Quando o MPLA é o paizinho

O candidato às eleições presidenciais guineenses, Domingos Simões Pereira, acusou hoje, em Luanda, o chefe de Estado do Senegal de querer impor à força na Guiné-Bissau o Presidente que ele apoia, tal como fez na Gâmbia. E foi por isso que veio fazer “queixinhas” ao MPLA. Em declarações aos jornalistas, em Luanda, após uma audiência com o Presidente angolano, João Lourenço, Simões Pereira referiu que o Presidente senegalês, Macky Sall, “assumiu num ‘tweet’ pessoal que a CDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental) deveria mobilizar as forças para impor…

Leia mais

Por falar em golpe de Estado!

O líder do Parlamento da Guiné-Bissau, Cipriano Cassamá, voltou hoje a exortar os dirigentes do país para tudo fazerem no sentido de acabarem os golpes de Estado, para que se possa promover a justiça social. C ipriano Cassamá falava em representação do Presidente guineense, José Mário Vaz, nas comemorações dos 56 anos do massacre de Pindjiguiti, feriado nacional que assinala o assassínio de marinheiros da então Casa Gouveia, que reclamavam aumentos salariais. Há dados contraditórios sobre o número de marinheiros mortos no que ficou conhecido como o massacre de Pindjiguiti,…

Leia mais

PAIGC prepara festa em Bissau

O PAIGC, partido no poder na Guiné-Bissau, vai organizar um conjunto de actividades populares na capital para festejar o primeiro aniversário do Governo, a 4 de Julho, disse hoje fonte daquela força política. A s estruturas regionais do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) estão a mobilizar a população e espera-se igualmente a participação de “outros partidos” e organizações de fora da esfera partidária, acrescentou. O programa que está a ser preparado vai incluir diversas actividades culturais ao longo do dia. Um apelo à participação na…

Leia mais

PRS mantém-se no Governo guineense

PRS mantém-se no Governo guineense - Folha 8

O Partido da Renovação Social (PRS), segunda maior força no Parlamento da Guiné-Bissau, vai manter-se no Governo do país apesar de posição contrária de vários dirigentes, revelou o porta-voz do partido, Vítor Pereira. Adecisão de manutenção dos seis membros do PRS no Governo (três ministros e outros tantos secretários de Estado) foi tomada na reunião do Conselho Nacional do partido- Segundo Vítor Pereira, porta-voz do partido fundado pelo falecido ex-presidente guineense Kumba Ialá, os conselheiros votaram “de forma unânime” pela manutenção no governo do Partido Africano da Independência da Guiné…

Leia mais

Amílcar Cabral e a luta de libertação

“Os Movimentos de Libertação e o 25 de Abril” é o nome do colóquio que o edifício dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal (Portugal) acolhe no dia 30 de Setembro. A iniciativa relembra o histórico fundador e líder do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e conta com a presença de Luísa Teotónio Pereira, do Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral (CIDAC), Ângela Coutinho, investigadora de História Contemporânea, e Sérgio Ribeiro, economista. Nascido na Guiné e educado em Cabo Verde, Amílcar Cabral…

Leia mais