Prontidão combativa contra o… lixo

A mega, híper, emblemática campanha emergencial de limpeza e recolha de resíduos sólidos na província de Luanda começa hoje, com o envolvimento de 12 empresas de construção civil e de efectivos das Forças Armadas Angolanas. Está tudo em prontidão combativa elevada… Sob coordenação da Comissão Multisectorial (coisa nunca vista num país a sério mas, é claro, típica dos locais mal frequentados) criada pelo Presidente da República, com o inequívoco apoio do Presidente do MPLA e do Titular do Poder Executivo) a campanha, cujo objectivo é eliminar (ao estilo do que…

Leia mais

“Wall Street” do MPLA

2016. O banco holandês Ing anuncia que ia financiar com mais de 430 milhões de dólares o projecto público de reabilitação da Marginal da Corimba, em Luanda, segundo um despacho presidencial que autorizava o negócio. O Presidente teria, presume-se, pensado em canalizar o financiamento para combater a mortalidade infantil e a pobreza mas, ponderada a questão, optou pela marginal. O despacho, de 14 de Novembro referia tratar-se de um projecto público que visava garantir a valorização da preservação da zona costeira e reforçar as acessibilidades ao centro de Luanda, nomeadamente…

Leia mais

De há 58 anos a esta parte só piorou. E de que maneira

Quando nestes últimos dois dias vi com horror imagens das cheias de Luanda, vieram-me à memória tempos da minha infância. Mais precisamente memórias do dia 20 de Abril de 1963, quando caiu sobre Luanda uma enorme tempestade tropical bem típica dos meses de Março e Abril, naquela região do globo. Por Carlos Pinho (*) Durante toda a madrugada e parte da manhã a trovoada e a chuva intensa não deram descanso aos luandenses. As crianças e mulheres choravam e rezavam, impotentes perante tamanha manifestação do poder da natureza perante a…

Leia mais

Corrigir o que está mal…

A UNITA, principal partido da oposição que o MPLA ainda permite que exista em Angola, solidarizou-se hoje com as vítimas das chuvas em Luanda, que provocaram pelo menos 14 mortes, entre outros prejuízos humanos e materiais, pedindo responsabilidade ao Governo. Em comunicado, o secretariado executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA considerou “uma grande tragédia” os danos provocados pelas fortes chuvas que caíram na segunda-feira, durante sete horas, sobre a capital angolana. “O secretariado executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA insta o executivo ao nível…

Leia mais

Se Maomé não vai ao Povo…

O activista Luaty Beirão considerou hoje que Luanda é uma “cidade sem solução”, defendendo que é preciso “partir muito” para conseguir reconstruir uma cidade que seja adequada ao número de habitantes que a capital angolana tem. E então os… Musseques de Luanda? “Luanda não tem solução, foi concebida para 350 mil habitantes, e nela vivem 7 a 8 milhões que se acotovelam pelo espaço”, disse o activista, num vídeo colocado no Twitter, no seguimento das cheias que vitimaram dezenas de pessoas na capital angolana. “As infra-estruturas estão sobrecarregadas, Luanda é…

Leia mais

Culpados da chuva escapam desde… 1576

Os luandenses enfrentam hoje as consequências das oito horas de intensa chuva que caiu na segunda-feira, deixando um rasto de destruição, com mortes, casas submersas, ruas alagadas e amontoados de lixo na icónica baía da capital angolana. Culpados? Os que escapam desde 1576 e não, obviamente, o MPLA que só está no Poder nos últimos… 45 anos. No interior dos bairros periféricos de Luanda, a paisagem transformou-se em intermináveis lagoas, dificultando a mobilidade de viaturas e cidadãos. Crianças e adultos não têm, por vezes, outra alternativa senão atravessá-las. Munícipes da…

Leia mais

“Mistério do Casamento” em exibição

A companhia de teatro Dadaísmo apresenta no dia 27 de Março às 20 horas no Royal Plaza Hotel em Talatona, o espectáculo “Mistério do casamento” de autoria de Áurio Quicunga. Por Nvunda Tonet Viver com alguém debaixo do mesmo tecto, dormir e acordar todas as manhãs, é o sonho de muitas pessoas, mas nos dias de hoje parece uma tarefa desoladora. Filhos, contas, familiares de um e de outro, casa, trabalho, empregados, ciúmes, são tantos os itens que compõem uma vida a dois que muitos cônjuges “desligam-se” de si mesmos.…

Leia mais

Portugueses vão ajudar a higienizar o MPLA

O Governo Provincial de Luanda (GPL) vai contar com o apoio de construtoras portuguesas, entre outras, para a recolha gratuita das toneladas de lixo acumulado na capital de Angola, revelou fonte de uma das empresas. Fazem bem. Se, segundo o MPLA, os portugueses andaram a fazer lixo desde 1576 e o MPLA a fazer porcaria desde 1975… A solicitação foi feita na semana passada durante uma reunião com o GPL onde estiveram presentes construtoras de vários países, incluindo portuguesas, chinesas e de outras nacionalidades, e teve acolhimento por parte das…

Leia mais

Mísseis da Polícia contra o lixo…

Mais de 3.500 polícias estiveram, este fim-de-semana (no intervalo dos treinos com os mísseis intercontinentais importados pelo comandante da Polícia, Paulo de Almeida), envolvidos em operações de limpeza nas ruas da capital angolana, onde o lixo acumulado (muito dele “estrangeiro” e oriundo de Cafunfo) causa preocupações de saúde pública, segundo o último balanço de segurança pública. A situação agravou-se na semana passada (como se agrava há 45 anos) depois das chuvas torrenciais que arrastaram e espalharam os detritos por toda a cidade, ameaçando inclusivamente a circulação ferroviária, e obrigando os…

Leia mais

Culpados escapam desde 1576…

Chuvas torrenciais provocaram inundações, queda de árvores e de casas, congestionamentos e deixaram ruas intransitáveis em Luanda, onde uma zungueira morreu electrocutada e duas crianças estão desaparecidas. Culpados? Os mesmos dos últimos 500 anos. Faustino Miguéns, porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros de Luanda, citado pela TPA, revelou que a chuva ininterrupta afectou 80% da cidade e que além da morte de uma pessoa, duas crianças estão dadas como desaparecidas no distrito urbano do Nova Vida. No distrito urbano da Samba, a estrada principal ficou intransitável com extensos…

Leia mais