Lavadores ao serviço da mentira

Os Estados membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) celebram hoje o Dia da Libertação da África Austral. A data, instituída pela organização regional, em 2018, assinala – segundo os ensinamentos de Joseph Goebbels, o guru do MPLA – a vitória das então Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA) e das tropas cubanas sobre o exército racista sul-africano, na batalha sangrenta do Cuito Cuanavale, no Cuando Cubango. Em entrevista ao Pravda do MPLA (Jornal de Angola), o embaixador da Namíbia em Angola, Patrick Nandago, reconheceu o…

Leia mais

Vitória do MPLA só na… “playstation”

Os países membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) comemoram, amanhã, o Dia da Libertação da África Austral, data dedicada à Batalha do Cuito Cuanavale (Província do Cuando Cubango). O MPLA continua a mentir. Mas, 31 anos passados, ainda não conseguiu fazer com que a repetição sistemática da mentira a transformasse em verdade. Por Orlando Castro O Governo do MPLA, que está no poder desde 1975, continua a fazer de todos nós uns matumbos e, por isso, teima em mandar enxurradas de mentiras contra a nossa chipala. Em…

Leia mais

A razão dos doentes angolanos em Portugal

A manifestação realizada a dia 5 de Março de 2021 pelas 10.30 horas, junto à Embaixada de Angola em Lisboa, teve como objectivo apelar à permanência dos doentes angolanos da Junta Médica em Portugal. Por Kissamá de Castro (*) Esta manifestação surge no seguimento de uma carta enviada ao Embaixador de Angola em Portugal, Dr. Carlos Fonseca, manifestando a insatisfação dos doentes angolanos em Portugal. Perante a descortesia da nossa Ministra da Saúde, Dra. Sílvia Lutucuta, e o silêncio jocoso do nosso Embaixador de Angola em Portugal, manifestamos a nossa…

Leia mais

Presidente mente e valida mentiras da Polícia

O Presidente angolano, João Lourenço, falou hoje, pela primeira vez, sobre o massacre em Cafunfo, condenando o que sabe ser uma monumental mentira (“acto de rebelião”, como lhe chamaram os algozes da Polícia), mas garantindo também que serão responsabilizados os polícias que terão “praticado actos considerados desumanos”. Por Orlando Castro Um mês depois dos acontecimentos violentos, que, segundo a versão oficial, causaram seis mortos durante uma alegada invasão de uma esquadra, mas que testemunhas locais e organizações locais da sociedade civil (Igreja Católica incluída) e internacionais (como a Amnistia Internacional…

Leia mais

As lixeiras dos lixeiros do re(i)gime

Angola (país governado há 45 anos pelo mesmo partido, o MPLA) está a perder anualmente 576 milhões de euros, por não valorizar as 6,3 milhões de toneladas de lixo produzidas por ano em todo o país, metade das quais só em Luanda, reconhece o próprio Governo. O ministro da Economia e Planeamento, Sérgio Santos, anunciou hoje aos jornalistas no final da reunião da Comissão Económica do Conselho de Ministros, orientada pelo Presidente da República, Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, que foi aprovado um projecto de…

Leia mais

Marcelino da Mata treinou as FAA

O MPLA escolheu um dos seus mais emblemáticos sipaios, na circunstância o ex-ministro da Comunicação Social, João Melo, para atacar, depois de ter morrido, o tenente-coronel comando português, Marcelino da Mata, o militar mais condecorado de toda a história das Forças Armadas Portuguesas. Esqueceram-se de dizer que Marcelino da Mata esteve, em 1993, a dar instrução militar, em Angola, aos comandos da FAA/FAPLA… Vejamos algumas das afirmações de João Melo: «- Não pude deixar de ficar estupefacto com a “normalização”, voluntária ou involuntária, que tanto o governo como o Presidente…

Leia mais

Da amnésia do MPLA à memória do Folha 8

Empossado como terceiro (nenhum foi nominalmente eleito) Presidente da República de Angola a 26 de Setembro de 2017, João Lourenço prometeu logo em Novembro combater o ADN do seu partido, o MPLA. Isto é, a corrupção. Resultados procuram-se. Alguns, poucos, mostraram-se cépticos e afirmaram que era impossível haver em Angola jacarés vegetarianos. Foi o nosso caso. A cada dia que passa mais razão o Folha 8 tem. “Sei que existem inúmeros obstáculos no caminho que pretendemos percorrer, mas temos de reagir e mobilizar todas as energias para que esse cumprimento…

Leia mais

Eu minto, logo existo!

Alisa Strobel , a analista da consultora IHS Markit que segue Angola diz que o país deve ter registado uma contracção de 6,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, alertando que o kwanza deve continuar a depreciar-se. A subir bem está, contudo, a demagogia político-governativa do MPLA. “A IHS Markit desceu a previsão sobre a evolução da economia depois da queda de 40% da actividade no sector da construção durante o segundo trimestre do ano passado, que contribuiu para que o PIB deva ter caído 6,5% em 2020”, disse…

Leia mais

Mas, afinal, existem pobres em Angola?

Num artigo publicado no “Vatican News”, lê-se que “o foco no pobre permanece uma prioridade da igreja, disse nesta segunda – feira (21/12) o arcebispo de Luanda e presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), D. Filomeno do Nascimento Viera Dias, no acto de cumprimentos de Natal e ano novo”. “O foco no pobre permanece uma prioridade, devemos pensar juntos o que podemos fazer por eles, de forma organizada, sistematizada e programada, cada um pense qual o lugar do pobre na sua vida e no seu carisma…

Leia mais

Francisco Joseph Queiroz Goebbels

A candura recente do Governo só convence os incautos ou, é claro, todos os que têm o cérebro com ligação directa, e exclusiva, ao Comité Centra do MPLA. Recordemos, por exemplo, que duas dezenas de jovens activistas manifestaram-se no dia 27 de Maio de 2018 na Praça da Independência, centro de Luanda, exigindo respostas para o massacre de milhares de angolanos, em 27 de Maio de 1977, protesto travado poucos minutos depois com a civilidade táctico-policial da equipa de Eugénio Laborinho. A democracia, a liberdade e as leis “made in…

Leia mais