QUEM MANDA NO OGE, QUEM É?

A ministra das Finanças, Vera Daves, disse hoje que as autoridades angolanas (leia-se do MPLA) e os parceiros financeiros internacionais estão a estudar a possível operacionalização dos instrumentos de cobertura dos riscos associados à proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2023. egundo Vera Daves, a proposta do OGE para o exercício económico de 2023 abarca riscos, sobretudo relacionados com a captação da receita fiscal e a captação da receita de financiamento. Ou seja, as boas contas económicas e financeiras (como, aliás, todas as outras) que o MPLA faz…

Leia mais

POR QUE NÃO TE CALAS?

O Governo português, que se cala quando deve falar e fala quando deve estar calado, destacou hoje o sucesso de Angola na intermediação do conflito entre a República Democrática do Congo e o Ruanda, considerando que esta intervenção tem travado um maior agravamento das tensões. secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Francisco André, em entrevista à agência Lusa, em Luanda (fica sempre bem não cuspir no prato do anfitrião) diz que “Angola é, neste momento, um actor respeitado a nível regional e a nível global,…

Leia mais

PUTIN “RESGATA” VIKTOR BOUT

A Rússia recuperou esta quinta-feira Viktor Bout, o traficante de armas preso nos Estados Unidos, numa troca de prisioneiros com a basquetebolista norte-americana Brittney Griner efectuada no aeroporto de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Conjuntamente com Pierre Falcone e Arcadis Aleksandrovich Gaydamak, Viktor Bout é um velho e querido amigo do MPLA. liás, José Eduardo dos Santos tornou-os exímios executivos em finanças internacionais, colocando-os ao serviço do regime para, entre outras negociatas, negociar a dívida externa de Angola alegadamente contraída junto da antiga União Soviética. Apelidado de “mercador da…

Leia mais

SECA MATA O POVO E ENGORDA O MPLA

As perdas económicas directas na agricultura angolana devido à seca podem aumentar dos actuais 100 para mais de 700 milhões de dólares até 2100, alerta o Relatório Sobre Clima e Desenvolvimento do País – CCDR, hoje lançado em Luanda. Se a isso, como faz o MPLA, se juntar as perdas provocados pela UNITA, pelos arruaceiros e pelo colonialismo português (embora o reino seja independente há 47 anos) a desgraça é total… egundo o documento, “espera-se que a falta de disponibilidade de água e o aumento das ocorrências extremas coloquem desafios…

Leia mais

DO DUBAI  COM AMOR E SEM… IRRITANTES!

Em Novembro de 2017 o ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, avisou que enquanto o caso que envolvia a Justiça portuguesa e Manuel Vicente não tivesse o desfecho que João Lourenço queria, Angola “não se moveria nas acções de cooperação com Portugal”. Recordam-se? ra então. “Enquanto o caso não tiver um desfecho, o Estado angolano não se moverá nas acções, que todos precisamos, de colaboração com Portugal”, disse Manuel Augusto, em entrevista à Lusa e à rádio francesa TF1, à margem da cimeira entre a União Europeia e…

Leia mais

UM CARTÃO DE NATAL DO… DUBAI!

O procurador português Orlando Figueira, condenado por corrupção, foi demitido do Ministério Público. O magistrado tinha sido condenado a seis anos e oito meses de prisão por ter aceitado subornos do ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente. O Tribunal Constitucional rejeitou seu recurso e o procurador vai cumprir uma pena de seis anos e oito meses de prisão efectiva no âmbito da Operação Fizz. m 9 de Fevereiro de 2018, no artigo «“Fizz” e “Lex” nasceram em Angola mas foram adoptados em Portugal», Paulo de Morais (presidente da Frente Cívica) escreveu…

Leia mais

ELE É O “DEUS” DO MPLA. O PAI É O… FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) destacou hoje os “progressos” de Angola durante a vigência do programa de assistência financeira ao país do MPLA (47 anos de governo) e manifestou-se disponível em apoiar tecnicamente Angola no âmbito da sua agenda de diversificação económica. Ou seja, o FMI não quer ser o “deus” angolano (João Lourenço) mas revindica que é o seu “pai”. director-executivo do Conselho de Administração do FMI para África, Willie Nakundyada assinalou, em Luanda, os progressos de Angola, sobretudo nos domínios do combate à inflação e ajustamento cambial, após…

Leia mais

ELES COMEM E MATAM TUDO

O secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido, considerou hoje que os profissionais da comunicação social estão a ser “atacados”, anunciando uma marcha de repúdio para o dia 17 deste mês. E logo se verá qual será a próxima escala dos atacantes. Entretanto, o representante do SJA na ERCA – Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (órgão dominado pelo MPLA), Reginaldo Silva, considerou hoje que “pode estar a haver um agravamento dos condicionamentos da liberdade de imprensa”. eixeira Cândido deu conta, em conferência de imprensa, da ocorrência de…

Leia mais

A INCOERÊNCIA DISCURSIVA REITERADA

Embora igualmente preocupante, pouco tenho a apontar em termos de crítica que já não tenha feito sobre a questão titulada, mas aqui vamos. Conversei com membros da sociedade civil alistados antes e depois das eleições. Disseram, a priori, não concordar com a tomada de posse e que, caso a FPU decidisse tomar posse, publicamente iriam demarcar-se desta decisão. Posteriormente, após a tomada de posse, voltamos a conversar e já não tinham o mesmo posicionamento. Por Sedrick de Carvalho ão só estavam de acordo com a decisão, como com a razão…

Leia mais

QUEM MANDA SOU (SÓ) EU!

Por ordem decrescente do Poder em Angola, o Presidente do MPLA (João Lourenço), Presidente da República (João Lourenço) e Titular do Poder Executivo (João Lourenço) disse hoje que é o momento de mandar as eleições autárquicas para as “calendas gregas”, dizendo que a altura é para implementar uma desconcentração administrativa e financeira efectiva, para transformar os municípios no centro do desenvolvimento nacional, a “antecâmara fiável e segura para a institucionalização do poder local autárquico”. oão Lourenço, que procedeu hoje à abertura da 8.ª edição do Fórum dos Municípios e Cidades,…

Leia mais