CAFÉ? PERGUNTEM AOS TUGAS!

Angola colhe anualmente 6.500 toneladas de café para atender o mercado interno e externo, informou hoje, em Calandula, o secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Castro Camarada. Em 1974, Angola era auto-suficiente face à diversificação da economia e era o segundo produtor mundial de café Arábico. alando durante a abertura da Campanha Nacional de Colheita do Café, Castro Camarada disse que a cifra colhida é produzida na sua maioria pelo sector familiar. Precisou que essa produção tem envolvido cerca de 17 mil produtores e abrange uma área de 36…

Leia mais

SE A INCOMPETÊNCIA FOSSE COMIDA…

Angola mantém-se com apenas 17,2% de terra cultivada dos 35 milhões de hectares aráveis de que o país dispõe, confirmou o ministro da Agricultura e Florestas, António de Assis. Mas, dada a genialidade do MPLA, Angola apenas e só gasta… 200 milhões de dólares mensais para importar alimentos. o dissertar o tema “Estratégias para o fomento da produção alimentar”, na 3ª Conferência Angola Economic Outlook (AEO), o governante referiu que somente dois por cento (130 mil hectares) da área total cultivada é feita por sistema de irrigação, enquanto o restante…

Leia mais

MPLA SÓ “APRENDE” COM QUEM SABE MENOS

O Centro Agro-florestal da Quinta Portugal, projecto da cooperação portuguesa em Timor-Leste, está a ajudar a pesquisar e a desenvolver no país a produção de café, considerado um dos melhores do mundo, orgânico e resistente às alterações climáticas. Em Angola a produção de café deve crescer anualmente 1,5% até 2025 e 90% do total é feita por pequenos produtores familiares. a Quinta Portugal foram plantados cerca de cinco hectares de pés de café, três de arábica e dois de robusta, que são utilizadas não com o objectivo de vender café…

Leia mais

UM MILHÃO DE LITROS DE VINHOS DO ALENTEJO. SÓ?

Angola é actualmente o quinto mercado de destino dos vinhos do Alentejo (Portugal) que exportaram para o nosso país um milhão de litros em 2023, anunciou a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA). rancisco Mateus, presidente da Direcção da CVRA, citado no comunicado, afirma que “com 30% da produção de vinho da região do Alentejo a ter como destino a exportação, Angola tem ocupado um lugar de destaque nos mercados internacionais. Actualmente, é o 5.º mercado de destino dos vinhos alentejanos”. Em termos de valor, as exportações para Angola representaram um…

Leia mais

CAFÉ CONTINUA A SER NEGRO. OS CONTRATADOS TAMBÉM

O Banco de Fomento de Angola (BFA) financiou, desde 2021, até agora, 39 planos de negócios agrícolas, avaliados em dois mil milhões de kwanzas, inseridos no Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Comercial de Angola (PDAC). directora de agro-negócio do BFA, Maria Nogueira, apresentou estes dados, em Luanda, por ocasião da realização do Seminário da Formação de Avaliação de Projectos de Investimento no Agro-negócio, promovido no âmbito do PDAC, em parceria com o Banco Mundial (BM) e Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). A gestora referiu que os planos de negócio agrícola…

Leia mais

PATRÃO, OLHA SÓ NOS DIAMANTES!

A produção diamantífera em Angola caiu 21% em 2023, reflectidas nas receitas brutas das exportações de 1,5 mil milhões de dólares (1,3 mil milhões de euros), redução de 20% em relação a 2022, anunciou hoje fonte oficial. s dados foram avançados pelo secretário de Estado dos Recursos Minerais, Jânio Correia Vítor, justificando a queda da produção, neste período, pelos serviços de optimização e condicionamento da central de tratamento do Sociedade Mineira do Luele e a reestruturação de alguns projectos. “A produção total realizada em 2023 representa uma diminuição de cerca…

Leia mais

INFLAÇÃO (DES)CONTROLADA TENDE A… PIORAR

O economista angolano, Wilson Chimoco, considera que a inflação em Angola está descontrolada, e que “nenhuma política pública vai conseguir pará-la enquanto não se assistir ao aumento da produção local”. É claro que, depois de se descalçarem para utilizar os dedos dos pés para contarem acima de dez, os peritos do MPLA dizem o contrário. m declarações hoje à Lusa, Wilson Chimoco disse que o Governo decidiu agravar as taxas aduaneiras, na mais recente actualização que fez, para a importação do arroz e trigo, para 40% e 20%, respectivamente, quando…

Leia mais

PRODUÇÃO DE PETRÓLEO CAIU 3,6%

A produção de petróleo em Angola caiu 3,6% no ano passado face a 2022, para 1,09 milhões de barris diários, de acordo com os dados da Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANPG). ê-se no site do regulador petrolífero de Angola, o segundo maior produtor da África subsaariana, que assim confirma uma quebra de 4,1% face à estimativa para Dezembro, que “a produção de petróleo de Angola para o mês de Dezembro foi de 34.798.255 barris, correspondendo a uma média diária de 1.122.524 barris de petróleo, contra 1.169.451 previstos” oficialmente.…

Leia mais

PRODUTIVO SIGNIFICA QUE PRODUZ?

O ministro de Estado para a Coordenação Económica, José de Lima Massano, anunciou este sábado, na comuna da Chipeta, município de Catabola, província do Bié, que o Executivo tem disponível 330 mil milhões de kwanzas para apoiar o sector produtivo este ano. Por saber fica (como habitualmente) o valor do montante que certamente irá para o “saco azul”. mporta, para facilitar a leitura aos peritos do regime, explicar que “saco azul” é um conjunto de valores que não entra nos registos contabilísticos legais e é usado para fins ilícitos ou…

Leia mais

ANGOLA BATE COM A PORTA DA OPEP

Por decisão do Presidente da República, João Lourenço, Angola deixa de pertencer a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) porque, de acordo com o Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, “Angola não ganha nada mantendo-se na organização”. Luanda rejeitou a quota atribuída pelo cartel, que previa uma redução, e que iria manter a meta de 1.180 mil barris por dia para 2024. Por Geraldo José Letras iamantino Pedro de Azevedo, a saída da Sessão do Conselho de Ministros que decorreu hoje, dirigida pelo Presidente da República, disse que…

Leia mais