O Senhor está convosco
(Ele está no meio de nós)

O arresto das participações da empresária angolana (não tardará muito vão chamar-lhe empresária russa…) Isabel dos Santos em empresas nacionais é minimizada por clientes, que alegam que o processo é uma questão judicial e não uma acção política de perseguição à filha do ex-presidente de Angola. Com ou sem conhecimento de João Lourenço, a campanha de intimidação do MPLA está aí com toda a sua força e, legitimamente, ninguém se atreve a criticar as decisões do “querido líder”. Clientes de empresas de Isabel dos Santos em Angola, cujas participações foram…

Leia mais

No reino, protestar é crime
e não protestar… também é

O porta-voz do Ministério do Interior de Angola, Valdemar José, afirmou que os serviços de inteligência angolanas estão atentos às manifestações previstas para os próximos dias e avisou para as consequências das mesmas, se a lei for violada. Ainda bem que avisa. Assim se comprova, mais uma vez, que segundo o MPLA a única forma de não violar a lei é não fazer manifestações. Mas, mesmo não as fazendo, podem esta a violar a lei porque, segundo a tese do partido que nos governa há 44 anos, não fazer manifestações…

Leia mais

MPLA (não) discute o caso “Tchizé” na praça pública

O chefe de Estado de Angola, João Lourenço, considerou hoje que a ausência do Parlamento, há mais de 90 dias, de “Tchizé” dos Santos, deputada do seu partido, o MPLA, deve ser esclarecida pelo Presidente da Assembleia Nacional. E, é claro, o Presidente do MPLA (João Lourenço) está de acordo… “E u acho que é uma questão a ser respondida pelo presidente da Assembleia Nacional (Fernando Piedade Dias dos Santos “Nandó”), respondeu João Lourenço, nada mais adiantando sobre a situação em que se encontra a deputada do MPLA. No dia…

Leia mais

O desfasamento do Sobrinho Madaleno

A classe jornalística conhece algumas façanhas da família Madaleno, e por isso as declarações do principal rosto desta família não deveriam surpreender tanto os jornalistas como temos visto. Por Sedrick de Carvalho Os Madaleno não são visados pelos órgãos de comunicação obviamente porque o controlo político que há sobre a esmagadora maioria dos órgãos, desde os estatais aos privados, nunca permitiu, e também, embora pouco perceptível, pela chamada “solidariedade profissional”, pois a família é dona de vários jornais. Mas o Folha 8 e o Maka Angola sempre denunciaram as falcatruas…

Leia mais

CASA condena intimidação
da CNE por ordem do MPLA

A CASA-CE condenou hoje a ameaça do MPLA, feita pela voz da sua sucursal eleitoral (a Comissão Nacional Eleitoral – CNE) de abrir processos disciplinares aos comissários representantes de partidos da oposição que se demarcaram dos resultados provisórios das eleições em Angola divulgados pela CNE. Eis, na íntegra o comunicado Conselho Presidencial da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE): “1. O Conselho Presidencial da CASA-CE se solidariza com todos os mandatários e comissários afectos ao processo eleitoral, condena e repudia com veemência a ameaça da Comissão…

Leia mais

O terror(ismo) do regime

O Ministro do Interior angolano considerou hoje que pensar que Angola está imune a uma acção terrorista “é um acto de inocência absoluta”, aludindo às novas formas de actuação, como os atropelamentos e ataques mais direccionados. Ao contrário do que pensa Ângelo Veiga Tavares, não somos matumbos. Por Orlando Castro “T odos nós devemos estar conscientes de que uma situação de acto terrorista pode acontecer em Angola, da mesma forma que está a acontecer noutros países”, disse Ângelo Veiga Tavares, em declarações emitidas pela rádio pública angolana. O governante angolano…

Leia mais

Filho do general Pakas vítima de intimidação

Hollywood Mendes de Carvalho tem 17 anos. Aquilo que lhe aconteceu, no passado dia 7 de Dezembro, parece tirado de um filme. Mas não é. Por Rafael Marques de Morais (*) Eram perto das duas da madrugada quando o rapaz foi atacado na sua residência, na Comuna do Catete, município do Icolo e Bengo. Os assaltantes ataram-lhe as mãos aos pés com braçadeiras e cabos de electricidade. Ele sentiu três picadas nas costas, de três injecções que lhe administraram. A toalha de banho, que trazia ao ombro enquanto saía da…

Leia mais

Indícios de sequestro das eleições de 2017

“O soba Ngana Mussanga, do MPLA, veio com 20 jovens armados com paus. Deu-me chapadas na cara, enquanto os jovens me agarravam. Atiraram-me ao chão, apertaram-me nas mãos e nos pés, para não me soltar, e o soba começou a espancar-me com uma moca na cabeça.” Por Rui Verde (*) É assim que Pedro Muiungulenu Zambicuari, fiscal do registo eleitoral da UNITA, descreve as agressões de que foi alvo na província da Lunda-Norte. Infelizmente, este é um de entre vários incidentes que fazem levantar sérias dúvidas sobre a transparência das…

Leia mais

Polícia tentou impedir visita de Mavungo a Benguela

Terminou hoje, 24 de Julho de 2016, a visita de José Marcos Mavungo, activista dos direitos humanos, a Benguela, enquadrada no quadro da campanha de solidariedade levada a cabo pelo Grupo de Trabalho e de Monitoria dos Direitos Humanos (GTMDH). Na agenda da visita, estava programado um encontro com os Jornalistas e um debate sobre a situação dos Direitos Humanos em Cabinda, a participação na manifestação que tinha por objectivo “exigir medidas eficazes contra a inflação e a actual carestia da vida”, entre outras actividades. Programada pelo Movimento Revolucionário de…

Leia mais

Não se iludam

O regime angolano, que não os angolanos, continua as ameaças. Somos, como muitos outros, culpados de tudo até prova em contrário. Isso nunca nos impedirá de continuar a luta para que Angola seja uma Democracia e um Estado de Direito. Não se iludam. A luta continua e a vitória (lembram-se?) é certa. Por Orlando Castro L uvualu de Carvalho, embaixador itinerante de José Eduardo dos Santos, bem como José Marcos Barrica (embaixador em Portugal), têm andado muito activos na recolha de informações sobre o Folha 8. Vão, aliás, dizendo que…

Leia mais