Mais uns milhões da Europa

Agricultores das províncias do sul de Angola vão contar com um financiamento de 6,6 milhões de euros para melhorar a segurança alimentar e nutricional em escolas de campo apoiadas pela União Europeia e as Nações Unidas. A componente do programa FRESAN (Fortalecer a Resiliência e a Segurança Alimentar e Nutricional em Angola) que será implementada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) visa desenvolver Escolas de Campo de Agricultores (ECA) para aumentar a resiliência , a produção sustentável e a segurança alimentar e nutricional no…

Leia mais

Orgia em fascículos

O ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, negou ter-se apropriado de 193 milhões de euros da Sonangol, como denunciou Mário Leite da Silva, antigo gestor de Isabel dos Santos, e apelida a acusação de “indecorosa manobra de diversão”. O antigo assessor da empresária Isabel dos Santos na Sonangol, Mário Leite da Silva, queixou-se junto de reguladores internacionais sobre um “contrato falso” que terá lesado a petrolífera angolana em 193 milhões de euros em 2005, dizendo que o documento faz parte do processo judicial de arresto de bens de Isabel dos Santos,…

Leia mais

Não estará a Fundação AAN, uma vez mais, a exceder-se?

Quer-me parecer que esta polémica relacionada com o cidadão Carlos Manuel de São Vicente e a eventual cativação de contas na Suíça e o comunicado da Fundação António Agostinho Neto (FAAN), ainda vai criar um bom imbróglio à Fundação. Por Eugénio Costa Almeida Primeiro o cidadão em causa, quer a FAAN queira, quer não queira, é genro do Dr. António Agostinho Neto (AAN) (mesmo que o casamento tenha sido pós-morte do primeiro Presidente de Angola – a redundância, logo na primeira linha de terem escrito “república popular”, ainda por cima,…

Leia mais

Viva o Ango(fome)Sat-2!

O satélite do MPLA, Angosat-2, produzido na Rússia, deverá ser enviado para o espaço (calendas gregas) a partir de Baikonur em Março de 2022 após o satélite antecessor ter perdido o contacto com a Terra, mau grado os esforço feitos pelos dois últimos representantes de Deus em Angola: José Eduardo dos Santos e João Lourenço. Em Outubro, a empresa Sistemas Informacionais de Satélites Reshentev enviará o módulo de carga do satélite para a Europa para que o mesmo receba os seus equipamentos. Enquanto isso, o satélite já tem prazo de…

Leia mais

Crise gera fartura… para alguns

A China investiu em Angola, entre Janeiro e Maio deste ano, 120 milhões de dólares (106 milhões de euros) mais de metade do valor total concretizado em 2019, revelou o embaixador, Gong Tao. Enquanto isso, a operadora de telecomunicações Africell pretende investir “centenas de milhões de dólares”… “N o ano passado, o volume do investimento chinês em Angola situou-se nos 200 milhões de dólares e nos primeiros cinco meses deste ano o volume do investimento directo, mesmo com a pandemia, alcançou 120 milhões de dólares (177 milhões de euros)”, adiantou…

Leia mais

CNE: 40 milhões de dólares Povo: 20 milhões de pobres

A construção da nova sede da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), em Luanda, deverá arrancar ainda este mês, um projecto orçado em 40 milhões de euros que deverá reduzir os gastos com o arrendamento de instalações. Paralelamente, 20 milhões de angolanos continuam a “construir” o projecto “viver sem comer”. O projecto foi analisado pelo plenário da Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola e, em declarações à imprensa no final da reunião, o porta-voz da CNE, Lucas Quilundo, disse que o projecto, a ser implementado em Luanda, na zona dos Coqueiros, encontra-se…

Leia mais

Quem banca… sempre MPLA

Uma gerente do Banco Fomento Angola (BFA) disse que depositou 250 mil dólares em notas na conta do antigo chefe de gabinete do ex-PR de Angola José Eduardo dos Santos a mando da administradora do banco Manuela Moreira. Verdade? Mentira? A síntese é simples, anteontem, ontem e hoje é o MPLA a provar que, desde 1975, Angola não é um país mas apenas um reino muito mal frequentado. A revelação é feita pela gerente do Centro de Investimento (CI) Sede, Antónia Carvalho, em resposta à investigação do departamento de auditoria…

Leia mais

Mais uns milhões

O Fundo Global vai disponibilizar para Angola, nos próximos três anos, um montante de 82,6 milhões de dólares (74 milhões de euros) para – espera-se – a luta contra o VIH/Sida, tuberculose e malária, anunciou hoje o ministério da Saúde angolano. Como os cofres dos donos do país não estão de boa saúde… todo o cuidado é pouco. Em comunicado de imprensa, o órgão ministerial informa que o valor global da alocação da subvenção para Angola para o período 2021-2024 representa um aumento de 56% em comparação com a actual…

Leia mais

Negociatas pandémicas

O empreendimento que vai ser adquirido pelo Estado angolano para servir de futuro, hipotético e mirífico centro de pandemias, um negócio polémico (como quase todos os que o MPLA protagonizou ao longo dos últimos 45 anos) de 25 milhões de dólares, é composto por um conjunto de casas degradadas que estão rodeadas de capim. A rupestre e rural paisagem deve enquadrar-se nos objectivos do Governo. A Lusa constatou no local que o imóvel infra-estruturado, localizado na comuna de Calumbo, município de Viana, em Luanda, está em aparente estado de abandono…

Leia mais

Angosat, arroz e feijão

A empresa russa Energia Space Rocket anunciou hoje que, por decisão do Governo do MPLA, vai fornecer toneladas de alimentos aos milhões de pobres de Angola. Será? Não, não é. A empresa anunciou sim o desenvolvimento do satélite de telecomunicações angolano Angosat-2 que foi adjudicado à Reshetnev Information Satellite Systems, seguindo a indicação do Governo de Angola. De acordo com a agência de notícias russa TASS, que cita o relatório sobre as contas de 2019, a Energia Space Rocket anunciou que “durante o plano de trabalho, o cliente estrangeiro apresentou…

Leia mais