GAYS, PAPA, ANGOLA, GANA, BISPOS E…

Recentemente o Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Luanda anunciou a investigação das circunstâncias da morte do líder da Associação Íris Angola (movimento LGBTQIP+), encontrado morto em casa, suspeitando de homicídio por asfixia. Hoje, os deputados do Gana aprovaram a “Lei dos Direitos Sexuais e dos Valores Familiares do Gana”, que penaliza (com penas de prisão) as práticas homossexuais, provocando fortes receios na comunidade LGBTQIA+. o Gana, o texto, originário de uma coligação de cristãos, muçulmanos e chefes tradicionais, com forte apoio dos deputados, vulgarmente conhecido por projecto de lei…

Leia mais

CRIANÇAS E IDOSOS EXPLORADOS NO NAMIBE E HUÍLA

Nas províncias do Namibe e Huíla, crianças e idosos vindos de várias regiões do país estão a ser vítimas de trabalhos infantil e forçado nas fazendas, mercados informais e artérias das cidades das duas províncias, nomeadamente, Moçâmedes e Lubango. A revelação saiu da reunião de alto nível entre os governos provinciais do Namibe e Huíla que aconteceu hoje no município da Bibala. Por Geraldo José Letras a província da Huíla observa-se o aumento migratório de populações provenientes de várias regiões do país, entre as quais e em maioria, crianças e…

Leia mais

FOME, DIZEM OS BISPOS. PARAÍSO, CONTRAPÕE O MPLA

Angola tem dado, nos últimos anos, passos significativos para o fortalecimento do seu quadro legal e institucional em matéria de direitos humanos, afirmou em Genebra, Suíça, a secretária de Estado para as Relações Exteriores, Esmeralda Mendonça. Entretanto, não na Suíça mas em Angola, os bispos católicos disseram hoje que os angolanos estão a correr o risco de se habituarem à pobreza e de se acomodarem à miséria, lamentando a degradação socioeconómica da vida das famílias no país. ontinuemos com a propaganda do regime do MPLA. De acordo com uma nota…

Leia mais

“NEWSAPECE ÁFRICA” REGISTA PATENTE DA BANHA DA COBRA

As agências espaciais nacionais e as empresas do “NewSpace” de África vão reunir-se entre os dias 2 e 5 de Abril deste ano, em Luanda, para identificarem mecanismos para a contínua inserção da tecnologia geoespacial ao serviço do desenvolvimento económico do continente. conferência, subordinada ao tema “O Papel do Espaço na Redução do Fosso da Pobreza em África”, destacará o potencial transformador das iniciativas espaciais na abordagem das disparidades socioeconómicas em África e servirá de via para discutir a melhor abordagem para tirar partido da tecnologia espacial, incluindo as comunicações…

Leia mais

FALTA DE TRANSPORTES PARA ZONAS RECÔNDITAS COMPROMETE ANO LECTIVO

“A falta de transportes para apoiar os professores que leccionam em zonas de difícil acesso está a comprometer o normal andamento do ano lectivo nas comunas”, assume o Director Municipal da Educação no Cuemba, David Sandala Feliciano, ao solicitar a intervenção urgente do Ministério da Educação (MED). Por Geraldo José Letras Director Municipal da Educação do Cuemba, província do Bié, David Sandala Feliciano, que procedia a um balanço do sector na região, lamentou a falta de transportes para o apoio dos professores que leccionam em zonas de difícil acesso, com…

Leia mais

SER LAMBE-BOTAS DA ONU NO REINO DO MPLA

A Organização das Nações Unidas (ONU) prevê mobilizar, junto de instituições internacionais e locais, recursos estimados em 646 milhões de dólares (595,9 milhões de euros) no âmbito do novo Quadro de Cooperação 2024-2028 com Angola. Fica garantido, como sempre, que ONU continuará a trabalhar em prol dos poucos que têm milhões e não, como se esperava, dos milhões que têm pouco ou… nada. egundo o ministro do Planeamento de Angola, Victor Hugo Guilherme, estes recursos devem ser avaliados a meio deste período, sendo também medido o impacto das actividades desenvolvidas…

Leia mais

PAÍS NUM CALDEIRÃO À BEIRA DA EXPLOSÃO

Ao ver a mentira, a sacanagem e o desvario económico trilhar os degraus do poder, fico com a clara noção, que a ética e a moral foram “assassinadas” do dicionário mental dos actuais governantes. Por William Tonet terra dos vários reinos e povos, colonialmente, denominado Angola e feito, à martelo, país em 1975, pelo MPLA, vive o pior período existencial, principalmente, nos últimos sete anos (2017 – 2024). Em 22 anos do calar das armas, considerado de paz, sem o inimigo de estimação: Jonas Savimbi, o MPLA apenas conseguiu acumular…

Leia mais

UCRÂNIA NA CPLP? SERÁ QUE PUTIN DEIXA?

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) é para a Ucrânia uma “importante plataforma” com um peso crescente na cena internacional, uma das razões pelas quais o país apresentou oficialmente em Dezembro de 2023 o pedido para ser Observador Associado. Por Orlando Castro ministro das Relações Exteriores ucraniano, Dmytro Kuleba, numa carta dirigida ao secretário executivo do elefante branco que fala (mais ou menos) português, Zacarias da Costa, com a manifestação formal de interesse daquele Estado em ser observador associado: “O aprofundamento das relações com os países de língua…

Leia mais

ZORRINHO ELOGIA (DES)GOVERNANÇA DO MPLA

O papel de Angola na cooperação, solidariedade regional e promoção do desenvolvimento sustentável foi destacado, em Luanda, pelo co-presidente da Assembleia Parlamentar Paritária (UE), o socialista português Carlos Zorrinho, na abertura da Assembleia Parlamentar Paritária da OEACP-UE. Por Orlando Castro arlos Zorrinho, deputado português, realçou, igualmente, o Acordo de Facilitação de Investimento Sustentável, recentemente assinado entre a União Europeia e Angola, resultante do empenho da organização parlamentar em criar parcerias para o progresso. “É um acordo que incorpora uma visão comum para promover o investimento, o crescimento económico e a…

Leia mais

MOLUSCÓIDE ACÉFALO

Um dos primeiros líderes dos BRICS (bloco de países emergentes este ano presidido pela Rússia) a manifestar-se a propósito da morte (assassinato) do russo Alexei Navalny, o Presidente Lula da Silva, disse que era importante evitar “especulações” e aguardar os resultados da autópsia, desde logo porque ele “morreu porque estava doente”. Por Orlando Castro presidente brasileiro foi claro: “Acho que é uma questão de bom senso (…) Se a morte foi suspeita, é preciso investigar primeiro para saber de que morreu o cidadão. Os peritos forenses vão dizer qual a…

Leia mais