POIS CLARO, TODAVIA, NÃO OBSTANTE…

O Procurador-Geral da República de Angola, general Hélder Pitta Gróz, prometeu hoje o que lhe disseram para prometer, ou seja que o processo contra Isabel dos Santos vai avançar, mesmo que a empresária não preste declarações no âmbito do mandado de detenção internacional pedido pelas autoridades de Angola. élder Pitta Gróz, que falava em Luanda à margem de uma reunião do Conselho de Direcção, afirmou que desconhece (seria de estranhar que conhecesse o que todos conhecem) o paradeiro da filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos, e disse que foram…

Leia mais

A BADERNA VEM DE LONGE, A CUMPLICIDADE MORA PERTO

O Ministério Público (MP) angolano vem, cada vez mais, confirmando ser um comboio a vapor, guiado por um maquinista com habilitação de motociclista, insensível aos trilhos da Justiça. Em qualquer país civilizado o MP assenta num tripé principal: Democracia; Ordem jurídica; Direitos individuais e sociais. Em Angola, para desgraça colectiva, assenta em dois pilares: Dependência ideológica e Direitos colectivos difusos. Por William Tonet mundo político ouviu o Procurador-Geral da República e assiste, estupefacto, ao procedimento intentado pelo Ministério Público; Mandado de Captura Internacional (MCI), qual cão de caça, na perseguição…

Leia mais

ISABEL DOS SANTOS CONFIRMA FOLHA 8

Em entrevista à DW África, Isabel dos Santos diz que “o Luanda Leaks foi uma manipulação grosseira, foi uma encomenda do Estado angolano que infelizmente decidiu ter-me a mim como alvo por razões políticas e por perseguição política. E utilizou e manipulou jornalistas, colocando nas mãos dos jornalistas informações que não eram verdadeiras, convencendo-os de factos que não eram reais, e os jornalistas efectivamente criaram uma série de alegações nos jornais”. ra, “quando existem alegações nos jornais, é normal que as autoridades dos países em que essas alegações são feitas…

Leia mais

ISABEL “ALIMENTA” (BAIXA) POLÍTICA PORTUGUESA

Em Portugal, o grupo parlamentar do PSD dirigiu 12 perguntas ao primeiro-ministro, António Costa, para esclarecer declarações do ex-governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, quer sobre a resolução do Banif, quer sobre o afastamento da empresária Isabel dos Santos do BIC. o requerimento, que o presidente do PSD, Luís Montenegro, anunciou na terça-feira à noite na Guarda, os deputados sociais-democratas referem que Carlos Costa fez recentemente – no livro “O Governador”, e na apresentação e entrevistas que se seguiram – “afirmações sobre alegadas intromissões políticas do senhor primeiro-ministro, António…

Leia mais

TODOS (MENOS A PGR/MPLA) SABEM ONDE ELA VIVE

Fonte oficial de Isabel dos Santos diz que os seus advogados consultaram a base de dados da Interpol e não encontraram qualquer referência a um mandado de captura contra a empresária angolana, contrariando informações noticiadas na quinta-feira. e acordo com um documento a que a agência Lusa teve acesso na quinta-feira, e a partir do qual divulgou uma notícia, a Interpol emitiu um mandado de captura internacional para extradição em nome de Isabel dos Santos, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola. Segundo esse documento, Isabel dos Santos…

Leia mais

UM “IRRITANTE” EM VERSÃO TUGA

O Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu hoje o primeiro-ministro, António Costa, a propósito das acusações do ex-governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, considerando que as autoridades portuguesas actuaram em nome do interesse nacional no caso que envolveu Isabel dos Santos. Terá sido? oi “uma história que correu bem no sentido em que o interesse nacional impunha que corresse assim”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa quando questionado pelos jornalistas sobre a actuação do chefe do executivo quanto aos negócios em Portugal da empresária angolana Isabel dos…

Leia mais

ISABEL E AS COMADRES PORTUGUESAS

O presidente do PS, Carlos César, rejeita pressões do primeiro-ministro ao Banco de Portugal, defende que foi António Costa quem “libertou” o BPI de Isabel dos Santos e culpou o executivo de Passos Coelho pelo processo no Banif. A festa dos bajuladores promete ter novos episódios, qual deles o melhor. Estas posições foram transmitidas por Carlos César através de uma mensagem que publicou na sua conta na rede social Facebook, reagindo a acusações de que António Costa foi alvo por parte do ex-governador do Banco de Portugal (BdP) Carlos Costa…

Leia mais

PGR DO MPLA NÃO TEM NEURÓNIOS PARA TANTO

Uma investigação de um perito do Tribunal de Amesterdão concluiu que o alegado “desvio” de 52,6 milhões de euros (ME) da Esperaza, participada da Sonangol, baseou-se em deliberações com datas “falsas”, pelo que são “nulas”. A investigação, cujo relatório preliminar foi divulgado na semana passada, concluiu que o alegado “desvio” para empresas de Isabel dos Santos terá sido feito com base em deliberações “nulas”, porque essencialmente terão sido tomadas posteriormente à destituição da empresária do cargo de presidente da Sonangol. Além disso, segundo o investigador, a empresária e filha do…

Leia mais

GRÓZ ACUSA ISABEL, CARLOS COSTA ACUSA ANTÓNIO COSTA

O general Hélder Pitta Gróz, nas vestes de Procurador-Geral da República do MPLA (Angola), disse hoje que a indisponibilidade de Isabel dos Santos para prestar declarações ao que ele chama de à Justiça tem atrasado os processos judiciais, frisando que foram dadas “todas as oportunidades” à empresária. Será para rir? Será para chorar? Não. É apenas para inglês ver. Para juntar à festa, o ex-governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, acusa o primeiro-ministro socialista de Portugal, António Costa, de o ter pressionado para segurar Isabel dos Santos na Administração…

Leia mais

NINGUÉM QUER A EFACEC? CHAMEM A… ISABEL!

Privatização da Efacec volta à estaca zero com fim das negociações com a DST. Governo confirma que não foi concluída a alienação, depois de longos meses de negociações com o grupo de Braga. Processo para a privatização vai continuar, escreve o jornal português Público. E continua: Ainda não foi desta vez que o atribulado processo de privatização da Efacec foi concluído. Os ministérios da Economia e das Finanças informaram esta sexta-feira, em comunicado conjunto, a ruptura das negociações para a venda de 71,73% do capital social da Efacec, que está…

Leia mais