DIA MUNDIAL DO QUE FALTA A MILHÕES

O número de crianças afectadas pelo atraso de crescimento continua em alta na África Subsaariana. A região concentra 91% de crianças que sofrem de nanismo. No continente, 57,5 milhões de menores enfrentam o problema. A região africana é a única do globo com tendência de alta. Onde fica Angola? Dentre os países de língua portuguesa, São Tomé e Príncipe está entre três nações a caminho de atingir quatro das cinco metas nutricionais da Assembleia Mundial da Saúde. Com uma prevalência de desnutrição de 12%, o país tem a mais baixa…

Leia mais

Falta água, sobram lixeiras

Crianças, jovens e adultos, em Luanda, “lutam”, numa tubagem pública, por eles “danificada”, à berma da estrada, para conseguir uma bacia ou balde de água que, há semanas, não jorra naquela circunscrição do município do Cazenga. Num país rico que em vez de produzi riquezas produziu apenas ricos, é um dos melhores cartões de visita de quem nos governa, o MPLA, há 45 anos. Mais fácil é obter comida. O acesso às lixeiras é… livre! Vários bairros, distritos e municípios de Luanda enfrentam a escassez de água potável e a…

Leia mais

… E quem se lixa é o Povo!

O presidente da Confederação Empresarial de Angola (CEA), Francisco Viana, criticou hoje o modelo de contratação de empresas para a recolha de lixo em Luanda, defendendo a “contratação de milhares de angolanos para cada um levar o seu tostão”. “O grande problema é que estamos a querer resolver o problema do lixo contratando grandes empresas para elas levarem milhões. Não é melhor contratar milhares de angolanos para cada um levar os seus tostões e disso fazermos um grande projecto?”, perguntou Francisco Viana. O lixo, disse o empresário angolano, “pode ser…

Leia mais

“Tio, o papá se matou”

PORRA! Mais uma vez, PORRA! É demais. O destino é trágico? Não! A incompetência governativa é que é assassina! A 30 de Janeiro, a Polícia de Paulo de Almeida do MPLA e o Ministério do Interior de Laborinho do MPLA, assassinaram, covardemente, mais de 100 cidadãos inocentes, no Kafunfu-Cuango, Lunda Norte, entre os quais, um primo e sobrinho, como se fossem cães, por reclamarem o fim da fome e miséria, numa terra rica em diamantes. Por William Tonet Assassinos, mentirosos! Assassinos, aldrabões! Assassinos, masoquistas! Assassinos… ao longo de 45 anos…

Leia mais

Viver sem comer? Claro!

Não perguntem o que Angola pode fazer por vós, mas sim o que vocês podem fazer por Angola. Esta frase, que a história atribui a John F. Kennedy, afinal parece ter outro “pai”, como em breve será demonstrado pelo ministro da Cultura (Turismo e Ambiente) do MPLA, Jomo Fortunato. A dúvida está apenas em saber se o autor é o actual Presidente do MPLA, ou o actual Presidente da República ou, ainda, o actual Titular do Poder Executivo. Reconheça-se que o actual MPLA está com uma pujança assinalável. Para além…

Leia mais

Que ao povo nunca falte o lixo!

O Programa Alimentar Mundial (PAM) indica que entre 65% a 80% dos agregados familiares angolanos estão a consumir cereais e tubérculos que não são de produção própria devido à seca e que muitos dependem de ajuda para se alimentarem. Será só devido à seca? Ou tem muito (muito mesmo) a ver com a incompetência de um Governo que existe para se servir a não para servir? Num relatório, de Fevereiro deste ano, denominado “Monitorização da Época Chuvosa 2020-2021 em Angola”, refere que desde Outubro de 2020 que o PAM está…

Leia mais

Ladrão que faz uma cesta (básica), faz um cento

Angola importou, em Fevereiro, bens da cesta básica e outros produtos essenciais, no valor de 86 milhões de dólares (72,1 milhões de euros), mais 16 milhões de dólares (13,4 milhões de euros) comparativamente a 2020, anunciou hoje o Governo. E assim vai o país que, embora muito rico, tem 20 milhões de pobres numa população total de cerca de 30 milhões de… pessoas. Numa nota de imprensa, o Ministério da Indústria e Comércio de Angola refere que os dados relativos ao mês de Fevereiro foram apresentados na reunião do Conselho…

Leia mais

Ajudar quem precisa

A Covid-19 aumentou o número de sinalizações para a linha de emergência social de doentes lusófonos que estão em Portugal através dos acordos na área da saúde, segundo a presidente de uma instituição que apoia esta população mais vulnerável. Fundado há quase 30 anos, o Centro Padre Alves Correia (CEPAC) acolhe e apoia imigrantes, na maioria lusófonos, incluindo os que vêm para Portugal receber tratamentos médicos. No ano passado, os beneficiários deste centro aumentaram para o dobro do ano anterior, atingindo os 586, de 19 nacionalidades, mas sobretudo da Angola,…

Leia mais

Palhaçada em Santa Paciência

Se alguém tivesse dúvidas de que o MPLA (Matilha de Predadores Ladrões de Angola) é um exemplo de hipocrisia e estupidez ficou com essa dúvida completamente desfeita, totalmente esclarecida. Os membros desta matilha predadora são o exemplo mais evidente de quem demonstra falta de respeito pelo ser humano e pelos compatriotas vivendo na miséria, emboscados num oportunismo parasitário em campanhas de relações públicas para engodar e enganar a sensibilidade dos cidadãos. Por Domingos Kambunji Os Metenojo Parasitas Larápios Aviltantes foram, numa campanha de marketing, distribuir falsa caridade no bairro de…

Leia mais

Compromissos assinam-se. Quanto a cumpri-los…

Angola tem assumido, segundo a secretária de Estado para os Direitos Humanos e Cidadania, Ana Celeste Cardoso Januário, o compromisso de garantir o acesso aos mais elementares serviços públicos, nomeadamente a água potável, saneamento, energia eléctrica, saúde, educação e habitação, cumprindo assim as recomendações dos direitos humanos em Angola. Se em vez de assumir o compromisso de garantir… garantisse mesmo, tudo seria diferente. Essa afirmação foi feita pela secretária de Estado para os Direitos Humanos e Cidadania, Ana Celeste Cardoso Januário, na abertura do debate público sobre as Recomendações do…

Leia mais