“Descoberta” vacina para
o vírus que mata milhões

Actualmente, a nível mundial, cerca de 149 milhões de crianças com menos de cinco anos têm um crescimento deficitário por causa da falta de alimentos. Esta é uma forma, politicamente correcta mas miserável, de dizer que passam fome. O continente que mais sofre é o africano e Angola não deixa os seus créditos por barrigas (vazias) alheias. Milhões delas morrem, apesar de este ser um vírus que tem vacina conhecida e 100% eficaz. Chama-se “comida”. A fome no mundo está a aumentar há três anos consecutivos, tendo afectado mais de…

Leia mais

Embora não exista fome,
ela continua a matar
as crianças angolanas

Mais de 360 crianças morreram devido a malnutrição este ano na província angolana da Huíla, segundo dados do departamento provincial de saúde pública local. Os dados apontam que de Janeiro à presente data foram registados um total de 3.366 casos, dos quais 364 resultaram em óbitos. O número, quer de casos quer de óbitos, considerado elevado pelas autoridades sanitárias locais, constituem uma preocupação, pelo que o Ministério da Saúde em parceria com a World Vision e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) estão a realizar um estudo…

Leia mais

Uma grávida ou um bebé morre a cada 11 segundos

Portugal continua a ter das mais baixas taxas de mortalidade de crianças até aos cinco anos, com três mortes em cada mil nascimentos em 2017, contra 12 em 1990. Angola reduziu a mortalidade infantil a um ritmo anual de 3,8% (passando de 126 mil mortes em 1990 para 94 mil em 2018) e a Guiné-Bissau 3,6% (com uma redução de 10 mil para 5 mil mortes durante este período), segundo estimativas da OMS e da UNICEF hoje divulgadas. Os dados fazem parte das novas estimativas para a mortalidade infantil e…

Leia mais

Neto deve ser o primeiro vencedor do prémio
dos direitos humanos

O governo angolano prevê instituir, em breve, o Prémio Nacional de Direitos Humanos no sentido de estimular os diferentes actores que trabalham em prol da sua promoção e protecção no país, informou esta terça-feira, em Luanda, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz. O prémio passará a ser atribuído pelo referido ministério no dia 4 de Abril, data das comemorações do Dia da Paz em Angola, às pessoas físicas ou jurídicas que tenham contribuído, com destaque para a protecção, promoção e aprofundamento dos direitos humanos e da…

Leia mais

Estatísticas eufemísticas do re(i)gime ditatorial

Foram publicadas, recentemente, estatísticas sobre a mortalidade infantil, efectuadas pelo governo do re(i)gime angolano. Os dados são tão brilhantes e cintilantes que quase nos querem convencer de que o governo de José Eduardo dos Santos foi capaz de ressuscitar os muitos milhões de mães e crianças pobres abandonadas que morreram durante os seus 37 anos como ditador. Por Veríssimo Kambiote Esta divulgação de resultados trouxe-nos à memória um acontecimento cómico, a propaganda de um sindicato comunista acerca da adesão a uma greve que convocou e teve fraca adesão por parte…

Leia mais

Criminosa mentira do regime angolano

VEJA O VÍDEO. O governo do MPLA reitera a mentira, uma das muitas com que alimenta a sua máquina repressora. Ajudado por alguma comunicação social que pensa com o umbigo, procura que a mentira dita muitas vezes acabe por se tornar verdade. Por Orlando Castro Os dados da mortalidade infantil são a mais cabal prova dessa monstruosa mentira. No passado dia 16 escrevemos que “O ministro da saúde mente” e, hoje, perante a conivência criminosa dos media que confundem a propaganda com informação, voltamos a reafirmar que o ministro da…

Leia mais

Angola lidera mortalidade infantil. Regime ri e assobia

Uma em cada seis crianças angolanas morre antes de completar cinco anos. Os dados da Unicef levaram Nicholas Kristof, colunista do The New York Times, até Angola para perceber este problema. O dono do país, José Eduardo dos Santos sorri e a comunidade internacional aplaude-o. “E ste é um país repleto de petróleo, diamantes e milionários que conduzem Porsches e crianças a morrer à fome”, diz inicia Nicholas Kristof na sua reportagem sobre a mortalidade infantil em Angola. Para além dos números preocupantes relativos à mortalidade infantil, os dados indicam…

Leia mais

Saúde pela hora da morte

Saúde pela hora da morte - Folha 8

O lançamento do primeiro portal angolano sobre saúde e bem-estar, inicialmente marcado para esta terça-feira (dia 16), em Luanda, foi adiando para a próxima segunda-feira (22). Isso não impede que a saúde da esmagadora maioria dos angolanos esteja pela hora da… morte, ou que Angola seja o país lusófono com a maior taxa estimada de mortalidade de menores de cinco anos (167 mortes em cada mil crianças nascidas vivas). Por Orlando Castro A equipa do “Portal Saúde Angola”, designação formal do projecto, informa que, entre outras razões, “o evento foi…

Leia mais