PIIM Pam Pum… viva o MPLA

O plano de intervenção do Governo angolano nos 164 municípios, lançado em Junho passado, conta actualmente (segundo as contas oficiais) com uma execução financeira de 200 milhões de dólares (167 milhões de euros), 10% do orçamento total, e 75 projectos concluídos, foi hoje anunciado. A informação foi transmitida hoje pela coordenadora do grupo técnico do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), Laurinda Cardoso, no final de uma reunião de balanço do grau de implementação da carteira de projectos, em 2020, em que admitiu pontos “fracos e fortes” durante a…

Leia mais

O mandiocal do MPLA

Angola tem uma produção anual estimada em mais de 11 milhões de toneladas de mandioca, sendo hoje o terceiro maior produtor de África, depois da Nigéria e o Gana, e quer apostar na sua transformação em amido. Quer? Não basta querer. É preciso fazer. Em Outubro de 2019 o secretário de Estado da Economia, Sérgio Santos, dizia que Angola era o segundo maior produtor da mandioca em África… Uma nota do Ministério da Indústria e Comércio referiu que o executivo angolano está apostado em criar programas de aproveitamento e agregação…

Leia mais

Contentores básicos substituem cestas básicas

Angola registou uma redução de cerca de 100 milhões de dólares (81,8 milhões de euros) na importação de produtos da cesta básica e outros bens essenciais em Dezembro de 2020, face ao período homólogo. Grande parte da procura da cesta básica foi substituída pela crescente adopção, por parte dos consumidores, do novo sistema de self-service – os caixotes do lixo. A informação consta dos dados relativos à importação de produtos da cesta básica, em Dezembro de 2020, hoje apresentados na reunião do Conselho de Direcção do Ministério da Indústria e…

Leia mais

Revelem-se já os resultados das eleições que ainda estão por realizar

Em Angola haverá eleições (autárquicas e outras) apenas quando o MPLA quiser, mesmo que o país pense de outra forma. A cada dia que passa, João Lourenço e a sua máquina de guerra (o MPLA) mostram que, tal como no tempo de José Eduardo dos Santos, filho de jacaré é jacaré. Ao contrário do que prometera, o Presidente mostrou que não há jacarés vegetarianos. Os angolanos começam a ver que o MPLA não é (nunca foi) uma solução para o problema. É, isso sim, um problema para a solução. Não…

Leia mais

Do CISP ao CIPE sem esquecer o CICP

O ministro do Interior angolano, Eugénio Laborinho, destacou hoje o aumento de 411 câmaras de videovigilância no Centro de Integrado de Segurança Pública (CISP) que, até Novembro, registou 1.085 ocorrências e alargou a sua acção para 32 esquadras. Citando o governante, assim se evitarão, presume-se, os incidente “táctico-policiais” que “lamentavelmente” em que alguns terminaram em mortes de cidadãos e polícias. Eugénio Laborinho, que discursava hoje na cerimónia de comemoração do primeiro aniversário do CISP, considerou que o aniversário da instituição deve servir de reflexão no sentido de avaliar o impacto…

Leia mais

Democracia sim, desde que o MPLA ganhe

A sair de um 2020 penoso, o presidente angolano (não nominalmente eleito, recorde-se), João Lourenço, não terá tarefa fácil em 2021, ano que será supostamente marcado pela pré-campanha eleitoral com um MPLA em quebra de popularidade e desagregado pelas lutas entre facções. A “lourencista”, formada por ex-eduardistas que seguem sempre quem estiver no Poder (caso do próprio João Lourenço) e a “eduardista”, onde estão militantes mais coerentes, o que não significa mais honestos. Com a economia a ressentir-se da incompetência que caracteriza o MPLA há 45 anos e a agravar…

Leia mais

Ladrões bons, ladrões maus

O Presidente angolano, João Lourenço, tem o “rei na barriga” (isto significa presunção, pretensão ou vaidade) e, sob o manto diáfano da popularidade revolucionária, conquistada pelo voto fraudulento de um Povo obrigado a pensar com a… barriga, vai solidificando a sua estratégica posição de “quero, posso e mando” que, por regra, constitui o ADN dos ditadores. Reduzidas a cinzas as esperanças de 20 milhões de pobres, João Lourenço veio dizer-nos que estão programados “encontros ao mais alto nível” com os governos de países com que Angola pretende “intensificar” a cooperação,…

Leia mais

A cesta(ria) básica da PGR

A Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana anunciou hoje que está a “apurar dados para investigar” as denúncias sobre o actual director do gabinete de Presidente João Lourenço, Edeltrudes Costa, que terá sido beneficiado em contratos com o Estado. “Nós estamos também a ver o que se passa para podermos esclarecer devidamente o que é que aconteceu, porque muitas vezes não basta denúncia pública, é necessário que esta denúncia venha acompanhada de mais alguns dados que nos permitam trabalhar com uma certa certeza, quando assim não é temos que ir atrás…

Leia mais

Sou angolano (do MPLA)

Um projecto cultural e filantrópico denominado “Sou angolano, sou da paz e lutarei pela paz”, destinado a promover o patriotismo e a cidadania, foi lançado hoje, sábado, no município de Viana (Luanda), numa iniciativa do músico angolano Chilola de Almeida. Segundo o mentor do projecto, que tem o patrocínio da Câmara de Comércio Angola-China, a promoção do patriotismo e dignificação da identidade nacional, no âmbito dos seus objectivos, será feita por via das artes. Para isso, perspectiva incentivar, por via das artes, a manutenção e conservação da paz, como maior…

Leia mais

Parlatório de… pólvora seca

O ministro do Interior de Angola, Eugénio Laborinho, destacou hoje o novo capítulo que se abre (diz ele) na história do Serviço Penitenciário angolano, com a inauguração do primeiro parlatório virtual, “ferramenta moderna para garantir a efectivação de direitos humanos dos reclusos”. Eugénio Laborinho falava na cerimónia de inauguração do primeiro de vários parlatórios virtuais previstos para cadeias do país, projecto desenvolvido pela Universidade Católica de Angola e financiado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O titular da pasta do Interior frisou que o parlatório virtual apresenta-se…

Leia mais