Paraíso convidado a integrar o Conselho Económico e Social

No dia em que o Presidente angolano (não nominalmente eleito), João Lourenço, completa três anos de mandato, duas manifestações tomaram algumas artérias de Luanda em protesto contra a alta taxa de desemprego no país e a burla (mais uma) Build Angola em que alegam estarem envolvidos gestores públicos angolanos (coisa estanha, não é?) e valores superiores a 200 milhões de dólares. No dia 25 Maio de 2017, o então cabeça-de-lista do MPLA (partido que “só” desgoverna Angola desde 1975) às eleições gerais de 23 de Agosto, João Lourenço, prometeu uma…

Leia mais

Para esconder falhanços, bem-aventurado Covid-19

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, defendeu hoje, em Luanda, que o processo de criação da Zona de Comércio Livre Continental Africana, como outros no mundo, deverá ser reconfigurado devido à pandemia da Covid-19 que, como se vê, serve de desculpa e de cobertura para todos os falhanços e com efeitos retroactivos… Téte António fez a observação na Assembleia Nacional de Angola, que viabilizou hoje por unanimidade o Projecto de Resolução que aprova, para ratificação, o Acordo que cria a Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA).…

Leia mais

Governo bem acelera mas continua em ponto morto

A Administração Geral Tributária (AGT) angolana manifestou hoje preocupação com a actual situação socioeconómica do país, referindo, contudo, que além de arrecadar receitas para o Estado está também “atenta a analisar o comportamento do IVA na economia”. Então o que João Lourenço (não) fez não é suficiente para a AGT estar despreocupada? Alguém estará prestes a ser exonerado… “Estamos também mais preocupados ainda que os sectores da actividade económica funcionem e da economia angolana cresça, portanto, não podemos achar que a implementação do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) foi…

Leia mais

(In)competentes há 44 anos

Cerca de três em cada cinco angolanos têm acesso a uma fonte segura de água, mas as metas do Governo de atingir 76% da população, em 2022, “não serão alcançadas”, refere um estudo de um instituto sul-africano. É uma chatice. Quarenta e quatro anos de governação, 17 de paz total, não foram suficientes para resolver os problemas do Povo. Serão, talvez, precisos mais 56 anos. Denominado “Relatório – O Caminho Actual: Angola Rumo ao ano 2050”, o estudo, que integra variáveis geográficas, económicas, energia, infra-estruturas, saúde, entre outras, baseadas no…

Leia mais

“Reset” ao país e ao MPLA

Saiu Agostinho Neto e entrou, durante 38 anos, José Eduardo dos Santos. Seguiu-se João Lourenço. E como está Angola liderada há quase 44 anos pelo MPLA? Está moribunda. Não será pois aconselhável fazer um “reset” ao país, mas sobretudo ao MPLA, o único partido que pode, e deve, ser responsabilizado pelo desastre em que estamos? O secretário de Estado da Economia de Angola disse no dia 27 de Julho de 2018 que o acesso ao crédito e a qualidade dos projectos são os maiores entraves que os empresários nacionais enfrentam,…

Leia mais

A mesma doença, a mesma receita. E o doente… morre

O banco Standard considera que o programa de reformas estruturais em Angola, juntamente com o fortalecimento do sector petrolífero, são cruciais para garantir o regresso à estabilidade macroeconómica, depois de três anos de recessão. Ou seja, repete a João Lourenço o que já aconselhava a José Eduardo dos Santos. “O programa de reformas estruturais, combinado com iniciativas para fortalecer o sector petrolífero, continuam críticas para ajudar ao regresso da estabilidade macroeconómica”, lê-se no relatório de Julho sobre as economias africanas. No documento, elaborado pelo departamento de estudos económicos do Standard…

Leia mais

Em Luanda já se sente
a operação… ressaca

Vários cidadãos em Luanda queixam-se da falta de táxis em vários pontos da cidade, apontando o dedo à “Operação Resgate”, que tem demonstrado que o sector está “minado” com motoristas sem carta de condução ou com elas apreendidas. A falta de táxis está a trazer como consequência os agora constantes atrasos dos funcionários aos locais de trabalho, ao mesmo tempo que os taxistas que circulam na capital de Angola admitiram que vários dos seus colegas trabalhavam à margem da lei. Numa ronda efectuada hoje na capital angolana, a agência Lusa…

Leia mais

FMI tem receitas para todos os gostos e feitios

O director para África do Fundo Monetário Internacional, Abebe Selassie, manteve hoje um encontro com o ministro das Finanças de Angola, Archer Mangueira, com o qual abordou os novos desafios da economia angolana face à baixa do preço do petróleo. Abebe Selassie ocupa o cargo desde Setembro passado e é (como outros) uma espécie de perito itinerante do FMI capaz de saber tudo sobre as diferentes economias, sejam elas a portuguesa, a do Burkina Faso ou, agora, a de Angola. “Estou aqui para me reunir com as autoridades angolanas, isto…

Leia mais