Buracos comeram as estradas

A Sonangol, petrolífera estatal angolana, rejeitou hoje que exista falta de combustível em algumas províncias do país, entre as quais Zaire, Lunda Norte e Lunda Sul, atribuindo a dificuldade em repor alguns produtos ao mau estado das estradas. Por outras palavras, dificuldades em repor não significa falta… Em declarações emitidas pela rádio pública de Angola, o porta-voz da Sonangol, Dionísio Rocha, referiu que o ciclo de importação de combustíveis está a funcionar de acordo com as previsões da empresa, garantindo que há combustível suficiente para o país, país suficiente para…

Leia mais

Em vez de ser aos poucos, morramos de uma só vez

O presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Sebastião Pai Querido Gaspar Martins, disse hoje, em Luanda, que está concluído o trabalho técnico para a retirada de subsídios aos combustíveis, cabendo agora a decisão final ao governo. O aumentou do preço dos combustíveis vai ajudar à implosão da vida dos angolanos. Os subsídios custam à petrolífera do Estado cerca de 1,6 milhões de euros anuais e sua estrondosa actualização é uma questão na ordem do dia há alguns anos. “Todo o trabalho técnico está feito e agora cabe a concertação…

Leia mais

Saída da Sonangol da Enco lança pânico em São Tomé!

O primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus, manifestou hoje preocupação face à decisão da Sonangol de vender as suas acções na Empresa de Combustíveis e Óleo (Enco), mas garantiu que o seu Governo vai conseguir “adaptar-se à conjuntura”. “V amo-nos adaptando à conjuntura […] Certamente vamos acompanhar com preocupação, são processos de soberania e vamo-nos adaptar”, disse Jorge Bom Jesus à Lusa, durante a visita a uma feira agro-pecuária organizada pelo Ministério da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural, para assinalar o Dia das Nacionalizações. No dia 20 de Setembro a petrolífera…

Leia mais

Sonangol pode ter 20% dos novos poços de petróleo

O ministro dos Recursos Naturais e Petróleo de Angola, Diamantino Azevedo, diz que a Sonangol vai poder ter uma participação de 20 por cento nas descobertas futuras de petróleo, protegendo assim a petrolífera nacional depois da reestruturação. “A Sonangol tem esse direito de preferência”, disse o governante, assumindo tratar-se de uma tentativa de proteger a companhia petrolífera angolana, empresa âncora do regime ou, como diz o Presidente João Lourenço, a “galinha dos ovos de ouro”. Em declarações aos jornalistas em Luanda, citadas pela agência de informação financeira Bloomberg, Diamantino Azevedo…

Leia mais

Mega aumento da energia invade o país já no dia 15

O Governo angolano adiou para 15 de Julho a entrada em vigor do aumento (como exige o Fundo Monetário Internacional) do tarifário da energia, que sofre um reajuste até 97%, deixando o Estado de a subvencionar, informou o Ministério das Finanças. Na electricidade, “categoria doméstica monofásica”, onde se encontram integrados a maioria dos consumidores, o aumento será de 66%. Um comunicado de imprensa do Ministério das Finanças refere que a implementação do Novo Regime Tarifário da Energia Eléctrica deveria vigorar desde o passado dia 24 de Junho, mas “por razões…

Leia mais

Pai Querido dá garantias: combustíveis para 12 meses

A petrolífera estatal angolana Sonangol indicou hoje ter garantido o fornecimento de combustíveis para os próximos 12 meses em Angola, depois de concluído um processo de contratação para a importação de produtos refinados, iniciado em Fevereiro passado. Para já o fantasma chamada “exoneração” regressou ao fundo da gaveta do Presidente João Lourenço. Por quanto tempo? Em comunicado, a Sonangol não adianta os valores negociados com os vencedores do concurso, a Totsa (do Grupo Total Oil Trading), para a gasolina, e a Trafigura (empresa de negociação de matérias-primas holandesa), que será…

Leia mais

Presidente descobre elixir
– Refinarias já e em… força!

O Presidente angolano, João Lourenço, descobriu finalmente o elixir daquilo que há muito deveria estar a fazer, governar. Não se sabe se a quantidade desse infalível remédio é suficiente para evitar que o doente morra, mas urge tentar. Assim, pediu hoje ao novo Conselho de Administração da Sonangol maior velocidade no processo de construção de refinarias em Angola, para que “jamais se repitam os momentos difíceis” da escassez de combustível que o país atravessou. João Lourenço, que falava na cerimónia de tomada de posse do novo Conselho de Administração da…

Leia mais

Exonerado Conselho de Administração da Sonangol

O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, no uso das prerrogativas constitucionais e apoiado na Lei de Bases do Sector Empresarial Público, exonerou todas as entidades que integram o Conselho de Administração da SONANGOL-EP, para o qual haviam sido nomeados através dos decretos presidenciais de 15 de Novembro de 2017 e 12 de Janeiro de 2018. Tratam-se nomeadamente de: Carlos Saturnino Guerra Sousa e Oliveira, exonerado do cargo de Presidente do Conselho de Administração; Sebastião Pai Querido Gaspar Martins; Luís Ferreira do Nascimento José Maria; Carlos Eduardo Ferraz de…

Leia mais

Bem-vindo ao país real!

O Presidente angolano, João Lourenço, está “agastado” (malditos marimbondos) com a crise de combustíveis em Angola, disse hoje fonte oficial, indicando que o assunto vai ser debatido na Presidência da República. Será caso para exonerar Isabel dos Santos da Sonangol? Ah! Pois é. Ela já lá não está… Sem adiantar pormenores, a fonte salientou que a falta de combustíveis, que está a afectar todo o país desde a passada sexta-feira, vai gradualmente paralisando todos os sectores produtivos em Angola e está a originar graves problemas de energia, sobretudo nas províncias…

Leia mais