Cinema Anti-racista no Porto

Cinema Anti-racista no Porto

O pequeno auditório do Rivoli Teatro Municipal, no Porto (Portugal), vai receber entre os dias 17 e 19 de Outubro a primeira Mostra Internacional de Cinema Anti-racista, que vai exibir 11 filmes, entre os quais três estreias em Portugal. O evento é uma iniciativa de entrada livre do SOS Racismo em parceria com a Fare Network e que conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto. A Mostra Internacional de Cinema Anti-racista vai abrir, às 21:00 de sexta-feira, dia 17 de Outubro, com “Kunta”, de Ângelo Torres, e “SOS Save Our Souls”,…

Leia mais

O regresso de Trovada e Fradique

As eleições legislativas de São Tomé e Príncipe, no dia 12, são marcadas pelo regresso do primeiro-ministro deposto, Patrice Trovoada, enquanto os partidos que, na oposição, se uniram para derrubar o seu governo avançam agora sozinhos. Doze partidos participam na corrida eleitoral, que permitirá escolher os deputados que ocuparão os 55 lugares na Assembleia Nacional, após a deposição, em 2012, do governo de Patrice Trovoada, eleito dois anos antes. Os três partidos da oposição na Assembleia Nacional uniram-se para aprovar a moção de censura que faria cair o governo de Patrice Trovoada (Acção…

Leia mais

Sem rasto de frango com salmonela

As equipas multissectoriais que procuram, em Angola, dois lotes de frango congelado proveniente da Bélgica infectado com salmonela ainda não encontraram qualquer rasto do produto no país. A informação foi prestada pela ministra do Comércio, Rosa Pacavira, depois de o Instituto dos Serviços de Veterinária (ISV) ter ordenado, na quarta-feira, a retirada do mercado deste tipo de frango. “Estamos já há uma semana a bater os armazéns e áreas onde se está a fazer a venda deste tipo de produto, mas o certo é que não encontramos nenhum lote dos que a União…

Leia mais

“Poderes excessivos do Presidente são extremamente perigosos”

Podia ser, e até com mais propriedade, em Angola. Mas não. A afirmação refere-se a Moçambique. No que se aplicar pode, contudo, ser comparada com a situação de José Eduardo dos Santos. Recorde-se, todavia, que Moçambique já teve vários presidentes eleitos… O líder do MDM (Movimento Democrático de Moçambique) quer reduzir os “excessivos poderes do Presidente da República”, por serem “extremamente perigosos”, tornando o chefe de Estado numa figura que gera o medo entre os moçambicanos. “Estamos a falar das nomeações dos magistrados, dos reitores das universidades e até de alguns directores. Esses poderes…

Leia mais

Barrica desafia a Universidade de Lisboa

O embaixador angolano em Portugal, José Marcos Barrica, manifestou o desejo de ver o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade de Lisboa incrementar a sua cooperação com instituições académicas do ensino superior de Angola. O diplomata expressou este anseio durante uma visita que efectuou à instituição, a convite do seu presidente, Manuel Meirinho, com quem trocou impressões sobre vários aspectos, mormente o processo de desenvolvimento em curso em Angola. Na ocasião, o diplomata transmitiu os esforços que estão a ser empreendidos pelo Executivo angolano nos domínios de reconstrução e edificação…

Leia mais

Em África faltam (bons) professores

Em África faltam bons professores

A contratação de professores com pouco ou nenhuma experiência, por conta da escassez global de profissionais da área, está a reduzir o progresso educacional de muitas crianças em idade escolar, de acordo com o alerta da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Tomando como motivo a comemoração do Dia Mundial do Professor no próximo domingo, a UNESCO relatou que pelo menos 93 países sofrem de escassez severa de professores, sendo a situação na África Subsaariana a mais grave. Cerca de 4 milhões de professores devem ser…

Leia mais

Dolly Menga chamado à selecção

Dolly Menga chamado selecção

O avançado do Sport Lisboa e Benfica B, Dolly Menga, contratado esta época pelo clube da Luz, foi convocado pelo seleccionador angolano, Romeu Filemon, para a próxima jornada dupla de apuramento para a Taça das Nações Africanas (CAN) de 2015. Além de Dolly Menga, de 21 anos, o seleccionador angolano voltou, esta quinta-feira, a repetir a convocatória de Freddy, do Belenenses, num grupo de 25 jogadores, em que apenas 13 actuam no Girabola, segundo informação enviada pela Federação Angolana de Futebol (FAF). O líder do Girabola, o Recreativo do Libolo – com Landu,…

Leia mais

Existe democracia? “Sim”, diz o MPLA. “Não”, dizem todos os outros

As forças opositoras ao MPLA, partido que governa Angola desde 11 de Novembro de 1975, dizem haver um grande défice de  princípios democráticos no país. O partido no poder realça os ganhos da paz para o país. Um grupo de ONGs organizou a conferencia sobre a paz, reconciliação nacional e democracia. A organização pretendia ouvir a versão dos três movimentos de libertação nacional, hoje partidos, sobre a paz, o processo de reconciliação nacional e da democracia em Angola. O historiador Almerindo Jaka Jamba a representar a UNITA  considerou haver ainda muito por fazer,…

Leia mais

Vírus da Sida “nasceu” em Kinshasa há 100 anos

A Sida surgiu nos anos 20 do século passado, em Kinshasa, na actual República Democrática do Congo, conclui um estudo hoje publicado pela revista Science e que teve dois portugueses na equipa que o fez. Com o título “The early spread and epidemic ignition of HIV-1 in human populations” (“O início da disseminação e propagação epidémica do HIV-1 em populações humanas”), o extenso artigo vem provar que o primeiro vírus que provoca a Sida, o HIV-1, surgiu no antigo Congo Belga, uma novidade em relação a todos os estudos sobre a epidemia.…

Leia mais

Vacina contra cancro do colo do útero em 2015

O calendário nacional de vacinação em Angola vai contar com a vacina contra o vírus do Papiloma Humano, para protecção contra a maior parte dos cancros do colo do útero, a partir de 2015. O anúncio foi feito hoje pelo ministro da Saúde angolano, José Van-Dúnem, na abertura da 10ª conferência internacional sobre a situação do tratamento do cancro nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), que decorre em Luanda até sexta-feira. O governante acrescentou que esta estratégia está definida no Plano Nacional para Desenvolvimento Sanitário (PNDS) de 2012-2015, projectando-se a introdução…

Leia mais