Ser político é…

Segundo recentes estatísticas, em cada 10 dirigentes do MPLA, 11 sentem-se superiores aos outros. Como se faz para reconhecer um político do MPLA numa livraria? Ele é o que pede o mapa-mundo de Luanda. Qual é a semelhança entre um político humilde, sério, honesto e o Super-Homem? Nenhum dos dois existe… Por Norberto Hossi Política é (ou deveria ser) a ciência da governança de um Estado ou Nação e também – continuamos a teorizar – uma arte de negociação para compatibilizar interesses. O termo tem origem no grego politiká, uma…

Leia mais

Ponham o Galo a voar!

A UNITA, maior partido da oposição que o MPLA ainda permite que exista em Angola, aceitou os cinco candidatos que concorrem à presidência do partido, actualmente liderado por Isaías Samakuva, tendo aprovado as candidaturas de Adalberto da Costa Júnior e de Raul Danda, depois das reservas iniciais. No dia 11 de Outubro, o comité permanente da UNITA anunciou que para passarem no crivo da comissão de mandatos, Adalberto da Costa Júnior teria de apresentar um documento comprovativo da renúncia à nacionalidade portuguesa e Raul Danda teria de confirmar que tinha…

Leia mais

Os intocáveis e os tocáveis (“Operação Marimbondo”)

O suor não escorre em rosto inanimado, mas naquele onde as contracções dos músculos e veias, sentem e gemem a definida desossificação do esforço. Da nascente, caminha em lianas serpentinas destilando cloreto de sódio e ureia em solução, segregada pelas glândulas sudoríparas, quer na face ou no estado-maior da pele; as axilas, produzindo uma mensagem de efeito refrescante. Por William Tonet O combate à corrupção tem de ter norte. Obrigatoriamente, efeito refrescante. Direcção, imperiosamente, imparcial. Objecto concreto e definido, na acção diária do agente e órgãos públicos. Num país com…

Leia mais

MPLA em risco de não ter candidatos às autárquicas

O MPLA, no poder em Angola desde 1975, vai priorizar – 44 anos depois de ser Governo – como candidatos às primeiras eleições autárquicas angolanas, previstas para 2020, mulheres, jovens e quem esteja “limpo” de causar prejuízos ao partido. Ou seja, MPLA não vai ter gente para preencher todos os cargos… A informação foi hoje avançada pelo secretário do Bureau Político do MPLA para a Reforma do Estado, Administração Pública e Autarquias, João de Almeida Martins, no final de um encontro nacional de formação de formadores do partido para o…

Leia mais

A identidade religiosa e a independência de África

Nesta época, especial para os cristãos, os povos africanos deveriam reflectir mais, muito mais no valor das suas crenças religiosas, a maioria ainda subjugadas à visão colonial e paternalista ocidental. Por William Tonet (*) Nesse percurso, as nossas crenças antes da colonização, cuja pureza, exclui o diabo, sim, o diabo, por só configurar, nas bíblias orais, o BEM, logo o guardião: Nzambi; Deus; Divino; Todo Poderoso é o único Senhor do céu e da terra. Daí a maior riqueza dos povos africanos, mesmo nas maiores misérias e adversidades continuar a…

Leia mais

Muitos casos de peculato investigados no Huambo

A Procuradoria-Geral da Pública (PGR) na província do Huambo, centro de Angola, está a investigar 51 processos de crime de peculato (desvio ou roubo de dinheiros públicos), que envolvem, na sua maioria, empresas e funcionários públicos, indicou fonte oficial local. Segundo o procurador provincial do Huambo, Domingos Joaquim, os acusados, que não indicou, deverão receber, em breve, as respectivas acusações. O magistrado do Ministério Público indicou tratar-se de processos mediáticos que envolvem, essencialmente, algumas pessoas colectivas públicas e privadas, bem como funcionários públicos, que tinham como substrato a má execução…

Leia mais

Tolerância zero. Será?

A Administração Geral Tributária (AGT) de Angola está comprometida em não tolerar condutas que manchem a instituição, colocando-se à frente na denúncia de casos, como a recente acção judicial movida contra alguns funcionários, garantiu hoje o presidente do Conselho de Administração da AGT, Sílvio Burity. A defesa da honorabilidade da AGT foi feita por Sílvio Burity à margem da palestra “As administrações tributárias no século XXI”, que assinala o terceiro aniversário da instituição. Em causa está a detenção, em Outubro, de cinco funcionários da AGT por suspeitas de desvio de…

Leia mais

Brincar com assuntos sérios

Como o Folha 8 revelou, uma organização da sociedade civil chamada Friends of Angola (FoA), sedeada nos Estados Unidos da América, difundiu uma brincadeira de mau gosto, a que chamou de “sondagem”, a propósito das eleições previstas para Agosto. Chamar sondagem a uma “coisa” como esta é algo que atenta contra a inteligência das pessoas e em nada prestigia a própria FoA. Além disso, o seu poder de influência pode contribuir para distorcer a verdade política e partidária do país. A FoA foi criada em 2014 para, supostamente, sensibilizar a…

Leia mais