CPLP CANTA E RI ENQUANTO TERRORISTAS MATAM MOÇAMBICANOS

Mmala, aldeia moçambicana em Cabo Delgado, tinha mais de 11 mil pessoas, mas dois ataques dos terroristas levaram a população a fugir nos últimos dias com crianças ao colo, carregando à cabeça o pouco que escapou à destruição. Enquanto isso, entre outros elefantes brancos, a CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, assobia para o lado. ourenço Ancuara, o chefe da aldeia, descreve à Lusa que “primeiro passaram e mataram duas pessoas, passaram em redor da aldeia, passou um dia, no dia seguinte passaram de novo e mataram seis…

Leia mais

UCRÂNIA NA CPLP? SERÁ QUE PUTIN DEIXA?

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) é para a Ucrânia uma “importante plataforma” com um peso crescente na cena internacional, uma das razões pelas quais o país apresentou oficialmente em Dezembro de 2023 o pedido para ser Observador Associado. Por Orlando Castro ministro das Relações Exteriores ucraniano, Dmytro Kuleba, numa carta dirigida ao secretário executivo do elefante branco que fala (mais ou menos) português, Zacarias da Costa, com a manifestação formal de interesse daquele Estado em ser observador associado: “O aprofundamento das relações com os países de língua…

Leia mais

(MAIS UM) GOLPE MILITAR À VISTA NA GUINÉ-BISSAU

O director do Programa Africano do Instituto Real de Estudos Internacionais britânico considera que há o risco de um novo golpe militar na Guiné-Bissau, organizado por facções desonestas do exército. lex Vines, que em declarações à Lusa perspectivou os principais temas em destaque para a Guiné-Bissau em 2024, diz que “há o risco de um novo golpe militar liderado por facções desonestas do exército em Bissau, especialmente após a insegurança do final de Novembro em Bissau e a suspensão do parlamento”. “O Governo de Umaro Sissoco Embaló parece tornar-se cada…

Leia mais

A LÍNGUA  QUE A TODOS (DES)UNE

O secretário executivo desse elefante branco que dá pelo nome de CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Zacarias da Costa, diz que o Governo de Timor-Leste quer consolidar a língua portuguesa. Será? Hum! Por Orlando Castro o final de um encontro com o primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, o secretário executivo da CPLP, Zacarias da Costa, disse que foi debatido “um ponto muito importante que é a consolidação da língua portuguesa em Timor-Leste”. “O primeiro-ministro informou-me que o Governo está empenhado em apoiar o projecto CAFÉ e continuar a…

Leia mais

A TESE DE LUÍS FILIPE MENEZES

No dia 9 de Julho de 2004, o então presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia (Portugal), Luís Filipe Menezes, defendeu a criação de um Ministério para a Lusofonia, independente do Ministério dos Negócios Estrangeiros, e a “naturalização de todos aqueles que queiram ser portugueses”. Por Orlando Castro ais tarde, agora pela mão eleitoral do PS, partido que desgoverna Portugal, surgiu a ideia do Estatuto do Cidadão da CPLP, que na prática poderia proporcionar a livre circulação de pessoas oriundas dos países de expressão portuguesa. Embora o primeiro…

Leia mais

“CPLP NÃO SERVE PARA RIGOROSAMENTE NADA”

O Presidente da República português, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu hoje a abertura das cimeiras da CPLP aos jovens, por forma a evitar que a organização se torne, naquilo que os jovens já sabem que é há muito tempo, uma “relíquia do passado” ou uma “montra de personalidades”. Ou, como dizia Vasco da Graça Moura há mais de dez anos, uma espécie de organização fantasma, “que não serve para rigorosamente nada”, a não ser “ocupar gente desocupada”. Por Orlando Castro (*) ntervindo na 14ª Conferência de chefes de Estado e…

Leia mais

ORGIA (COLECTIVA) DA CPLP

A CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, que integra Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, realiza a 14.ª conferência de chefes de Estado e de Governo, em São Tomé e Príncipe, amanhã, sob o lema “Juventude e Sustentabilidade”. o passado dia 30 de Maio, o ministro da Defesa Nacional e dos Veteranos da Pátria angolano, João Ernesto dos Santos, destacou em Luanda a importância da cooperação no sector da Defesa no seio da CPLP. O governante angolano, que intervinha…

Leia mais

PALHAÇADA “MADE IN” CPLP

O ministro da Defesa Nacional e dos Veteranos da Pátria angolano, João Ernesto dos Santos (foto), destacou hoje em Luanda a importância da cooperação no sector da Defesa no seio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Quem diria? governante angolano, que intervinha na cerimónia de abertura da XXII reunião de ministros da Defesa da CPLP, disse que “estamos certos que as comissões de defesa e segurança visam promover a paz e a estabilidade mundial, pelo que devem ser o estandarte a ostentar e enaltecer face aos desafios do…

Leia mais

E SE FOSSEM GOZAR COM A…

O Presidente de Angola (não nominalmente eleito), também Presidente do MPLA (partido que governa o país há apenas 48 anos) e Titular do Poder Executivo (tudo características de uma democracia e de um Estado de Direito pré-históricos) João Lourenço, foi o vencedor deste ano do Prémio Aparecido de Oliveira, da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, anunciou hoje a organização. m comunicado lê-se que “a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) atribui a 6.ª edição do ‘Prémio José Aparecido de Oliveira’ ao cidadão angolano João Manuel Gonçalves Lourenço”. O…

Leia mais

DIA (OU NOITE) DA LÍNGUA PORTUGUESA

Esta sexta-feira, 5 de Maio, é o dia em que governos e sociedade civil celebram (isto é como quem diz…) a relevância do idioma como parte da identidade dos povos lusófonos. O Português é a língua oficial dos nove países da CPLP, sendo também a sétima língua mais falada no Mundo. Aproximadamente 260 milhões de pessoas falam português nos cinco continentes e em 2100, esta língua vai unir mais de 500 milhões, segundo uma estimativa das Nações Unidas. 5 de Maio já era oficialmente, desde 2009, o dia da língua…

Leia mais