Buracos comeram as estradas

A Sonangol, petrolífera estatal angolana, rejeitou hoje que exista falta de combustível em algumas províncias do país, entre as quais Zaire, Lunda Norte e Lunda Sul, atribuindo a dificuldade em repor alguns produtos ao mau estado das estradas. Por outras palavras, dificuldades em repor não significa falta… Em declarações emitidas pela rádio pública de Angola, o porta-voz da Sonangol, Dionísio Rocha, referiu que o ciclo de importação de combustíveis está a funcionar de acordo com as previsões da empresa, garantindo que há combustível suficiente para o país, país suficiente para…

Leia mais

Vão comer-se uns aos outros

A justiça suíça condenou um ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal (só podia!), por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol, num total de 6,8 milhões de euros entre 2005 e 2008. O MPLA nunca deixou os seus créditos por corrupções alheias… Vários dirigentes da companhia petrolífera do MPLA (Sonangol) foram subornados com centenas de milhões de dólares por parte de uma companhia holandesa envolvida em operações de apoio à exploração de petróleo no off-shore angolano, revelam documentos da procuradoria federal suíça agora divulgados, Os…

Leia mais

Volta Isabel. Estás perdoada!

O Cedesa, centro que estuda assuntos económicos e políticos de Angola, defende a privatização de 33% da petrolífera angolana Sonangol e uma nova estratégia para a empresa, considerando o actual plano de recuperação insuficiente para torná-la lucrativa. Só falta gritar: “Volta Isabel, estás perdoada”. “E m relação à Sonangol, entende-se que não é suficiente e não é a melhor ideia apenas focá-la no petróleo. A reforma da companhia tem de ser mais ambiciosa e com visão de futuro”, afirma o Cedesa, numa análise à situação da empresa estatal (leia-se do…

Leia mais

Antes, seis por meia dúzia.
Hoje, meia dúzia por seis…

A petrolífera estatal angolana (do MPLA) Sonangol anunciou que vai construir um centro de investigação científica e inovação para ajudar a identificar projectos estratégicos para a empresa. Então pergunta-se: O que foi feito dos 175 milhões de dólares que a BP e a Cobalt entregaram à Sonangol, em 2011, para a construção de um centro de investigação e tecnologia? A construção deverá ter início em 2021 e ser concluída em 2022, sendo implantada nas proximidades do Instituto Nacional de Petróleos e do Instituto Superior de Petróleos, na cidade do Sumbe…

Leia mais

Quem com ferro mata…

A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola anunciou hoje a apreensão de mais imóveis do empresário Carlos Manuel de São Vicente, actualmente detido na cadeia de Viana (Luanda), incluindo um que servia de escritório ao antigo presidente da Sonangol, e vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente. Segundo um comunicado do Serviço Nacional de Recuperação de Activos da PGR foram apreendidos o Edifício Adli e Thyke Hotel (Tower) em Luanda, um imóvel adjacente ao terminal da transportadora rodoviária Macon, nas imediações do centro de sinistros do grupo AAA e os edifícios…

Leia mais

Orgia em fascículos

O ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, negou ter-se apropriado de 193 milhões de euros da Sonangol, como denunciou Mário Leite da Silva, antigo gestor de Isabel dos Santos, e apelida a acusação de “indecorosa manobra de diversão”. O antigo assessor da empresária Isabel dos Santos na Sonangol, Mário Leite da Silva, queixou-se junto de reguladores internacionais sobre um “contrato falso” que terá lesado a petrolífera angolana em 193 milhões de euros em 2005, dizendo que o documento faz parte do processo judicial de arresto de bens de Isabel dos Santos,…

Leia mais

A dieta da… galinha

Os lucros da Sonangol, a galinha dos ovos de ouro do Estado/MPLA, recuaram em 2019 para 125 milhões de dólares (106 milhões de euros), cerca de metade do valor registado em 2018, segundo o relatório e contas da petrolífera estatal angolana hoje divulgado. Num comunicado hoje divulgado no seu site, a Sonangol adianta ainda que os resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA, na sigla em inglês) se fixaram em 4.779 milhões de dólares (4.067 milhões de euros), mais 10% do que no exercício anterior “fruto da estabilização…

Leia mais

Em vez de ser aos poucos, morramos de uma só vez

O presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Sebastião Pai Querido Gaspar Martins, disse hoje, em Luanda, que está concluído o trabalho técnico para a retirada de subsídios aos combustíveis, cabendo agora a decisão final ao governo. O aumentou do preço dos combustíveis vai ajudar à implosão da vida dos angolanos. Os subsídios custam à petrolífera do Estado cerca de 1,6 milhões de euros anuais e sua estrondosa actualização é uma questão na ordem do dia há alguns anos. “Todo o trabalho técnico está feito e agora cabe a concertação…

Leia mais

A verdade da mentira?

Isabel dos Santos diz (e é verdade) que “irritou muita gente” ao anular contratos que, no seu entender, lesavam a Sonangol e revelou que as contas bancárias com muito dinheiro de pessoas ligadas à petrolífera do regime (MPLA) não surpreendem, como é o caso da seguradora AAA. A filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos, que foi presidente do Conselho de Administração (PCA) da Sonangol durante cerca 18 meses e é arguida por alegada má gestão e desvio de fundos na petrolífera, falava à rádio MFM numa entrevista centrada nos…

Leia mais

A máquina da corrupção

Todos sabem que a Sonangol é (desde a sua fundação) a fonte de diversos esquemas de corrupção para financiar toda a alta cúpula política e económica do país (exclusivamente do MPLA) e que não está nem um pouco preocupada com o bem-estar do povo angolano. Isto escreveu o Folha 8 sobejas vezes, uma das quais em 16 de Agosto de 2017, num texto cujo título era: «MPLA sustenta a bomba atómica da corrupção». Um político corrupto causa mais estragos para um povo do que uma bomba atómica. E quando um…

Leia mais