CPJ DENUNCIA AMEAÇAS A JORNALISTAS GUINEENSES

O Comité para a Protecção dos Jornalistas (CPJ) denunciou ameaças à comunicação social na Guiné-Bissau e instou o Presidente guineense a garantir condições para que os profissionais possam trabalhar sem intimidação estatal. É chover no molhado. Que o digam os Jornalistas angolanos. posição desta organização, com sede em Nova Iorque e que promove a liberdade de imprensa e os direitos dos jornalistas, surge na sequência dos acontecimentos dos últimos três meses, desde que o Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, dissolveu o Parlamento antes de decorridos os 12 meses desde…

Leia mais

HÁ MÁFIAS (BEM) MAIS PERIGOSAS

Como se sabe, em 2011 o então primeiro-ministro de Portugal e “angolano” de nascimento, Pedro Passos Coelho veio a Luanda para vender as empresas públicas portuguesas. Escolheu, e bem, um dos mais ricos países africanos, que, sendo um dos maiores exportadores de petróleo do Mundo, permanecia (e por lá continua) em 148º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano e com dois terços da sua população a viver na pobreza. s crimes de sangue e económicos fazem parte da natureza da cúpula mafiosa que dominava e domina os negócios em Angola…

Leia mais

QUEM DEFENDE CABINDA É… TERRORISTA?

O Tratado de Simulambuco foi um tratado que selou a criação de um protectorado de Cabinda, assinado pelo representante do governo português Guilherme Augusto de Brito Capello, então capitão tenente da Armada e comandante da corveta Rainha de Portugal, e pelos príncipes, chefes e oficiais do Reino de Angoio, em 1 de Fevereiro de 1885. um contexto colonial em que Portugal aparecia como mal menor entre todos os que queriam ser donos da Cabinda, os cabindas optaram por negociar com os portugueses, acreditando que a sua segurança e autonomia sairiam…

Leia mais

(MAIS UM) GOLPE MILITAR À VISTA NA GUINÉ-BISSAU

O director do Programa Africano do Instituto Real de Estudos Internacionais britânico considera que há o risco de um novo golpe militar na Guiné-Bissau, organizado por facções desonestas do exército. lex Vines, que em declarações à Lusa perspectivou os principais temas em destaque para a Guiné-Bissau em 2024, diz que “há o risco de um novo golpe militar liderado por facções desonestas do exército em Bissau, especialmente após a insegurança do final de Novembro em Bissau e a suspensão do parlamento”. “O Governo de Umaro Sissoco Embaló parece tornar-se cada…

Leia mais

ANGOLANOS? QUEM SÃO ESSES?

O Folha 8 contactou, por escrito (as palavras voam mas os escritos são eternos) e mais do que uma vez, todos os grupos parlamentares (e deputados únicos) presentes na Assembleia da República de Portugal sobre a realidade social, política e económica de Angola. oram, assim, contactados PS, PSD, Chega, Iniciativa Liberal, PCP, Bloco de Esquerda, Livre e PAN. Quase um mês depois do primeiro contacto, o silêncio total continua a ser o diapasão de todas estas organizações partidárias. Se para Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal, tal como para…

Leia mais

ATÉ EMBALÓ EMBALA MARCELO

O presidente do Parlamento da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira (foto), acusou hoje Portugal de se deixar usar pelo chefe de Estado guineense, Umaro Sissoco Embaló, “em vez de contribuir para o reforço da estabilidade, para a construção de instituições democráticas”. omingos Simões Pereira afirma: “Volta e meia, por tuta e meia, o Presidente [Sissoco Embaló] evoca conversas com [o Presidente da República de Portugal] Marcelo Rebelo de Sousa, com o primeiro-ministro António Costa e com outras autoridades [portuguesas]. E fá-lo com o intuito de evocar algum paralelismo com aquilo que…

Leia mais

PRIMEIROS NO SACRIFÍCIO E ÚLTIMOS NOS BENEFÍCIOS

O escritor moçambicano Mia Couto aponta a necessidade a revisão das leis e do processo eleitoral como a “grande lição” das eleições autárquicas de 11 de Outubro em Moçambique, cujos resultados continuam a ser fortemente contestados pela oposição. ia Couto, que na terça-feira à noite apresentou em Maputo o “Compêndio para Desenterrar Nuvens”, novo livro de contos do escritor moçambicano, Prémio Camões de 2013 afirmou: “Eu não quero meter-me no assunto das eleições, porque é um assunto que foi muito partidarizado. Acho que o grande passo a dar agora é…

Leia mais

LUSOFONIA CHORA SARA TAVARES

A morte da cantora e compositora portuguesa de ascendência cabo-verdiana, Sara Tavares, neste domingo, 19 de Novembro, no Hospital da Luz, em Lisboa, Portugal, vítima de um tumor no cérebro continua a levar ao choro à Lusofonia. Por Geraldo José Letras os 45 anos, a cantora e compositora portuguesa de ascendência cabo-verdiana a quem há mais de uma década tinha sido diagnosticada com um tumor no cérebro, morreu neste domingo, 19 de Novembro, em Lisboa, Portugal. “Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós. Descanso eterno no paraíso,…

Leia mais

DE SÓCRATES A COSTA E A… MANUEL VICENTE

António Costa, primeiro-ministro de Portugal, demissionário, exonerou Vítor Escária, um dos cinco arguidos detidos no âmbito do processo do lítio e hidrogénio verde. Antes de ser chefe de gabinete do primeiro-ministro já tinha trabalhado (tal como o próprio António Costa) com outra emblemática figura do Partido Socialista, José Sócrates. E até chegou interceder junto do vice-presidente de Angola, Manuel Domingos Vicente… m Maio de 2015, Vítor Escária que foi alvo de buscas, negou ter feito negócios a favor de José Sócrates. Recordemos, na íntegra, o artigo de Pedro Sales Dias,…

Leia mais

MPLA “PERDE” UM AMIGO. OUTROS VIRÃO…

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, anunciou hoje que apresentou a sua demissão ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, após o Ministério Público revelar que é alvo de uma investigação autónoma do Supremo Tribunal de Justiça sobre projectos de lítio e hidrogénio. O MPLA “perde” um amigo, os angolanos nem tanto! comunicação ao país de António Costa, a partir da residência oficial do primeiro-ministro, aconteceu também na sequência de buscas em São Bento, visando o seu chefe de gabinete, Vítor Escária, e membros do seu Governo. António Costa…

Leia mais