícolas, no município de Viana, em Luanda, queixam-se que diminuiu para metade a procura dos bens que comercializam e proporcionalmente os seus…

Leia mais

BIENAL DE UMA ESPÉCIE DE… PAÍS

Nove filmes integram o ciclo de cinema europeu com que o grupo EUNIC, que integra, entre outras entidades, o Camões – Centro Cultural Português, comemora a edição deste ano da Bienal de Luanda, nos dias 28, 29 e 30 de Novembro. Por falta de apoios financeiros não será apresentado (não chegou, aliás, a ser feito) o filme “Os 20 milhões de pobres que Marcelo não viu”… A série “Diálogos Euro-África” é composta por nove filmes produzidos nas últimas décadas, que abordam questões sociais, culturais e políticas entre os dois continentes,…

Leia mais

MÉDICOS EM GREVE PARA SALVAR A SAÚDE

O Sindicato Nacional dos Médicos de Angola (Sinmea) anunciou hoje greve nacional a partir de 6 de Dezembro exigindo um “sistema remuneratório especial, pagamento de subsídios e melhores condições laborais”, apesar da “abertura negocial” do Ministério da Saúde. O anúncio da observação de greve, previsto para se efectivar entre os dias 6 e 10 de Dezembro próximo, em todas as unidades sanitárias das 18 províncias angolanas, foi apresentado hoje em conferência de imprensa pelo secretário-geral do Sinmea, Pedro da Rosa. Segundo o sindicalista, a greve foi deliberada em assembleia geral…

Leia mais

DA BIENAL DE LUANDA À… FUNDAÇÃO GULBENKIAN

Arte, Cultura e Património como instrumentos da África que os africanos querem, são o pretexto para a capital angolana receber, entre 27 e 30 deste mês, a segunda edição da Bienal de Luanda. E assim o país coloca na ribalta mediática a sua face A, ocultando a realidade do seu povo. Entretanto, a Fundação Gulbenkian vai apoiar quatro projectos de investigação em saúde nas áreas do cancro, malária e HIV, em Angola, Cabo Verde e Guiné-Bissau, num investimento de 600 mil euros, até 2024… Assim, no caso da Bienal, Luanda…

Leia mais

NASCER COM FOME E MORRER COM… FOME

O dia 20 de Novembro é o Dia dos Direitos da Criança. Celebra-se mais um aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança, o tratado internacional mais ratificado em toda história. Nunca mais chega a altura de todos os dias do ano serem dia das crianças. Então em África, então em Angola… Como sempre, Angola ratificou a Convenção em 1990 manifestando desta forma o seu pleno compromisso com a realização de cada direito da criança. Contudo, as nossas crianças continuam a ser geradas com fome, a nascer com fome e…

Leia mais