Filhos da fome nunca serão livres

A cidade de Ondjiva, província do Cunene, acolhe hoje um encontro para debater os conteúdos das mensagens de voz do projecto saúde móvel “Nascer Livre para Brilhar”, um compromisso assinado com o Gabinete da Primeira-Dama da República. A iniciativa implementada pela Unitel e a Organização Não-Governamental People in Need, pretende contribuir para a diminuição das taxas de transmissão de VIH-Sida de mãe para filho em Angola. O certame reúne dirigentes, supervisores e técnicos da saúde, além de representantes de organizações da sociedade civil que actuam no sector, indica uma nota…

Leia mais

ONU vai financiar os ricos dos países pobres

O Programa Alimentar Mundial (PAM) vai treinar agentes comunitários de saúde angolanos em matéria de desnutrição (fome), para o rastreio de cerca de 1,1 milhões de crianças em 2021, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU), assumindo que vai, assim, fazer o que deveria ser feito pelo Governo. De acordo com um comunicado, o PAM e o Governo de Angola (há 45 anos é do MPLA) lançaram um projecto nutricional para apoiar as autoridades da província de Luanda, capital angolana, no tratamento e prevenção da desnutrição aguda em crianças. O…

Leia mais

Morrem crianças à fome num país onde não há fome

Numa altura em que até um relatório do Ministério da Saúde indica que nos primeiros seis meses de 2020 duas crianças morreram por hora devido à fome, aumentando paralelamente o número de pobres que, antes da pandemia de Covid-19, eram 20 milhões, Angola corre o risco de se transformar num não-país ou de assistir a uma violenta implosão social. Entretanto, como noticia a VoA, organizações da sociedade civil angolana consideram que o aumento de mortes de crianças por desnutrição (fome em bom português) no país deve-se à falta de políticas…

Leia mais

Menos 144 votos no MPLA

A desnutrição (fome em português corrente) provocou a morte de 144 crianças angolanas, num total de 1.939 casos registados no primeiro semestre deste ano, na província angolana do Bié, informaram hoje as autoridades sanitárias locais. Nada de novo. É assim em todo o reino. Os dados divulgados pela supervisora provincial do Programa de Nutrição do Bié, Edna Mendonça, citada pela agência noticiosa angolana, Angop, foram recolhidos em 10 unidades sanitárias daquela província. Os números indicam um aumento do número de casos e de mortes comparativamente ao mesmo período de 2019,…

Leia mais

Crianças (dos outros) são gente?

As agressões sexuais a crianças têm “crescido bastante” em Angola nos últimos anos e ocorrem mais frequentemente no seio familiar, segundo a investigadora Ana Panzo, autora da obra “Agressores Sexuais de Menores”, que será lançada na próxima sexta-feira. Na verdade, tudo o que não devia crescer… está a crescer como nunca. Os pobres são cada vez mais, os desempregados também. Se o Poder corrompe, o Poder absoluto corrompe ainda mais. E por cá o Poder está há 45 anos nas mãos dos mesmos, o MPLA. Ana Isabel Marques Panzo é…

Leia mais

Fome mata mais 143 crianças

A má nutrição (fome) provocou a morte de 143 crianças na província angolana do Bié, num total de 1.930 casos, no primeiro semestre deste ano, informaram hoje as autoridades sanitárias locais. No Huambo, pela mesma razão, 150 crianças já morreram este ano, num total de 1.375 casos. Nenhum dos mortos era familiar de dirigentes do MPLA. O dado avançado pelo chefe de departamento da Saúde Pública e Controlo de Endemias do Bié, Isaías Cambissa, indica mais 39 óbitos comparativamente ao mesmo período de 2019. Isaías Cambissa, citado pela rádio pública…

Leia mais

Do caviar ao farelo

O artigo 21.º da Constituição da República de Angola define (trata-se apenas de tratado teórico de boas intenções) as tarefas fundamentais do Estado. Destas, destacam-se: Promover o bem-estar, a solidariedade social e a elevação da qualidade de vida do povo (angolano), designadamente dos grupos populacionais mais desfavorecidos, promover a erradicação da pobreza e a melhoria sustentada dos índices de desenvolvimento humano dos angolanos. Os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecem: Erradicar a fome, alcançar a segurança alimentar, melhorar a nutrição e promover a agricultura sustentável, o investimento nas infra-estruturas rurais,…

Leia mais

Meninos à volta da fome

Perto de 150 crianças já morreram este ano devido à má nutrição (fome), num total de 1.375 casos notificados na província do Huambo, anunciaram as autoridades de saúde locais. Os meninos à volta da fogueira, aprenderem coisas de sonho e de mentira, aprenderam como se ganha uma bandeira, estão a saber o que custa viver sem comer. Segundo a supervisora provincial de nutrição, Cármen Mossovela, foram registados no primeiro semestre 148 óbitos, um aumento comparativamente ao mesmo período de 2019, altura em que morreram 95 crianças de má nutrição (fome).…

Leia mais

Vergonha, vergonha, vergonha, vergonha!

A SIC (televisão portuguesa) emitiu uma reportagem, esta terça-feira, em que dava conta da existência de cerca de 200 crianças subnutridas e doentes, sozinhas num barracão nos arredores de Luanda. Com cara de virgem ofendida mas sem conseguir ocultar a sua imagem de marca (meretriz), o Governo do MPLA pediu informações sobre o seu paradeiro “para que sejam salvas”. Texto actualizado em 31.07 com o esclarecimento da SIC. O Governo angolano (que há 45 anos é da responsabilidade do MPLA) pediu ajuda para localizar as cerca de 200 crianças, subnutridas…

Leia mais

Dia Mundial da Criança

O Dia Mundial da Criança é uma data comemorativa celebrada anualmente em homenagem às crianças, cujo dia efectivo varia de acordo com o país. Países como Angola, Portugal e Moçambique adoptaram o dia 1 de Junho. A ONU reconhece o dia 20 de Novembro como o Dia Mundial da Criança, por ser a data em que foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos da Criança em 1959 e a Convenção dos Direitos da Criança em 1989. Por cá… um total de 86% das nossas crianças dos 0 aos 23 meses…

Leia mais