Parque industrial do Huambo, um gigante que se esfumou no tempo

Vivia-se o ano de 1962 do século passado e os pólos industriais dos bairros do São Pedro, São João e Chiva dinamizavam a economia da província do Huambo. Com mais de sessenta indústrias activas subdividas entre fábricas têxteis, confecções, couro e calçados, alimentar, bebidas e tabaco, madeira e mobiliário e materiais de construção, o Planalto Central não importava quase nada, evidenciando, claramente, a sua robustez no sector. Por Fernando Cunha (*) Até 1992, a cidade do Huambo chegou a ter o segundo maior parque industrial de Angola, empregando directamente mais…

Leia mais

Para esconder falhanços, bem-aventurado Covid-19

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, defendeu hoje, em Luanda, que o processo de criação da Zona de Comércio Livre Continental Africana, como outros no mundo, deverá ser reconfigurado devido à pandemia da Covid-19 que, como se vê, serve de desculpa e de cobertura para todos os falhanços e com efeitos retroactivos… Téte António fez a observação na Assembleia Nacional de Angola, que viabilizou hoje por unanimidade o Projecto de Resolução que aprova, para ratificação, o Acordo que cria a Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA).…

Leia mais

EUA ou China? Quem fizer a melhor oferta de compra!

Os Estados Unidos da América garantem que a relação com Angola “não depende do que a China faz”, alertando – contudo – – para o que está em jogo quando o Partido Comunista chinês propõe um negócio. Nesta altura, entre os dois venha o Diabo e escolha. No caso, o Governo do MPLA escolhe… os dois. Morgan Ortagus que falou à Lusa a partir de Washington, uma semana depois da visita do secretário de Estado norte-americano (Mike Pompeo) ter visitado Luanda, reafirmou que a inclusão de Angola no seu roteiro…

Leia mais

As “fake news” só o são se não agradarem ao Poder

Órgãos de comunicação social angolanos consideraram que, “apesar de incontornáveis”, as falsas notícias, podem ser “acauteladas”, defendendo a “verificação e fundamentação contínua” das notícias que circulam, sobretudo nas redes sociais, antes da sua publicação. Recordemos o ponto 6 do Código Ético e Deontológico dos Jornalistas do Folha 8: «O Jornalista do Folha 8 assume sempre a responsabilidade por todos os seus trabalhos e actos profissionais, e deve ser rápido na rectificação das informações que se revelem inexactas ou falsas.» Segundo a directora adjunta de informação da Televisão Pública de Angola…

Leia mais

… e o Banco Postal já era!

Em Julho de 2018, o director geral da Unidade de Negócios, Comércio e Empresários do Banco Postal, Virgílio Mendes dizia que 40 milhões de kwanzas estavam disponíveis no Banco Postal, para apoiar comerciantes informais a potenciar as suas actividades e a passar para o mercado formal. Ontem (ver notícia do Folha 8) o Banco Nacional de Angola anunciou o encerramento do Banco Mais e do Banco Postal por insuficiência de capital social, tendo revogado as licenças bancárias e declarado falência para ambos. O Banco Postal, segundo o gestor , tinha…

Leia mais

Governo aborta “golpe de estado” das zungueiras…

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos de Angola, Francisco Queiroz, rejeitou hoje que a manifestação de zungueiras nas ruas de Luanda, tenha a ver com direitos humanos, mas sim com os seus interesses comerciais. Luvualu de Carvalho, João Pinto, ou qualquer outro sipaio do MPLA não diria melhor. É, aliás, uma clara demonstração de nepotismo e esclavagismo deste MPLA de João Lourenço. Francisco Queiroz, que falava hoje à imprensa à margem do ‘”workshop” para a recolha de contribuições à proposta da estratégia do executivo sobre os Direitos Humanos,…

Leia mais

Xeque-mate às zungueiras

O Governo angolano anunciou hoje que o Regulamento sobre o Comércio Ambulante está pronto e que, até ao final do ano, os vendedores ambulantes no país estarão identificados e terão locais específicos para exercerem a actividade “à luz das normas”. Xeque-mate às zungueiras. Segundo o ministro do Comércio, Joffre Van-Dúnem Júnior, o regulamento aprovado pelo Governo vai formalizar o comércio, maioritariamente, exercido por jovens e mulheres, estas conhecidas como zungueiras. “Foi já aprovado pelo Conselho de Ministros o Regulamento do Comércio Ambulante. Estão já catalogados e identificados os locais para…

Leia mais

Queda de 7,4% no segundo trimestre agrava recessão

A economia angolana agravou o cenário de recessão no segundo trimestre, com uma queda de 7,4% no Produto Interno Bruto (PIB) face ao período homólogo de 2017, segundo dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística de Angola. De acordo com a informação do Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre a evolução do PIB (toda a riqueza produzida no país) angolano, com base em dados do Departamento de Contas Nacionais e Coordenação Estatística, este desempenho foi afectado sobretudo por sectores como as pescas (-10,0%), indústria transformadora (-8,8%), extracção e refinação…

Leia mais

Zona de comércio livre? Devagar e devagarinho

O processo de adesão de Angola à Zona de Comércio Livre da África Austral vai concretizar-se de forma gradual e ficará concluída até Junho de 2019, segundo o secretário de Estado do Comércio angolano, Amadeu de Jesus Leitão Nunes. Amadeu de Jesus Leitão Nunes, que falava no I Fórum sobre Acordos Comerciais e Regionais, em Luanda, disse tratar-se de cumprir a meta traçada pelo Governo no quadro da integração regional, que constitui uma “janela de oportunidades”, com a eliminação de barreiras comerciais tarifárias e não tarifárias. “Estudos concluem que um…

Leia mais

UE promete mais do mesmo
– É fiado? Venham os euros!

O representante da União Europeia (UE) em Luanda, Tomas Ulicny, garantiu hoje o mesmo que tem garantido ao longo dos últimos anos, ou seja que os 28 países membros estão empenhados em apoiar o processo de reforço da produção e competitividade interna e melhorar o ambiente de negócios em Angola. Tomas Ulicny falava na abertura do seminário de formação sobre Facilitação do Comércio, promovido pelo Ministério do Comércio angolano, em parceria com a UE e a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (CNUCED). O diplomata checo, em…

Leia mais