Governo mete tudo no mesmo saco

O Governo angolano vai suspender, a partir de quarta-feira, a actividade da rede Record, bem como jornais, revistas, `sites` e rádios sem actividade efectiva nos últimos dois anos após detectar “inconformidades legais”, segundo um comunicado do ministério da tutela. O comunicado do Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS), a que a Lusa teve acesso refere que a empresa Rede Record de Televisão (Angola), Limitada, que responde pela TV Record África, tem como director-executivo um cidadão não nacional. Indica também que os quadros estrangeiros da Record Angola,…

Leia mais

Brasil (re)tira dízimos angolanos à IURD

O embaixador do Brasil em Luanda, Rafael Vidal, afirmou hoje que as questões relacionadas com a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola têm a ver com a crise interna da instituição e não afectam o relacionamento entre os dois Estados. Rafael Vidal disse que tem acompanhado os assuntos que envolvem brasileiros pertencentes à IURD recentemente notificados para abandonar Angola, mas sublinhou que se trata de questões migratórias sobre as quais quem legisla e tem competências é Angola, considerando que o caso não compromete a relação bilateral dos…

Leia mais

“Ponham-se a andar de Angola”, ordena o SME aos funcionários da IURD-Brasil

Cerca de 50 missionários brasileiros da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) foram notificados pelos serviços de migração angolanos para abandonarem o país no prazo de oito dias. Entre eles está o pastor Israel da Silva Gonçalves, e a sua esposa, Maria Gonçalves, de acordo com a Notificação de Abandono do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME). O documento, com a data de 8 de Abril de 2021, refere que foram cancelados os vistos de permanência temporária concedidos aos pastores, bispos e outros missionários “por cessação da actividade eclesiástica…

Leia mais

Brasil fala de relação fraternal de “centenas de anos” com Angola

O embaixador do Brasil em Angola rejeitou hoje a existência de ataques a brasileiros devido à fé na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e reiterou a relação “de alto nível” entre os dois países. Rafael Vidal falava à Lusa na sequência dos incidentes ocorridos este fim-de-semana, junto a catedrais da IURD em Luanda. O caso foi denunciado numa reportagem divulgada pela TV Record (pertencente à IURD), na qual alguns fiéis se queixam de agressões por parte da Polícia angolana e dizem que os religiosos brasileiros estão a ser…

Leia mais

IURD que se cuide. Paulo Mísseis não brinca…

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) lamentou hoje, em declarações à Lusa, que o Governo de João Lourenço tenha, como alega, reconhecido a “legitimidade dos criminosos que cometeram uma série de atentados” contra o grupo neopentecostal em Angola. “O ministro da Cultura, Turismo e Ambiente de Angola, Jomo Fortunato, fez uma declaração xenófoba durante pronunciamento à TV estatal do país, afirmando que os religiosos brasileiros são os responsáveis pelos conflitos que envolvem a Igreja Universal no país. Ele disse, ainda, que o governo angolano decidiu que os invasores…

Leia mais

Com ou sem mandato, vale tudo

A justiça angolana ordenou o encerramento e apreensão de todos os templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, estando o processo de selagem a ser feito “de forma gradual”, disse uma fonte policial. “P or despacho do Ministério Público, todos os templos da IURD em território nacional estão apreendidos e encerrados, só que o processo de selagem está a ser feito de forma gradual”, indicou a fonte, acrescentando que só na capital angolana, Luanda, são 211 templos. A IURD em Angola declarou-se hoje “surpresa” com a…

Leia mais

IURD excomunga PGR

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola repudia “veementemente” as acusações que lhe foram imputadas pela Procuradoria-Geral da República angolana e considerou que a apreensão de catedrais “enferma de ilegalidades” e atenta contra a liberdade religiosa. Eis mais uma diversão para entreter a populaça, também ela vítima da Igreja Universal do Reino do Dinheiro. Na sexta-feira, a Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana apreendeu sete templos da IURD em Luanda, apresentando como matéria de facto a alegada prática dos crimes de associação criminosa, fraude fiscal, exportação ilícita de…

Leia mais

O Diabo que escolha!

A Procuradoria-Geral da República angolana apreendeu sete templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Luanda pela alegada prática dos crimes de associação criminosa, fraude fiscal, exportação ilícita de capitais e outros ilícitos de natureza análoga. Segundo uma nota da Procuradoria-Geral da República (PGR), foram apreendidas as catedrais de Alvalade, Maculusso, Morro Bento, Patriota, Benfica, Cazenga e Viana, sendo instituído como fiel depositário o Instituto Nacional de Assuntos Religiosos, enquanto decorre o processo-crime junto do Serviço de Investigação Criminal. As tensões da IURD em Angola arrastam-se desde Novembro,…

Leia mais

A IURD no seu melhor

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) Angola avançou com nova queixa-crime contra bispos e pastores angolanos, depois do 4.º Cartório Notarial de Luanda atestar como falsa a acta que destituiu a direcção. O anúncio foi hoje feito em conferência de imprensa realizada pela Direcção da IURD Angola, que contou com a presença do vice-presidente da igreja, o bispo António Ferraz, entre outros. Segundo o pastor angolano Alberto Segunda, recentemente tomaram conhecimento que os pastores dissidentes convocaram ilicitamente uma pretensa Assembleia-Geral extraordinária da igreja, na qual foi deliberada a…

Leia mais

E o vencedor será…

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, afirmou que o Estado angolano apenas deve garantir a legalidade no conflito interno da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), salientando que o problema não é político ou diplomático. E porque não é político ou diplomático é que o ministro diz de sua… justiça. Francisco Queiroz, falava após um encontro que reuniu membros do executivo, liderados pela ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, e deputados da sétima Comissão de Cultura, Assuntos Religiosos, Comunicação Social e Juventude…

Leia mais