O PERSONALISMO NANICO DE QUEM SE JULGA MESSIAS

O nosso chão, individual, as nossas terras, colectivas, berços dos reinos e micro nações, onde estão enterradas as secundinas dos ancestrais e de muito de nós, clamam por um novo porvir, em 2022. O emergir de uma nova proclamação da independência, da eleição de um verdadeiro poder constituinte, capaz de ouvir todas as vozes, vontades, sentires e gemeres, para a edificação de um ente jurídico nacional e internacional, republicano e democrático. Por William Tonet Em 2022, cada um, tem de ser capaz de interpretar o valor e poder da sua…

Leia mais

2021, O ANO DA DESGRAÇA COLECTIVA

O ano de 2021 será lembrado como ano emblemático para o incremento da repressão e das difíceis condições de vida dos cidadãos, que tiveram de lidar com a pandemia e a relativização da fome. João Lourenço (JL) tenta consolidar o poder e retoma o discurso partidarista, de peito aberto perante as tensões sociais; e ergue trincheiras contra a oposição, recorrendo aos instintos políticos e militares para subjugar a razão jurídica. Por José Marcos Mavungo (*) Não há resposta do regime sobre como estão as coisas, em especial no tocante ao…

Leia mais

O PROMESSÓMETRO DO PGR

O procurador-geral da República de Angola, general Hélder Pitta Grós, disse hoje, em Luanda, que este ano foram instaurados cerca de 700 novos processos-crimes relacionados com a actividade económica e financeira. Hélder Pitta Grós, que se dirigia numa mensagem de fim de ano aos funcionários da Procuradoria-Geral da República (PGR), referiu que especial atenção continua a ser dada no combate “ao crime de colarinho branco”, nomeadamente peculato, corrupção passiva e activa, recebimento indevido de vantagens, participação económica em negócios, branqueamento de capitais e todo o tipo de crime económico e…

Leia mais

Amém Presidente!

O Presidente angolano (João Lourenço), bem como o Presidente do MPLA (João Lourenço) e o Titular do Poder Executivo (João Lourenço) “disseram” hoje que um país não se constrói em dez anos, tempo de mandato permitido constitucionalmente, e que vem cumprindo as suas promessas eleitorais. Deve ser verdade. Se o MPLA está no Poder há quase 46 anos e ainda não conseguiu… Por Orlando Castro (*) João Lourenço, que falava à imprensa no final da cerimónia de inauguração do Polo de Desenvolvimento Industrial de Saurimo, na província da Lunda Sul,…

Leia mais

Está difícil viver sem… comer

Cidadãos em Luanda dizem-se “desiludidos” com a governação de João Lourenço, eleito (não nominalmente) há quatro anos, apontando a “degradação socioeconómica, o desemprego e altos preços dos produtos” como “grandes males”, enaltecem o combate à corrupção, mas pedem “resultados práticos”. João Lourenço foi eleito como cabeça-de-lista do partido vencedor, o MPLA, em 23 de Agosto de 2017 como novo Presidente da República em substituição de José Eduardo dos Santos, que esteve no Poder durante 38 anos. Populares em Luanda consideraram hoje crítica a situação do país, com o “escalar” do…

Leia mais

Só alguns dos que roubam são… ladrões

O coordenador do Observatório Político e Social de Angola (OPSA), Sérgio Calundungo, assinalou hoje retrocessos nos quatro anos de mandato do Presidente angolano, João Lourenço, mas considerou injusto que se diga que a actual governação está pior que a anterior. “Em defesa de um Estado genuinamente democrático e de Direito” é o título de uma petição pública, dirigida à Presidência de Angola, Tribunal Constitucional, PGR, Nações Unidas, União Europeia, União Africana e cujo primeiro subscritor é padre Jacinto Pio Wacussanga. Sérgio Calundungo fazia, em declarações à agência Lusa, o balanço…

Leia mais

A cesta(ria) básica da PGR

A Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana anunciou hoje que está a “apurar dados para investigar” as denúncias sobre o actual director do gabinete de Presidente João Lourenço, Edeltrudes Costa, que terá sido beneficiado em contratos com o Estado. “Nós estamos também a ver o que se passa para podermos esclarecer devidamente o que é que aconteceu, porque muitas vezes não basta denúncia pública, é necessário que esta denúncia venha acompanhada de mais alguns dados que nos permitam trabalhar com uma certa certeza, quando assim não é temos que ir atrás…

Leia mais

O que seria de nós sem o MPLA?

O Ministério da Economia e Planeamento (MEP) apresenta nesta segunda-feira, em Luanda, o Relatório de Balanço do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi 2020). Será que vamos ter a notícia de que, por descoberta do Governo, já se estão a plantar couves com a raiz para baixo? Segundo o MEP, será apresentado o estado dos cinco pilares deste programa do Governo, nomeadamente “O acesso ao crédito”, “Aumento da produção e da produtividade”, “Acessos aos mercados interno e externo”, “Capacitação e qualificação”, e “Melhoria…

Leia mais

Paraíso convidado a integrar o Conselho Económico e Social

No dia em que o Presidente angolano (não nominalmente eleito), João Lourenço, completa três anos de mandato, duas manifestações tomaram algumas artérias de Luanda em protesto contra a alta taxa de desemprego no país e a burla (mais uma) Build Angola em que alegam estarem envolvidos gestores públicos angolanos (coisa estanha, não é?) e valores superiores a 200 milhões de dólares. No dia 25 Maio de 2017, o então cabeça-de-lista do MPLA (partido que “só” desgoverna Angola desde 1975) às eleições gerais de 23 de Agosto, João Lourenço, prometeu uma…

Leia mais

Degradação económica e social sem precedentes

Há três anos, no dia 26 de Setembro de 2017, João Manuel Gonçalves Lourenço tomava posse como chefe de Estado, com o propósito de “corrigir o que estava mal no país”. Mas a degradação da economia e da situação social em três anos atingiu recordes sem precedentes. A corrupção, a repressão e a fragilidade das superestruturas político-jurídicas e económicas herdadas do seu predecessor colocam-se como desafios cruciais. Por José Marcos Mavungo (*) Todos sabemos o famoso slogan do actual Presidente da República de Angola na campanha eleitoral de Agosto 2017:…

Leia mais