Matumbos, mas nem tanto!

O Presidente angolano (não nominalmente eleito), Titular do Poder Executivo e líder do MPLA (partido no Poder há… 45 anos), João Lourenço, disse hoje que o seu país (o dos angolanos é outro) tem hoje “uma melhor apreciação da gravidade” da corrupção e afirmou que o seu partido “não tem de que se envergonhar” na luta contra si próprio, ou não fosse o pai e a mãe da corrupção. Por Orlando Castro Durante o seu discurso nas comemorações dos (supostos) 64 anos do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA),…

Leia mais

Acabar com a corrupção seria assassinar o MPLA!

A corrupção é o maior obstáculo às relações comerciais entre Angola e os Estados Unidos da América, Pedro Godinho Domingos, defende o presidente da Câmara de Comércio Americana em Angola, considerando que a visita do chefe da diplomacia norte-americana, Mike Pompeo, vem aproximar os dois países. Antecipando a curta visita do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, a Luanda, na segunda-feira, Pedro Godinho Domingos, considerou que além dos problemas económicos “que resultam da crise financeira que o país atravessa”, a corrupção é o maior obstáculo à atracção de empresas norte-americanas.…

Leia mais

Corrupção é o ADN que une e unirá o MPLA e a Frelimo

O principal arguido num esquema de fraude em Moçambique, em julgamento nos Estados Unidos da América, afirmou que o ex-Presidente moçambicano Armando Guebuza pediu o apoio da empresa Privinvest para a Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo). Como se vê, em Moçambique e em Angola são os mesmos partidos a governar desde as respectivas independências e, é claro, o ADN da Frelimo e do MPLA é o mesmo. Corrupção ao mais alto nível. No depoimento prestado, Jean Boustani, acusado pelos procuradores norte-americanos, afirmou que Armando Guebuza pediu à empresa de…

Leia mais

Não somos um país. Somos
um lugar mal frequentado

Manuel Neto da Costa, ministro da Economia e Planeamento angolano, que como se sabe só agora (ontem ou hoje) regressou ao país, considerou “uma década perdida” o período entre 2007 e 2017, com “momentos considerados de bonança do petróleo”, mas que não foram capazes de assegurar o nível e eficácia das receitas. Recordemos, como introdução e para se ver que Manuel Neto da Costa só agora regressou a Angola, não tendo por isso a mínima responsabilidade nas décadas perdidas, que foi Presidente do Conselho de Administração, Banco de Desenvolvimento de…

Leia mais

Porque não a 27 de… Maio?

O Governo do MPLA anunciou hoje que os resultados dos testes de ADN feitos por três entidades aos restos mortais do fundador e líder histórico da UNITA, Jonas Savimbi, serão divulgados publicamente na próxima segunda-feira. Num comunicado, o executivo angolano refere que, no dia 28, irá entregar oficialmente na cidade do Luena, capital da província do Moxico, os restos mortais de Jonas Savimbi à família, ficando o dia seguinte como “data indicativa” para a cerimónia de inumação. A decisão foi tomada hoje numa reunião da Comissão Multisssectorial para o Processo…

Leia mais

Como o Folha 8 previu, exéquias de Savimbi
só quando o MPLA quiser

As exéquias de Jonas Savimbi, fundador, líder histórico da UNITA e – apesar de morto – inimigo principal do MPLA, previstas para sábado, foram adiadas indefinidamente até que sejam conhecidos os resultados das análises de DNA, garantiu hoje Alcides Sakala, dirigente do maior partido da oposição que o MPLA (ainda) permite em Angola. Segundo o porta-voz da UNITA), Alcides Sakala, nenhum dos três relatórios sobre as análises ao ADN de Savimbi chegou oficialmente à direcção do partido nem à família, pelo que as cerimónias só irão decorrer depois de cruzarem…

Leia mais

MPLA em risco de não ter candidatos às autárquicas

O MPLA, no poder em Angola desde 1975, vai priorizar – 44 anos depois de ser Governo – como candidatos às primeiras eleições autárquicas angolanas, previstas para 2020, mulheres, jovens e quem esteja “limpo” de causar prejuízos ao partido. Ou seja, MPLA não vai ter gente para preencher todos os cargos… A informação foi hoje avançada pelo secretário do Bureau Político do MPLA para a Reforma do Estado, Administração Pública e Autarquias, João de Almeida Martins, no final de um encontro nacional de formação de formadores do partido para o…

Leia mais

O autoritarismo que radicaliza os movimentos

É uma ilusão acreditar num partido que desde a sua chegada ao poder agiu como o alfa e o ómega de Angola, que arroga-se ser o “povo e o povo é o MPLA”, faça uma mudança vertiginosa devolvendo a soberania ao povo e os poderes constitucionais aos respectivos órgãos, pautando por uma postura republicana. Por Sedrick de Carvalho O autoritarismo é a principal característica do MPLA, e isto não pode ser minimizado. Atentos ao conceito de autoritarismo, aquela forma de governação em que se impõe a aceitação exclusiva à autoridade,…

Leia mais

Estão todos no MPLA

O director provincial da Educação e o ex-delegado das Finanças da Huíla, respectivamente, Américo Chicote e Sousa Dala, foram detidos por suposto desvio de mais de 200 milhões de kwanzas, que eram destinados à compra de equipamento de laboratórios para algumas escolas daquela província. Por Orlando Castro Esta história, estas histórias, umas mais expressivas e outras nem tanto, umas envolvendo os donos do aviário mas quase todas visando apenas os pilha-galinhas, apenas nos mostram que a corrupção, ou a simples ladroagem, são o ADN do MPLA, partido que “comprou” Angola…

Leia mais

Política e corrupção unidas destroem o país

Em Angola, o regime, o peculato, a ladroagem e a corrupção, são irmãos siameses. Irmãos nascidos há já muito tempo. No melhor, torna-se desnecessário acreditar numa cirurgia de “separação”, tão caboucada estão as raízes do mal do unanimismo. Por William Tonet Todos os dias emergem novas denúncias, sobre o desvio de fundos, obras subfacturadas, milhões e milhões de dólares transferidos ilegalmente para o estrangeiro. E, na esquina do cinismo governamental, emerge a justificativa do desconhecimento criminoso sobre os montantes desviados e das lavandarias de destino ou de passagem. E como…

Leia mais