Tudo pelo Poder, nada pela democracia

O poder. O poder. O poder! Nada mais do que o poder, as chaves dos cofres e o domínio da administração pública. Só existe essa máxima na matriz mental da autocracia dominante, ainda que transvertida de ovelha democrática, quando se lhe conhece, mesmo fora da calada da noite, o lobo mau que se esconde debaixo das vestes da bandeira tricolor. Por William Tonet Em 2022 a lógica de manutenção no poder de qualquer forma, tudo indica, com os Lussaty e companhia, será a tónica dominante. Resta agora à sociedade saber…

Leia mais

Do Dubai (via Cafunfo?) com… amor

O Presidente angolano, João Lourenço, considera que a preocupação com a estabilidade dos princípios basilares e a longevidade da Constituição não devem “eclipsar a permanente análise” daquela lei e a sua adaptação a novas realidades e contextos. Esta posição do chefe de Estado angolano, João Lourenço, foi expressa na mensagem que enviou ao presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, quando submeteu a proposta de revisão pontual da Constituição da República, que hoje está em apreciação no Parlamento. O documento, lido pelo chefe da Casa Civil do…

Leia mais

O rugir assassino da alcateia

Os lobos, naquela useira e vezeira alcateia, liderada pelo macho alfa estão a engendrar já e com toda a pujança a caça de novas vítimas mortais como mandam as regras, visando a manutenção do poder, através do sangue (e da vida) das presas. Poder que, custe o que custar, dizem ser um privilégio exclusivo da sua casta, completamente vedado a todos os outros, escravos na terminologia do MPLA. Por William Tonet Um covarde texto, escondido no anonimato e ao qual daremos proximamente o devido tratamento, está a destilar publicamente o…

Leia mais

Manifestação em Luanda… amanhã

Jovens activistas em Luanda marcham na quinta-feira pelas ruas da capital angolana para “protestar e exigir alternância política” em Angola, considerando que os 45 anos de governação do MPLA, no poder desde 1975, “é muito”, foi hoje anunciado. Será que, como o MPLA diz que aconteceu na Lunda, vão munidos “de armas-de-fogo do tipo AKM, caçadeiras, ferros, paus e outras armas brancas, bem como pequenos engenhos explosivos artesanais”? Os propósitos e motivações desta marcha, que deve culminar a 100 metros do Palácio Presidencial, foram apresentados hoje em conferência de imprensa,…

Leia mais

Democracia? Hum!

O presidente da Comissão da União Africana (UA), Moussa Faki Mahamat, considera que a democracia em África enfrenta “enormes problemas” e que, em muitos países, as eleições deixaram de ser a solução para o problema, passando a ser o problema para a solução. Deve ser por isso que o MPLA, apesar de estar há 45 anos no Poder, lá quer ficar mais 55 de modo a completar um século de governação ininterrupta… “A democracia e o constitucionalismo em África enfrentam problemas enormes que ninguém pode negar”, disse Moussa Faki Mahamat,…

Leia mais

Os quatro MPLA’s

No último editorial do William Tonet a imagem do MPLA que este descreve logo no início do seu texto e que passo a citar “A natureza perversa do “MPLA/vingativo, que assassinou o MPLA/ nacionalista e democrático de Viriato da Cruz, Mário Pinto de Andrade, Matias Miguéis e outros, autoritariamente imposta, em 1964, por Agostinho Neto e Lúcio Lara, a ferro, fogo e rios de sangue…” resume de um modo muito sucinto a história do partido. Mas eu, olhando de fora, tenho uma ideia talvez um pouco mais complexa do MPLA.…

Leia mais

A banga de quem pode

A Comissão Instaladora do PRA-JA Servir Angola pondera apresentar uma queixa-crime contra pessoa não conhecida, por suspeita de adulteração de documentos e dados que apresentaram ao Gabinete dos Partidos Políticos do Tribunal Constitucional. “Não conhecida”? Quem mais poderia ter, eventualmente, feito tal coisa a não ser a D. Maria, a senhora da limpeza? A posição consta de um comunicado final da reunião alargada do “Task Force Ad-Hoc” que analisou o último despacho do Tribunal Constitucional que indeferiu o recurso extraordinário por inconstitucionalidade, interposto àquela instância judicial. Além da queixa-crime, os…

Leia mais

Angola é do MPLA

A Procuradoria-Geral da República do MPLA (PGR) anunciou esta sexta-feira, em Luanda, que a TV Palanca, Rádio Global e Agência de Produção de Programas de Áudio e Visual foram entregues ao Estado angolano. Por alguma razão, a velha máxima do partido que está no Poder há 45 anos sofreu com a chegada de João Lourenço uma alteração. Passou a ser “O MPLA é Angola e Angola é DO MPLA». Em comunicado, a PGR refere que o Serviço Nacional de Recuperação de Activos entregou hoje a empresa Interactive Empreendimentos Multimédia, Lda.,…

Leia mais

No Kilamba prende-se o dono para beneficiar o ladrão

«Partilho a minha angústia pela detenção arbitrária do meu irmão e mais 3 indivíduos prestadores de serviços, ocorrida ontem segundo se diz por orientação do Procurador afecto a 51ª esquadra do Kilamba», relata ao Folha 8 um cidadão devidamente identificado. O incidente, grave, aconteceu quando os detidos “tentavam reaver o meu apartamento que foi invadido e vandalizado no passado dia 9 de Julho por um elemento que diz ser oficial efectivo da Presidência da República, que se achou no direito de arrombar e se instalar com a sua família numa…

Leia mais

“Obrigado, camaradas!”

O “democrata” e grande amigo do MPLA, Vladimir Putin agradeceu hoje aos russos pelo seu “apoio e confiança” um dia após a votação que validou uma ampla revisão constitucional e que pode designadamente permitir a sua permanência no poder até 2036. Se seguisse o exemplo de Angola não precisava de rever a Constituição. “Quero agradecer aos cidadãos russos. Muito grande obrigado pelo vosso apoio e a vossa confiança”, declarou o Presidente russo numa intervenção pela televisão, assegurando que a reforma permitirá “uma estabilidade interna e tempo para reforçar o país…

Leia mais