E dura, e dura e dura…

Ultimamente, não sei se pela influência do calor estival, aqui no Hemisfério Norte, claro incentivador de uma modorra interminável, a verdade é que sempre que pego na caneta para escrever umas linhas sobre Angola, vai-se me a vontade. Por Carlos Pinho (*) Começa a não haver pachorra para a incompetência, preguiça e desonestidade contumazes dos dirigentes do país. Sejam quais forem os níveis directivos de que estejamos a falar. Por isso, e a contragosto, porque sou uma animal de Verão, ou não tivesse nascido em Angola, o fresquinho das poucas…

Leia mais

Bessa e Vera na gamela de roubo milionário de 500 milhões de dólares?

A vida política partidária exige dos seus agentes, decoro, ética e sentido de dever, principalmente, se no acaso, forem chamados ao exercício de funções, nos órgãos de soberania. Aqui chegados, a partidocracia ideológica deve, imediatamente, fazer emergir a cartilha de serviço público. Infelizmente, o regime, desde 1975-2021, anda em sentido contrário, exclusivamente, com um projecto de poder, assente na ladroagem institucional… Por William Tonet O roubo continua em grande escala! A corrupção, também! Nada mudou, com João Lourenço, desde a sua ascensão em 2017, pelo contrário, tudo piorou; mais despesismo,…

Leia mais

Máfia da madeira. E de quem é a culpa?

Segundo o governador da província do Cuando Cubango, Júlio Bessa, há uma máfia na exploração da madeira, que envolve cidadãos nacionais e de origem asiática. É algo de novo? Não. E o que faz o Governo? Para não variar, olha para o lado e diz que está a preparar um regulamento, e assobia para embalar os matumbos. “De facto está instalada uma máfia na madeira, que está muito ramificada e que passa por nós angolanos e vai terminar em pessoas oriundas da Ásia e não se sente aqui uma vontade…

Leia mais

Se não fosse o MPLA o que seria dos EUA?

O Chefe de Estado angolano, João Lourenço, vai ser amanha homenageado, em Washington (EUA), pela Fundação Internacional para a Conservação do Ambiente (ICCF), pelo envolvimento em iniciativas de defesa ambiental, refere – é claro – uma nota da Secretaria de Imprensa do Presidente da República que substitui os jornalistas nesta deslocação. Na gala de homenagem da ICCF o Presidente João Lourenço irá puxar dos seus galões e, na presença de altas figuras da política local e internacional, com realce para a presença do homólogo colombiano, Iván Duque Márquez, e congressistas…

Leia mais

Há muito que (só) falta pouco para quase

O navio oceanográfico angolano “Baía Farta” realiza nos próximos dias a sua primeira avaliação dos recursos pesqueiros no norte de Angola, anunciou a secretária de Estado angolana para as Pescas, Esperança Costa. “Felizmente poderemos, nos próximos meses, contar com a operacionalização do navio de investigação científica “Baía Farta” que iniciará, nos próximos dias, o seu primeiro cruzeiro de demersais [peixes que vivem no fundo do mar] na parte norte de Angola”, disse Esperança Costa, durante o encerramento da conferência “Economia do Mar – Potencialidades da Indústria Marinha e Pesqueira Nacional”,…

Leia mais

Milhões de euros para combater a caça furtiva que é mantida por… generais

O Governo angolano apresentou hoje um projecto sobre o combate à caça furtiva, com orçamento inicial de mais de 4,1 milhões de dólares (3, 4 milhões de euros), visando travar o “preocupante fenómeno que persiste” no país. A prática da caça furtiva em Angola conta com “certa protecção especial dos órgãos que garantem a ordem e segurança pública” e é promovida por “comandantes provinciais, segundos comandantes, oficiais e generais”. O “Projecto sobre o Combate ao Comércio Ilegal da Vida Selvagem e ao Conflito entre o Homem e o Animal em…

Leia mais

Luanda está “lixada” e o Povo também

Cerca de 30 jovens participaram hoje num protesto contra a falta de soluções para o lixo na cidade de Luanda, alertando para os riscos para a saúde pública e pedindo soluções sustentáveis e de longo prazo. Há 45 anos que o MPLA mostra do que é capaz. Embora os especialistas externos lhe digam para deixar a porta aberta, o MPLA acha que a solução é deixar a Berta à porta… “Venda de lixo é bom negócio”, dizia o Jornal de Angola em 16 de Setembro de 2012. “Isto é um…

Leia mais

Vejam (apenas e só) a TPA!

Os canais da televisão portuguesa SIC vão deixar de ser emitidos pela DStv em Angola a 15 de Outubro de 2020, anunciou a plataforma, em mensagem aos clientes, informação confirmada à Lusa por fonte oficial da estação portuguesa. “A DSTV informa que a SIC Internacional África e SIC Notícias deixarão a nossa plataforma a partir de 15 de Outubro”, lê-se na mensagem enviada a todos os clientes pelo serviço de televisão satélite da empresa sul-africana MultiChoice. Fonte oficial da SIC confirmou a informação, por email, mas sem mais detalhes. Uma…

Leia mais

A sociedade que comprou Angola

Durante a reunião do Comité Central do MPLA que decorreu em Novembro de 2009, em Luanda, o Presidente José Eduardo dos Santos resumiu os desafios actuais do partido em três questões fundamentais, a fiscalização do governo, a irresponsabilidade dos governantes e o combate à corrupção, com a instauração de uma política de tolerância zero. Nesta investigação, abordo a transferência de património do Estado para a iniciativa privada do MPLA, através da GEFI – Sociedade de Gestão e Participações Financeiras, e os efeitos dessa ocupação mercantilista. Por Rafael Marques de Morais…

Leia mais

Mais 355 milhões para a Mota-Engil

A Mota-Engil assinou um contrato em Angola, no valor de 298 milhões de euros (355 milhões de dólares) para a reabilitação e construção de estradas, de acordo com um comunicado hoje publicado. O contrato, assinado pela subsidiária do grupo português em Angola, é uma parceria, em partes iguais, com a empresa angolana Omatapalo e abrange “a reabilitação da EN 230 entre as localidades de Muamussanda na Província da Lunda Norte e Saurimo na Província de Lunda Sul numa extensão de 267 quilómetros”. Além disso, está incluída “a construção da nova…

Leia mais