Ministério Público investiga ministro João Baptista Borges

Sobrinho de João Baptista Borges criou várias empresas e conseguiu contratos de milhões. Parte da fortuna foi enviada para Portugal. O Ministério Público abriu um inquérito ao ministro angolano da Energia por suspeitas de branqueamento de capitais. A investigação TVI revela mais sobre este ministro, João Baptista Borges, e a forma como vários elementos da família se envolveram em negócios ligados ao sector da energia em Angola. Por André Carvalho Ramos (TVI) O sobrinho de um dos ministros mais importantes do governo angolano tem várias empresas e, nos últimos anos,…

Leia mais

Uau! Táctico-policiais…

O ministro do Interior angolano, Eugénio Laborinho, disse hoje, em Luanda, que, nos últimos dois anos, o país registou incidentes “táctico-policiais” que “lamentavelmente”, alguns terminaram em mortes de cidadãos e polícias. Não terão sido incidentes “psico-umbilicais”? Ou, quiçá, “tácticos-orgiásticos”? Eugénio Laborinho, que discursava na abertura da Conferência Científica (?) sobre o perfil do agente e o uso da força policial, promovido pelo Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais, não avançou números. Nem era preciso. A dialéctica do ministro saciou qualquer dúvida. O governante angolano frisou que esta constatação obriga…

Leia mais

Os relógios de Viegas de Abreu, o proletário rico

Os proletários de muitos países do mundo, principalmente dos subdesenvolvidos, chegados ao poder, rapidamente são contaminados pela “leucemia milionária”, ou seja, convertem-se aos hábitos dos proprietários capitalistas, com retroactivos. O ministro dos Transportes angolano, Ricardo Viegas de Abreu, um dos mais próximos delfins do Presidente da República, João Lourenço, mostra a verdadeira face do seu ADN, que não foge à regra do da maioria dos dirigentes do MPLA, paladinos do “socialismo revolucionário”, que têm um apego indescritível aos bens materiais, desde que abocanharam, fora dos ditames democráticos, o poder há…

Leia mais

Tiros nos pés do… Presidente

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de informação e Comunicação Social, Manuel Homem, negou, neste domingo, a existência de censura na TV Zimbo e outras empresas do sector que reverteram recentemente para o Estado angolano. Enquanto não o exonerarem, o homem continuará a dar tiros nos pés de… João Lourenço. Ao intervir na cerimónia alusiva aos 45 anos da Televisão Pública do MPLA (TPA), afirmou que os órgãos apreendidos a entidades privadas continuam a trabalhar “normalmente”. Segundo o titular da carteira, ou pasta, estas empresas, constituídas com fundos públicos e detidas…

Leia mais

A culpa foi dos tugas!

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos angolano, Francisco Queiroz, considera que a complexidade social de fenómenos como a corrupção e a sofisticação dos meios usados apelam à cooperação internacional e contribuição de todos os actores sociais nacionais. E então quando isso acontece num país governado há 45 anos pelo mesmo partido que, ainda por cima, nasceu, cresceu e se tornou adulto com a corrupção no seu ADN… Francisco Queiroz procedeu à abertura do primeiro curso de graduação ‘on-line’ sobre o Regime Jurídico da Prevenção da Luta contra a…

Leia mais

Morreu Kundi Paihama

O ex-ministro da Defesa de Angola, Kundi Paihama, morreu na madrugada de hoje, por doença, informou a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião. O general Kundi Paihama foi uma das figuras emblemáticas do MPLA, era natural da província da Huíla e tinha 75 anos de idade. Porcos, farelo e cães são alguns dos emblemáticos legados do general. Sobre a morte de Kundi Paihama, a vice-presidente do partido no poder desde 1975 disse que o MPLA perde “um intrépido militante defensor de causas nobres que sempre serviu a pátria com muita dedicação…

Leia mais

O teté de Téte

O novo chefe da diplomacia angolana, Téte António, afirmou hoje que vai dar continuidade ao trabalho que tem vindo a ser realizado, privilegiando a diplomacia económica e a diáspora angolana, bem como a reforma do Ministério das Relações Exteriores. Mais do mesmo, como é natural. “A diplomacia tem de assentar numa casa organizada e funcional para ter resultados lá fora”, disse, em declarações aos jornalistas, após o acto formal da passagem de pastas com o seu antecessor, Manuel Augusto. “Estamos conscientes de que não vamos herdar o mundo que tínhamos…

Leia mais

Primeiro mata-se…

Veja o vídeo em que o nosso Director, William Tonet, analisa e desmascara a prepotência das autoridades. O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, avisou que a polícia angolana não ia “distribuir chocolates e rebuçados” perante os actos de suposta desobediência ao estado de emergência. Um menino de 16 anos já foi morto a tiro e outros ficaram feridos. “E stamos a aplicar multas, estamos a deter pessoas”, indicou o ministro que em 1973, com 18 anos, fez o curso de professores do Posto e aos 23 já era 1º tenente…

Leia mais

Não haverá chocolates e rebuçados para ninguém

O ministro do Interior, Eugénio Laborinho (que em 1973, com 18 anos, fez o curso de professores do Posto), avisou hoje que a polícia angolana vai reagir de forma adequada ao comportamento dos cidadãos, mas não vai “distribuir chocolates e rebuçados” perante os actos de desobediência ao estado de emergência. Como em Cabinda, ou Benguela, polícias e militares vão distribuir porrada e roubar os bens dos populares. Eugénio Laborinho, que falava numa conferência de imprensa em Luanda, após a primeira semana de estado de emergência, decretado em Angola para (supostamente)…

Leia mais

BFA vai produzir… loengos

O antigo ministro de José Eduardo dos Santos, Rui Mangueira, foi hoje eleito novo presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), numa deliberação unânime dos accionistas, informou o banco angolano. Acredita-se que pela primeira vez na história mundial, o MPLA vai conseguir pôr a mangueira a produzir loengos. Os accionistas Unitel, que detém 51,9% do capital, e BPI (os restantes 48,1%) elegeram hoje os seus órgãos sociais para o triénio 2020/2022, designando além de Rui Mangueira, António Domingues e Osvaldo Salvador de Lemos Macaia como vice-presidentes.…

Leia mais