MAIS VALE TARDE… SE FOR PARA VALER

O activista e jornalista Rafael Marques acusou hoje o Presidente angolano (igualmente Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo), general João Lourenço, de ter iludido o país com falsas promessas, levando a sociedade do sonho ao desespero e passando de Messias a Judas em cinco anos. director do site Maka Angola, em que denuncia vários casos de corrupção, interveio hoje no III Congresso Internacional de Angolanística, em Lisboa, lembrando que João Lourenço chegou à presidência em 2017, após quase quatro décadas de José Eduardo dos Santos no poder, permitindo…

Leia mais

QUANDO O ZIGUEZAGUE PROVOCA TORCICOLOS

Rafael Marques, activista dos direitos humanos, denunciou hoje, num fórum em Washington, o que o Folha 8 (entre outros) tem denunciado por diversas vezes. Ou seja, que o Judiciário “tornou-se um epicentro da corrupção” em Angola e acusou o Presidente, João Lourenço (de quem recebeu uma condecoração), de retaliar politicamente contra inimigos pessoais. o Fórum da Sociedade Civil, um evento integrado na Cimeira Estados Unidos da América (EUA)-África, Rafael Marques teceu duras críticas ao sistema “de patrocínio e recompensa” existente em Angola, “que promove a corrupção”. Dando como exemplo a…

Leia mais

VINTE ANOS SEM TIROS E SEM PAZ

O activista luso-angolano Luaty Beirão considera que 20 anos depois do calar das armas em Angola falta ainda alcançar a paz social e critica o uso da paz como “arma de arremesso” pelo partido do poder há 46 anos (o MPLA) que constantemente recorda “que ela é frágil”. Já Rafael Marques, o activista condecorado por João Lourenço, considera que a captura do Estado impediu que Angola desenvolvesse o factor humano após a conquista da paz, lamentando que prevaleça uma “mentalidade de saque”. Há 20 anos, em 4 de Abril de…

Leia mais

DO OVO DE RAFAEL À RODA DE MARQUES

O activista político Rafael Marques propôs, ao Presidente da República, João Lourenço, com cópia ao Presidente do MPLA, João Lourenço, e ao Titular do Poder Executivo, João Lourenço, a implementação de uma reforma agrária no país para aumentar a produção agrícola, e, em função disso, combater a fome em algumas zonas do território nacional. É uma espécie (anã) de Ovo de Rafael, já que o de Colombo está fora de validade… O também, consta, jornalista de investigação apresentou a ideia durante a audiência que o Chefe de Estado concedeu, em…

Leia mais

COM O MPLA NADA SE PERDE, (QUASE) TODOS SE COMPRAM

Em Março de 2019, Rafael Marques afirmou que a retirada das queixas contra o antigo gestor do fundo soberano de Angola, Jean-Claude Bastos de Morais, foi “a primeira declaração oficial de impunidade” concedida pelo presidente João Lourenço. Mas como com este MPLA tudo (ou quase) tem preço, se calhar o seu Presidente vai reactivar o Ministério da Comunicação Social. E potencial ministro já tem… Rafael Marques investia em – como diz o povo – “mijar fora do penico” do novo presidente. No entanto, João Lourenço fez com que ele acertasse…

Leia mais

A luta continua?

Martin Luther King terá dito que “O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons”. “Terá dito”? Sim. Ao que parece, os peritos do MPLA (especialistas do mais reputado gabarito internacional) estão prestes a provar, comprovar e decretar que o verdadeiro autor dessa frase é António Agostinho Neto. Martin Luther King terá dito, isso sim, “não vamos perder tempo com julgamentos”… Regressemos ao mundo real. Luaty Beirão é (há quem corrija dizendo que… foi) um marco na luta pela democracia real em Angola. Provavelmente…

Leia mais

Rafael explica e resolve!

Rafael Marques, ex-jornalista, activista cívico e “consultor” oficioso do Gabinete do Presidente da República, João Lourenço, considerou a nomeação da filha do Presidente angolano para um cargo público (administradora executiva da BODIVA) como “uma distracção evitável e corrigível”, referindo que o processo, que não considerou nepotismo, “é desaconselhável”. Por Orlando Castro (*) “P rimeiro, é preciso esclarecer que não é uma nomeação feita pelo Presidente, aliás a filha de João Lourenço, já antes de ele ser Presidente, exercia uma função no Ministério das Finanças. Mas do ponto de vista da…

Leia mais

De braço dado com Rafael

A empresária Isabel dos Santos afirmou hoje que a realização do julgamento do processo que interpôs contra a ex-eurodeputada socialista Ana Gomes “já por si é uma vitória” e que pretende “limpar” em tribunal o seu nome de “sucessivas calúnias”. Rafael Marques é testemunha de Ana Gomes que, hoje, meteu no mesmo saco de corruptos o grupo português Global Media (Diário de Notícias, Jornal de Notícias e TSF, entre outros). Numa declaração à agência Lusa, a propósito do julgamento que arrancou hoje, em Sintra, do processo cível que a empresária…

Leia mais

Não é com vinagre que JLo “caça” moscas e mosquitos

O activista angolano Rafael Marques afirmou em Março passado que a retirada das queixas contra o antigo gestor do fundo soberano de Angola, Jean-Claude Bastos de Morais, é “a primeira declaração oficial de impunidade” concedida pelo presidente João Lourenço. O activista teimava em – como diz o povo – “mijar fora do penico” do novo presidente. João Lourenço fez com que ele acertasse a pontaria. Primeiro recebeu-o em audiência, “nomeou-o” seu porta-voz e depois condecorou-o. Remédio santo! “P assei anos a investigar e a expor este vigarista. Jean-Claude Bastos de…

Leia mais

“Não haverá mais fome”

O líder do MPLA (partido que governa Angola desde 1975), presidente da República (não nominalmente eleito), Titular do Poder Executivo e dono de Angola, João Lourenço, não brinca em serviço e não comete os mesmos erros de José Eduardo dos Santos. Comete outros. Ambos pensando que somos todos matumbos. Por Orlando Castro O mais paradigmático e recente exemplo da estratégia de João Lourenço, embora seja uma espécie de onça escondida com o rabo de fora, foi trazida a público por Rafael Marques: “O presidente da República, João Lourenço, enviou-me uma…

Leia mais