Quando o MPLA é o paizinho

O candidato às eleições presidenciais guineenses, Domingos Simões Pereira, acusou hoje, em Luanda, o chefe de Estado do Senegal de querer impor à força na Guiné-Bissau o Presidente que ele apoia, tal como fez na Gâmbia. E foi por isso que veio fazer “queixinhas” ao MPLA. Em declarações aos jornalistas, em Luanda, após uma audiência com o Presidente angolano, João Lourenço, Simões Pereira referiu que o Presidente senegalês, Macky Sall, “assumiu num ‘tweet’ pessoal que a CDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental) deveria mobilizar as forças para impor…

Leia mais

É preocupante o aumento de preços devido ao IVA

O Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) angolano admitiu hoje que continua “preocupante” a situação do aumento de preços, que se verifica no país desde a aplicação do Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA), no princípio do mês. Como o Governo garante que isso não é possível, não será oportuno o Presidente da República exonerar o Titular do Poder Executivo? De acordo com o chefe de departamento de apoio ao consumidor e de resolução de litígios, Wuassamba Neto, de 1 a 25 deste mês, o instituto recebeu 1.155 denúncias de…

Leia mais

Fraccionista Tchizé na
linha de fogo do MPLA

A deputada do MPLA ‘Tchizé’ dos Santos, filha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos, disse desconhecer qualquer processo disciplinar que lhe tenha sido movido pelo partido, falando de “jogada política”, e disse estar a ser ameaçada. O MPLA é mesmo isto. Pouco mais do que uma seita (grupo organizado que tem ideias ou causas em comum). Na quarta-feira, o órgão oficial do MPLA, Jornal de Angola, noticiou que a Comissão de Mandatos, Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Nacional agendou, para o início do mês de Setembro, uma audição…

Leia mais

Agentes prisionais “fogem” para o SIC

Devido aos problemas existentes nos Serviços Prisionais, efectivos da Unidade Especial de Intervenção (UESI), denominação que substituiu o Destacamento Especial dos Serviços Prisionais (DESP), estão a inscrever-se no concurso interno promovido pelo Ministério do Interior para preenchimento de vagas no Serviço de Investigação Criminal (SIC). Por Sedrick de Carvalho Actualmente com cerca de 800 agentes, a UESI tem passado por várias dificuldades desde a gestão considerada danosa do ex-director nacional António Fortunato (foto), acusado por efectivos de ter desfalcado os cofres da instituição, de tal modo que até o seu…

Leia mais

Brincar às… notificações

O procurador-geral da República de Angola, Hélder Pitta Grós, disse hoje, em Luanda, que a empresária Isabel dos Santos foi notificada para prestar esclarecimentos em dois processos-crimes, um em que é acusada e outro em que é a queixosa. Em causa está o envio de uma notificação da PGR à Isabel dos Santos, para prestar esclarecimentos sobre a sua gestão enquanto responsável máxima da Sonangol, concessionária angolana de hidrocarbonetos, e de um outro processo em que a mesma acusa o seu substituto, Carlos Saturnino, de difamação. Questionado pela agência Lusa,…

Leia mais

“Crise interna está a ser esquecida aos poucos”

O Conselho Presidencial da CASA-CE aprovou hoje a estratégia daquela coligação angolana para o processo autárquico 2018-2020, garantindo que a crise interna “faz parte do passado” e que “está a ser esquecida aos poucos”. “Nós agora começamos a olhar para o futuro, o passado que vivemos, a semana passada, está a ser esquecido aos poucos. Como podem reparar, estamos nesta reunião com os presidentes dos partidos políticos e nós somos uma organização heterogénea”, disse Lindo Bernardo Tito, um dos vice-presidentes da coligação. A oitava reunião ordinária do Conselho Presidencial da…

Leia mais

Se quando reage é assim,
o que será quando agir?

A multimilionária empresária Isabel dos Santos continua de “kalashnikov” engatilhada e sempre que lhe cheira a jornalistas carrega no gatilho. Nesta matéria está em grande forma. Os seus conselheiros, portugueses mas não só, estão atentos e porque são bem pagos até a aconselham a disparar primeiro e perguntar depois. No entanto, reconheça-se, Isabel dos Santos ainda está na fase de reagir e não de agir. Tem reagido com força mas também com qualidade. E se as coisas agora ameaçam descambar, o que acontecerá quando ele decidir mesmo agir? Será que…

Leia mais

No Constitucional só passa o que é do patrão

O Tribunal Constitucional do MPLA chumbou hoje o recurso apresentado pela CASA-CE, concorrente às eleições gerais de 23 de Agosto, para a impugnação dos resultados eleitorais definitivos. Nada que já não se calculasse, tão clara é a “lei” que determina que tudo quanto ponha em causa o MPLA é mandado para as latrinas do regime. O acórdão deste tribunal do MPLA, divulgado hoje, considerou improcedente o requerimento da segunda maior força política angolana, “por não terem sido provadas as alegações da recorrente ou factos e irregularidades da votação atribuídos”. No…

Leia mais

Juízes fora de validade são donos da justiça no reino

O Tribunal Constitucional angolano indeferiu a admissão de um recurso da CASA-CE para reapreciação do pedido de impugnação à divulgação dos resultados provisórios das eleições gerais de 23 de Agosto. Recorde-se que sete dos onze juízes do Tribunal Constitucional, incluindo o seu presidente, estão com os mandatos expirados pois tomaram posse em 2008 para um mandato de sete anos não renovável… No acórdão da decisão, tomada em plenário do Tribunal Constitucional, os juízes indeferem a admissão do recurso da CASA-CE alegando que a “decisão impugnada é definitiva, transitou em julgado…

Leia mais

Deixem de chatear a virgem sucursal eleitoral do MPLA

A sucursal eleitoral do MPLA (Comissão Nacional Eleitoral – CNE) declarou hoje – reeditando as ”ordens superiores” que tem repetido insistentemente, improcedentes as três reclamações apresentadas por partidos concorrentes às eleições gerais angolanas de 23 de Agosto, que acusa de estarem a “agir de má-fé”. As respostas às reclamações apresentadas, na terça-feira – duas pelo partido UNITA e uma conjunta pela UNITA, CASA-CE, PRS, FNLA e APN – foram supostamente analisadas em plenário, que considerou – de acordo com o prévio veredicto do MPLA – tratarem-se de “manobras dilatórias”, uma…

Leia mais