OBRIGADO MIA E AGUALUSA

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e o G7+, grupo de Estados frágeis, anunciaram hoje que vão reforçar a cooperação no domínio da saúde pública para acelerar a vacinação contra a Covid-19 nos seus Estados-membros. Mia Couto e José Eduardo Agualusa (e, a reboque, António Guterres), fizeram mais pela causa do que a própria CPLP. Obrigado. No final de uma reunião entre representantes das duas organizações, na sede da organização lusófona, em Lisboa, o secretário-executivo da CPLP, Zacarias da Costa, referiu que foram apresentadas diversas propostas de cooperação “no…

Leia mais

PRESIDENTE, O “FILHO” NÃO É SEU!

O embaixador de Angola junto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) reiterou hoje a intenção da presidência angolana de criar um banco de investimento da organização, afirmando que “o trabalho de casa” está a ser feito. E que tal dizer que João Lourenço não é o “pai” desse criança? A ideia do banco, apresentada por João Lourenço, é um plágio porque já fora apresentada, em 2015, pelo então secretário Executivo da CPLP, embaixador Murade Isaac Murargy. “O banco está na mesa, o banco está na agenda. O banco…

Leia mais

CPLP ELOGIA O DONO DOS ESCRAVOS

O secretário-executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Zacarias da Costa, reconhece o “desenvolvimento e os progressos alcançados pelo povo angolano durante os 46 anos de independência”, que hoje se assinalam, numa carta de saudação enviada ao Presidente João Lourenço. “Muito me apraz, em nome do Secretariado Executivo da CPLP, felicitar V. Excelência e o povo angolano pela celebração do aniversário da independência”, que hoje se assinala, escreveu Zacarias da Costa, na missiva a que a Lusa teve acesso. O responsável da CPLP manifesta ainda a convicção de…

Leia mais

TODOS SOMOS (+ OU -) CONSUMIDORES

Os cidadãos imigrantes lusófonos têm, em Portugal, “conflitos diários” com situações básicas de direitos do consumidor, com os serviços de telecomunicações, a água e a electricidade a liderarem as queixas, revelou a representante da DECO na organização de consumidores de língua portuguesa. Estes imigrantes são “vulneráveis, em termos de conhecimento”, pois apresentam “uma literacia sobre direitos dos consumidores, digital e financeira baixíssima”, disse Graça Cabral, a representante da Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) na Organização Internacional de Consumidores de Língua Portuguesa (Consumare). A organização é composta por…

Leia mais

Moçambique existe, a CPLP… não

O especialista militar sul-africano Abel Esterhuyse questionou hoje o objectivo da formação militar das tropas governamentais de Moçambique pela União Europeia (UE). E enquanto isso, a CPLP desapareceu no prostíbulo da cobardia política e institucional dos seus membros. “Julgo que nesta altura toda a ajuda é bem-vinda e não há dúvida de que poderão dar um contributo credível, mas a questão, mais uma vez, é saber para que estão a preparar as forças moçambicanas”, questionou Abel Esterhuyse, em declarações à Lusa. “Talvez esteja enganado, mas não tenho a certeza que…

Leia mais

Angola com representação permanente na CPLP

Angola, país que detém a presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), vai ter representação diplomática permanente junto da organização, em Lisboa, liderada por Francisco Oliveira Encoge (foto). Francisco Oliveira Encoge, que foi director do gabinete de Apoio à CPLP e Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) do Ministério das Relações Exteriores angolano, e que já esteve envolvido nas reuniões que antecederam a conferência de chefes de Estado e de Governo da comunidade, que decorreu a 16 e 17 de Julho em Luanda, apresentará as credenciais…

Leia mais

Vila Nova aposta no “elefante branco”

O Presidente nominalmente eleito de São Tomé e Príncipe, Carlos Vila Nova, disse hoje que gostaria “imenso” que o seu país assumisse a presidência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em 2023, identificando a mobilidade como uma prioridade. “Eu gostaria imenso que São Tomé e Príncipe assumisse a presidência que por direito de alguma maneira lhe cabe”, afirmou Carlos Vila Nova, eleito Presidente da República são-tomense, à segunda volta, no domingo passado. Na cimeira realizada a 16 e 17 de Julho, em Luanda, os chefes de Estado e…

Leia mais

Zacarias da Costa no lado A de Angola

O secretário-executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Zacarias da Costa, inicia na segunda-feira uma visita de três dias, a primeira, a Angola, que preside à organização, onde se reunirá com o Presidente (não nominalmente eleito). Em comunicado, a CPLP refere que durante a deslocação, entre 30 de Agosto e 1 de Setembro, Zacarias da Costa “vai ser recebido em audiência pelo Presidente da República de Angola, João Lourenço” (“presumivelmente” também pelo Titular do Poder Executivo, João Lourenço, e pelo Presidente do MPLA, João Lourenço), que presidente à…

Leia mais

Crianças (também) são uma espécie menor?

O número de crianças desacompanhadas ou separadas em fuga de Cabo Delgado para centros de reinstalação em Montepuez, no norte de Moçambique, aumentou 40% em Julho, segundo dados divulgados hoje pela organização não-governamental (ONG) Save the Children. Enquanto isso, os dirigentes daquela aberração chamada Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), cantam, riem e olham para o lado. O aumento nos centros de reinstalação na pequena cidade de Montepuez, em Cabo Delgado, “de 395 crianças no final de Junho para 550 no final de Julho realça o impacto devastador do…

Leia mais

O pai da criança é outro…

A Cedesa, entidade que analisa assuntos políticos e económicos de Angola, considerou que “é possível encarar” a criação de um banco de investimento e fomento da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), atribuindo a paternidade da ideia ao Presidente angolano. Mentira completa. João Lourenço limitou-se a plagiar a ideia. Num documento a que a Lusa teve acesso, a Cedesa propõe que, para isso, que este banco de investimento e fomento, que seria “um instrumento de financiamento do desenvolvimento” dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), deveria pretender concretizar…

Leia mais