JÚ, O COVEIRO DE SERVIÇO

Hoje, mais do que ontem, percebo as razões pelas quais nos mataram, prenderam e denegaram justiça, ao longo de 47 anos, principalmente, no 27 de Maio de 1977, onde o MPLA e Agostinho Neto se convenceram ser os donos de Angola e dos angolanos, ao cometerem um dos maiores crimes de genocídio do mundo, com o fuzilamento. Por William Tonet O membro do bureau político e secretário para os Assuntos Políticos e Eleitorais do MPLA, João Almeida Martins, mais conhecido por Jú Martins extravasou os limites do bom senso, ao…

Leia mais

PARAÍSO CHEGA À MEIA NOITE DO DIA 23…

O candidato do MPLA (partido no Poder desde 1975), também Presidente da República, também Presidente do MPLA, também Titular do Poder Executivo, também Comandante-em-Chefe das Forças Armadas, general João Lourenço, volta a prometer tudo e mais alguma coisa. Em 2017 prometeu o paraíso. Em 2022 volta a prometer. Hoje, no Dundo, Lunda Norte, (re)garantiu a realização de eleições autárquicas. Das promessas anteriores cumpriu algumas, como foi o caso de os anos passarem a ter 12 meses, de só morrerem à fome ou por doença os angolanos que estivessem… vivos. “Devemos…

Leia mais

MPLA APOSTA NOS JOVENS… DANDO-LHES NO “FOCINHO”

O líder do MPLA, partido no poder em Angola há quase 47 anos e candidato às eleições disse hoje, em Luanda, que está atento aos problemas da juventude, a maioria da população angolana e que vai “determinar o curso” da disputa eleitoral. Enquanto isso, as “isentas” e “equidistantes” forças de segurança vão – cumprindo as ordens do general Francisco Furtado – dando no “focinho” a quem critica o MPLA (a UNITA). João Lourenço, que discursou na abertura da 18.ª edição do Campo Nacional de Férias dos Estudantes Universitário (Canfeu), que…

Leia mais

VERGONHA A MENOS, INCOMPETÊNCIA A MAIS

Hoje, no Bié, João Lourenço disse que quer o Caminho-de-Ferro de Benguela a funcionar “com eficiência, como no tempo colonial”. Relembre-se que Angola é governada, desde 11 de Novembro de 1975, pelo MPLA. No dia 8 de Setembro de 2021, o Governo angolano lançou o concurso público internacional para a gestão e manutenção do Caminho-de-Ferro de Benguela, denominado Corredor do Lobito, por um prazo de 30 anos, anúncio feito pelo responsável do sector dos transportes. Como se “sabe”, só a partir 11 de Novembro de 1975 é que Angola passou…

Leia mais

MELHOR DO QUE O MPLA SÓ MESMO O… MPLA

João Lourenço, líder do MPLA, Presidente angolano e Titular do Poder Executivo, candidato a renovar o mandato nas eleições gerais de 24 de Agosto, apelou aos eleitores a votarem no seu partido, o único que dá “garantia de governar Angola”. Explicou que não debate nada com o seu principal adversário, que considera inimigo, Adalberto da Costa Júnior, porque “os debates não põem comida na mesa” e mandou o seu ministro de Estado e Chefe da Casa Militar, general Francisco Furtado, avisar que quem criticar o MPLA “leva no focinho”. “Vocês,…

Leia mais

INTIMIDAÇÃO, MENTIRAS E… GUERRA

O cabeça-de-lista da UNITA às eleições gerais angolanas de 2017, Isaías Samakuva, acusou o MPLA de usar militares para intimidar os eleitores das aldeias, ao “espalharem a mentira” de que se votarem na UNITA regressará a guerra. É uma antiga estratégia que, como deu bons frutos para o regime, volta a ser reeditada em 2022. “Por toda Angola estão a dizer-vos que se votarem na UNITA vai haver guerra. Há grupos, ora de militares ora de civis, a andar pelas aldeias a intimidar o povo. Quem quer fazer mais guerra…

Leia mais

JOÃO LOURENÇO PEDE AJUDA A EDUARDO DOS SANTOS

João Lourenço, o recandidato do MPLA às eleições gerais de 24 de Agosto, sempre acompanhado pelo Presidente da República e pelo Titular do Poder Executivo, apelou hoje aos angolanos a votarem no partido que está no Poder há 46 anos para vencer o acto eleitoral, justificando que é “a melhor forma de honrar a memória do presidente José Eduardo dos Santos” a quem, durante o primeiro mandato, tratou por marimbondo e apunhalou pelas costas. João Lourenço, líder do MPLA, começou hoje o seu discurso de lançamento da campanha eleitoral, em…

Leia mais

MANDELA, EDUARDO DOS SANTOS E… O TAL

O antigo Presidente da República sul-africano, Nelson Mandela, que nasceu a 18 de Julho de 1918, exortou vezes sem conta a Humanidade a criar um mundo melhor, com mais justiça e liberdade para todos. Pois. Seria bom. Seria sim senhor… João Lourenço. O ex-presidente e Nobel da Paz, que passou 27 anos nas cadeias sul-africanas por ousar resistir ao regime de minoria branca, afirmou também por inúmeras vezes que “está nas nossas mãos criar um mundo melhor para todos os que nele vivem”. Recordam-se que José Eduardo dos Santos enfrentou,…

Leia mais

VELÓRIO (E FUNERAL) ELEITORAL DO MPLA

O presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, aconselhou o Governo do MPLA a tirar do plano público a “má imagem de conflitualidade” devido às divergências sobre o funeral de José Eduardo dos Santos, que são consequência da perseguição que moveu contra o ex-presidente de Angola. Angola observa hoje o último dos sete dias de luto nacional em homenagem ao antigo chefe de Estado, que morreu na passada sexta-feira em Barcelona, permanecendo a incerteza sobre a trasladação do corpo, uma vez que alguns dos seus filhos se opõem a um…

Leia mais

ONDE ANDAVA V. EXA. SR. PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO?

O ex-presidente angolano, José Eduardo dos Santos, pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) para ser ouvido no âmbito do processo contra os generais “Dino” e “Kopelipa” na sua última deslocação a Angola, acabando por prestar um depoimento escrito face à ausência de resposta. O antigo presidente José Eduardo dos Santos regressou a Luanda em 14 de Setembro do ano passado, depois de mais de três anos de ausência, e aí permaneceu cerca de seis meses, voltando em 7 de Março passado para Barcelona, cidade espanhola onde vivia numa espécie de…

Leia mais