Golpe legal para ver o que dá

A UNITA, o maior partido da oposição que (não se sabe por quanto tempo) o MPLA ainda permite em Angola, recebeu hoje “com surpresa” o anúncio do Presidente João Lourenço para avançar com uma revisão pontual da Constituição da República, temendo o adiamento das eleições gerais, previstas para 2022. A posição foi hoje expressa pelo líder da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, salientando que a proposta constitui “uma evolução inédita” no pensamento de João Lourenço, pois a ideia de revisão, recentemente apresentada pelo partido tinha sido rejeitada, por considerar que…

Leia mais

“Golpe de estado” na IURD

Um grupo de pastores angolanos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) tomou hoje a direcção de vários templos, incluindo 30 em Luanda, rejeitando “qualquer tipo de negociação” com a ala brasileira, disse à Lusa um dos dissidentes. Segundo o pastor Silva Matias, em Novembro de 2018 foi feita a denúncia de vários crimes praticados pelos cerca de 200 bispos e pastores brasileiros em Angola contra os angolanos e o Governo de Angola, o que culminou na decisão de hoje. Silva Matias sublinhou que, apesar de estar em curso…

Leia mais

Réquiem pela Guiné-Bissau

Sissoco Embaló tomou simbolicamente posse como Presidente, demitiu o primeiro-ministro. Militares retiraram funcionários da rádio e TV públicas. Enquanto isso a CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) está a pensar se deve pensar, para pensar se pensar em agir é um pensamento que merece ser pensado. Militares guineenses retiraram esta sexta-feira os funcionários da rádio e da televisão públicas da Guiné-Bissau e ordenaram a suspensão das emissões, disse um jornalista, depois de o primeiro-ministro do país, Aristides Gomes, ter afirmado nas redes sociais que as instituições do Estado estão…

Leia mais

“Cavalo de Tróia” da Rússia
em Angola chama-se Isabel

Tanto quanto parece, Vladimir Putin não só encostou João Lourenço à parede como o chantageou. No epicentro da estratégia do Presidente da Rússia estará a “rainha”, também russa mas igualmente angolana, Isabel dos Santos. Neste xadrez, terá o Presidente do MPLA capacidade para responder ou, apenas, tentará jogar para uma derrota condigna, eventualmente um empate? Por Orlando Castro Ao juntar Isabel dos Santos e João Lourenço no mesmo evento, a Cimeira Rússia-África, e depois de ter dado a ribalta mediática à empresária no Fórum Económico Internacional de São Petersburgo, Vladimir…

Leia mais

Entre génios e néscios o MPLA nunca teve dúvidas

2015. Os activistas detidos em Luanda, acusados de conspiração, queriam provocar uma intervenção da NATO em Angola que conduzisse ao derrube do Presidente José Eduardo dos Santos. Nem mais nem menos. Quem disse tal barbaridade? Ora quem haveria de ser? Nem mais nem menos do que o então embaixador itinerante do regime e hoje embaixador de João Lourenço na Guiné-Equatorial, António Luvualu de Carvalho. O rapaz estava desesperado e disparava em todos os sentidos. Na altura, ainda com o fantasma de José Eduardo Agualusa entalado na garganta, que lhe valeu…

Leia mais

“Razões de peso” na (in)consciência?

O Presidente angolano, igualmente Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, afirmou hoje que a anulação do concurso para a construção da marginal da Corimba (Luanda), por si decretada na sexta-feira, teve na base “razões de peso”, sublinhando, porém, que a obra vai avançar. Será “peso” na consciência por, enquanto vice-presidente do MPLA e ministro de José Eduardo dos Santos, estar sempre de acordo com tudo? Falando aos jornalistas à margem da abertura do “Presidential Golf Day”, que decorreu no Campo dos Mangais, na Barra do Kwanza,…

Leia mais

Quero, posso e mando

O líder do MPLA, partido no poder em Angola desde 1975, disse hoje, em Luanda, que não haverá uma nova Lei de Amnistia para os crimes previstos nas duas leis de repatriamento de capitais aprovadas em 2018. Presume-se que, nesta matéria, o Presidente do MPLA, João Lourenço, conte com o total apoio do Titular do Poder Executivo e do Presidente da República… João Lourenço discursava na abertura da VII sessão do Comité Central do MPLA, que hoje finge discutir, entre outros temas, o alargamento do número de membros daquele órgão…

Leia mais

Bichanos miam, miam,
mas a caravana… passa

O líder (ou ex-líder segundos os miaus da oposição interna) da coligação angolana CASA-CE, Abel Chivukuvuku, exonerado da presidência por cinco dos seis partidos da coligação, disse hoje que tomou conhecimento do seu afastamento pela comunicação social e que o mesmo “não tem qualquer respaldo legal”. Não ter tido conhecimento pelo MPLA foi uma sorte… “S em preocupação, porque entendi que é meramente uma comunicação que não tem força legal e só o Tribunal Constitucional pode confirmar quem é o líder da CASA-CE, e por isso, vou aguardar que o…

Leia mais

Governo aborta “golpe de estado” das zungueiras…

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos de Angola, Francisco Queiroz, rejeitou hoje que a manifestação de zungueiras nas ruas de Luanda, tenha a ver com direitos humanos, mas sim com os seus interesses comerciais. Luvualu de Carvalho, João Pinto, ou qualquer outro sipaio do MPLA não diria melhor. É, aliás, uma clara demonstração de nepotismo e esclavagismo deste MPLA de João Lourenço. Francisco Queiroz, que falava hoje à imprensa à margem do ‘”workshop” para a recolha de contribuições à proposta da estratégia do executivo sobre os Direitos Humanos,…

Leia mais

“Tentativa de homicídio”,
a nova comédia do MPLA

Conforme o Folha 8 noticiou, cinco pessoas são acusadas de tentativa de homicídio do vice-Presidente de Angola por terem “estacionado a sua viatura junto à residência de Bornito de Sousa”. Estavam a transportar material de construção para obras de reabilitação numa das residências do condomínio Jardim de Rosas. Até nisto nem tiveram o cuidado de mudar as moscas… Aliás, a ficção à volta de atentados e golpes de Estado faz parte da veia anedótica das autoridades do nosso país. Recordemos, por exemplo, que no dia 25 de Junho de 2015,…

Leia mais