Quem peca a favor do Poder sempre alcança

O arcebispo de Saurimo, Lunda Sul, Dom José Imbamba, apelou hoje, domingo, aos angolanos para optarem pelo diálogo com vista a resolverem os pontos divergentes. Será este o mesmo arcebispo que, recentemente, afirmou que o Presidente da República, João Lourenço, introduziu um novo paradigma de governação, assente na gestão ética, e abriu espaço ao diálogo com as vozes críticas da sociedade e à liberdade de imprensa? Como se vê, é mais fácil um jacaré passar pelo buraco de uma agulha do que um dirigente do MPLA cumprir com as suas…

Leia mais

Liberdade de culto ou islamofobia?

Pelo menos 39 mesquitas foram encerradas pelas autoridades angolanas na província da Lunda Norte, indicou fonte da comunidade islâmica, afirmando que 10.000 muçulmanos estão, há um mês, “sem exercer o direito de culto” no leste de Angola. “I nfelizmente, estão encerradas no total 39 mesquitas. A maior parte foi encerrada em 2018 e este ano foram mais duas. Não estamos a rezar nas mesquitas e estamos impedidos de fazer os cultos”, disse à Lusa o secretário da comunidade islâmica na Lunda Norte, António Muhalia. Segundo o responsável, que considera a…

Leia mais

PNR elogia JLo e defende referendo sobre Cabinda

Para, pessoalmente, terminar – finalmente – a minha trilogia relativa ao caso Jamaica, e simultaneamente, para informarmos os leitores do Folha 8 (quer os de Portugal quer os de Angola) fomos um pouco mais longe, sempre guiados pelo axioma: “A verdade acima de tudo… doa a quem doer”. Por Brandão de Pinho Pois é. Tanto quanto seja do meu conhecimento jamais o PNR (Partido Nacional Renovador) e o seu líder tiveram a oportunidade de fazer passar os seus pontos de vista num jornal de dimensão nacional como é o caso…

Leia mais

Operação Resgate religioso

A Assembleia Nacional de Angola aprovou por unanimidade a nova Lei sobre a Liberdade de Religião, Crença e Culto, diploma legal que define regras para disciplinar a constituição e organização das confissões religiosas. A proliferação das várias igrejas foi alvo de uma atenção especial do Governo a partir de fins de Agosto de 2018 e, no início de Outubro, o executivo do Presidente João Lourenço decidiu extinguir as plataformas ecuménicas no país, cuja criação data de Junho de 2015, para “normalizar o exercício da liberdade da religião, crença e culto”…

Leia mais

Neocolonialismo religioso

O presente texto não visa causar polémica, apenas rememorar a verdadeira história de um local (Santuário da Muxima), cada vez mais emblemático catolicamente. Não foi sempre assim. Custou o pão que o diabo amassou a muitos dos nossos antepassados, por vezes, sob o olhar cúmplice de muitos padres, imbuídos de um nacionalismo extremista. Por William Tonet Os anos passam e o tempo trata de sarar muitas feridas, daí ser mister dizer-se a verdade, ainda que seja dura, pois ela e só ela liberta. Hoje, pegando nos instrumentos da Igreja Católica,…

Leia mais

A identidade religiosa e a independência de África

Nesta época, especial para os cristãos, os povos africanos deveriam reflectir mais, muito mais no valor das suas crenças religiosas, a maioria ainda subjugadas à visão colonial e paternalista ocidental. Por William Tonet (*) Nesse percurso, as nossas crenças antes da colonização, cuja pureza, exclui o diabo, sim, o diabo, por só configurar, nas bíblias orais, o BEM, logo o guardião: Nzambi; Deus; Divino; Todo Poderoso é o único Senhor do céu e da terra. Daí a maior riqueza dos povos africanos, mesmo nas maiores misérias e adversidades continuar a…

Leia mais

Do Natal e demais considerações

O Natal é uma festividade do Hemisfério Norte Ocidental por razões meteorológicas e de calendarização agrícola. É uma festa onde, um bocejo imenso sopra o bafo forte da harmonia, da irmandade entre povos e nações, d’uma certa espiritualidade universal; e na qual o mau hálito dos pensamentos preconceituosos, racistas, xenófobos e chauvinistas é derrogado. Por Brandão de Pinho É uma festa de todos os cristãos sem excepção mas também dos adeptos de todas as outras confissões. Mas de certa forma é uma festa europeia pelo que América, Médio Oriente e…

Leia mais

Igrejas, seitas, Cabinda?
Hum! Porrada “sagrada”

Cerca de 900 igrejas e seitas religiosas foram encerradas em Cabinda entre 6 de Novembro e 12 deste mês no quadro da “Operação Resgate” e da lei que regula o exercício da actividade religiosa. Certamente que, depois da afirmação do advogado e deputado da UNITA, David Mendes (“Estou farto dos portugueses em Angola”), as autoridades poderão fechar – em todo o país – todos os estabelecimentos ligados aos portugueses… Os números foram avançados pelo superintendente da polícia local, José da Mónica Falé, que procedia a um balanço da operação destinada…

Leia mais

Angola no coração

Quando falamos dos que nos são queridos não conseguimos marcar distância. O coração tem sempre razões que a razão desconhece e, por isso, falar de Angola torna-se para mim uma alegria e um risco. Alegria porque lá me sinto em casa, um risco porque nunca sou objectivo quando falo deste país e das suas boas gentes. Por Tony Neves (*) 11 de Novembro faz os angolanos sair à rua. A independência é um direito para todos os povos e, por essa razão, Angola celebra uma liberdade que, até agora, não…

Leia mais

Me Too: Confessar
o nosso machismo

É verdade. Também sou machista, confesso. E se são esmagadoramente machistas todos os nascidos na década de 80 do século passado, jovens, portanto, todos os nascidos anteriores à referida época são naturalmente ainda mais. É assim em Angola, em outros países africanos e também nos outros continentes. Por Sedrick de Carvalho Começo por confessar ser machista porque considero ser importante primeiro reconhecer que nós, homens, somos essencialmente machistas para, com coerência, participarmos com afinco na abordagem que visa desconstruir os mitos, subterfúgios e argumentos em volta do papel submisso das…

Leia mais