Covid-19 mostra que
o MPLA-75 vai… nu

O Ministério dos Transportes angolano estima que o sector regista perdas de receitas que ascendem aos mil milhões de dólares (920 milhões de euros), devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, e precisa de reforçar a tesouraria. A situação foi relatada pelo secretário de Estado dos Transportes, Carlos Fernandes Borges, no final de um encontro que a tutela manteve com as empresas, associações do sector e a banca comercial. Segundo o governante, as estimativas projectadas assinalam perdas de mais de 1.000 milhões de dólares, observando que os cálculos tiveram como…

Leia mais

“IVA tem implicações na subida de preços”. Ai é?

A directora dos Reembolsos da Autoridade Tributária portuguesa, Lurdes Amâncio, enalteceu hoje, em Luanda, os mecanismos de reembolso do IVA em Angola, admitindo que o imposto “tem implicações na subida de preços”, sobretudo no “mercado informal”. Se tem implicação (e tem mesmo) o Governo mentiu-nos. Aliás, mentir está no ADN do partido que nos (des)governa há 44 anos, o MPLA. “C omo o [agente] informal vai adquirir aos fornecedores com factura e com o IVA [Imposto sobre o Valor Acrescentado] e depois como não estão registados não pode isentar, o…

Leia mais

Recessão e IVA no epitáfio
do (des)governo do MPLA

O aumento descontrolado de preços é o principal receio dos angolanos face à entrada em vigor do Imposto Sobre Valor Acrescentado (IVA), um novo imposto que começou hoje a ser aplicado, mas ainda é desconhecido de muitas pessoas. Se acreditar no Governo, o IVA não vai trazer aumentos. Se acreditar na verdade, o IVA vai mesmo trazer aumentos. Simples. O IVA que vigora a partir de hoje em Angola, depois de vários adiamentos, prevê uma taxa única de 14% para todos os bens importados e para grandes contribuintes, com proveitos…

Leia mais

Parto do IVA (novamente) adiado. Será(?) em Outubro

A entrada em vigor do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) em Angola, prevista para 1 de Julho próximo, foi novamente adiada, agora para Outubro (e depois se verá), segundo um acordo alcançado entre o Governo e o Grupo Técnico Empresarial (GTE). A decisão foi acertada na sexta-feira à noite pelas duas partes, uma vez que era forte a contestação dos vários sectores económicos do país à introdução do novo imposto já em Julho – o IVA, com uma taxa de 14%, esteve inicialmente previsto para entrar em vigor em…

Leia mais

Cuidado! Há muitos produtos suspeitos

As autoridades angolanas advertiram hoje que em cada 10 produtos suspeitos e analisados a nível laboratorial três são “impróprios para o consumo humano”, nomeadamente “frescos e lacticínios”, tendo apelado à sociedade para “atenção redobrada”. A informação foi transmitida à RNA pelo director-geral do Laboratório Nacional de Controlo da Qualidade de Angola, José Alberto Sofia, que indicou que a instituição recebe por semana 10 amostras de produtos consumíveis, sobretudo do mercado formal, suspeitos e que “34% são confirmados como impróprios”. Segundo José Alberto Sofia, que se diz “preocupado” com a situação,…

Leia mais

Kero repatria e mostra
qual é o melhor caminho

A empresa detentora dos estabelecimentos de venda a retalho Kero acaba de demonstrar, mais uma vez, ser uma séria aliada dos propósitos do Presidente João Lourenço de ver repatriados os capitais até Dezembro de 2018 e, com isso, dar o seu contributo para a recuperação e diversificação da nossa economia, tão carecida destes investimentos. É com base nisso, que os sócios terão decidido, ainda em Novembro dar uma prova de engajamento inaugurando hoje, no Huambo, mais um “shopping” e três salas de cinema que certamente vão agitar aquela província, com…

Leia mais

Mais de 440 milhões em IVA

O Governo angolano estima arrecadar mais de 440 milhões de euros em 2019 com a introdução do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) em Angola, adiada entretanto para Julho, mas sem descartar um novo adiamento nos prazos. A informação consta do relatório de fundamentação da proposta de Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2019, que estará em discussão e votação até 15 de Dezembro na Assembleia Nacional, com o Governo a apontar a introdução do IVA — inicialmente prevista para 1 Janeiro próximo — como uma das estratégias de consolidação…

Leia mais

E já vão três…

A empresária angolana Isabel dos Santos abre hoje o seu terceiro hipermercado da rede angolana “Candando”, este localizado em Viana, criando 375 postos de trabalho. Situado a cerca de 30 quilómetros do centro de Luanda, o terceiro hipermercado do grupo Contidis, detido por Isabel do Santos, contará com uma área de 4.300 metros quadrados. “Sai assim reforçada a aposta do Candando no talento nacional, que conta no total com mais de 1.350 colaboradores”, refere o grupo. A própria Isabel dos Santos já tinha anunciado que estava a ultimar a abertura…

Leia mais

Preços em alta. Povo em baixa. Explosão à vista

Os preços em Luanda subiram 26,41% nos últimos 12 meses, até Abril, renovando máximos históricos ao dispararem 3,14% face ao mês anterior de Março, influenciados por sectores como a água, a electricidade ou os combustíveis. Ainformação consta do relatório do Instituto Nacional de Estatística (INE) de Angola sobre o comportamento da inflação, que destaca que a inflação estava em Abril de 2016, face ao mesmo mês do ano anterior, 18,18 pontos percentuais mais alta. Neste relatório do Índice de Preços no Consumidor (IPC), Luanda apresentou aumentos, no espaço de um…

Leia mais

A casa pode vir abaixo

Angola vai contar com um Conselho Nacional de Preços, presidido pelo ministro das Finanças e integrando outros cinco ministros, de acordo com a nova legislação, que entrou em vigor a 15 de Fevereiro. Executivo tenta tapar o Sol com uma peneira. T rata-se de um órgão consultivo da autoridade de preços e a regulamentação do seu funcionamento, através de decreto executivo assinado pelo ministro das Finanças, Armando Manuel, surge numa altura de forte inflação no país – mais de 17% no último ano – e escassez de produtos, devido à…

Leia mais