De equívoco em equívoco até ao equívoco final

A justiça em Angola tem, na maioria das magistraturas, um vírus denominado “Jutoa” (justiça à toa), que resiste a todos os fármacos para o combater. A OMS, consultada várias vezes a Bayer e outros renomados laboratórios mundiais, já tentaram e fizeram experiências em animais e alguns humanos voluntários mas desconseguiram, ante as resistências dos glóbulos vermelhos do “Jutoa”, que contaminou o sistema judicial e judiciário angolano. Lamentável, realidade! A Procuradoria-Geral da República, o Conselho Superior da Magistratura do Ministério Público, ou um dos seus magistrados, ao ter tomado a decisão…

Leia mais

Sejamos (todos) feministas

Nem uma única mulher em escritórios, universidades ou escolas. Nenhuma nas ruas ou nos transportes públicos. Nem em lojas, restaurantes ou locais de entretenimento. Por um dia, o México tem que ser um país sem mulheres. Esta é a proposta de um colectivo de associações feministas para o próximo dia 9 de Março. Por Magdalena Sepúlveda (*) Sob o slogan #UNDÍASINNOSOTRAS, elas convocam uma greve nacional contra a violência de género, a desigualdade e a cultura do machismo. O apoio que conseguiram surpreendeu, ultrapassando as barreiras das classes sociais ou…

Leia mais

Caso único no mundo

O Presidente da República, João Lourenço, afirma que conseguiu o milagre de ter feito muito nos dois anos em que está, formalmente, a dirigir os destinos do país. É verdade. Em tão curto espaço de tempo já conseguiu pôr os rios a correr para o… mar. “Exigir do meu Executivo muito mais do que temos vindo a fazer, não parece justo nem realista sequer”, disse João Lourenço, acrescentando que “não há milagres, mas mesmo assim já conseguimos o ‘milagre’ de termos feito muito em pouco tempo”. De facto, o conceito…

Leia mais

Privatizar um Estado que
deve ser de todos é crime

A toponímia do actual governo não difere da do anterior, pelo contrário, curou de repristinar o que este tinha de pior, aumentando a dose de raiva, ódio, assassinatos de carácter moral e físico e julgamentos selectivos, contra os adversários internos e externos, para gáudio de uma justiça partidocrata, superiormente capitaneada. Por William Tonet Nessa óptica, o executivo parece fadado em vender o país ao capital estrangeiro, numa cumplicidade com o caos, a fome, o desemprego, a inflação, a alta taxa do câmbio, num apologético crime contra a economia e a…

Leia mais

O que há de errado em Angola?

Para não irmos mais longe debrucemo-nos no fim da II Guerra Mundial há muito menos de 100 anos por conseguinte e onde não havia internet, nem aparelhos de fax (quanto mais telemóveis), nem as fábricas tinham robots, ou o comércio fluía tão livremente ou o mundo era tão “global”. Por Brandão de Pinho Pela primeira vez na história da humanidade surgiram duas potências, supostamente figadais inimigas entre si, com tal desenvolvimento tecnológico militar que se uma delas iniciasse uma guerra a outra responderia e o mundo todo colapsaria como no…

Leia mais

Quem elogia… alcança!

Carlos Costa, o governador do Banco de Portugal, elogiou hoje o papel do banco central angolano na estabilização da economia de Angola, cujas políticas, “se forem bem feitas”, vão contribuir para um país mais próspero. “Se forem bem feitas”… Como diria La Palice, se Agostinho Neto não tivesse morrido… estaria vivo. Carlos Costa, que está em Luanda para participar em várias conferências e assinar um Acordo Geral de Cooperação entre o Banco Nacional de Angola e o Banco de Portugal, foi palestrante na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto,…

Leia mais

“Estás com o José
ou com o João?”

Um amigo do Luvemba, esteve no final de semana (12.10.19), em minha casa e, de repente, colocou a seguinte questão: – “Mano, estás com quem? Com o José ou com o João?” Atónito, respondi: “Com a democracia de viés africano”! “Por isso ele não te convidou, no Palácio, aquando da sociedade civil e não vai deixar de te perseguir. Mano deves estar com o João Lourenço, ele precisa da tua ajuda”, asseverou. Por William Tonet Infelizmente, a convicção de liberdade, não me permite seguir homens, principalmente, quando investidos de super-poderes.…

Leia mais

Sou legalista e não um defensor de ditaduras

O país, mergulhado numa profunda crise económico-social, precisa, urgentemente, de um novo rumo, de uma nova liderança, capaz de conclamar, sem as manias de superioridade, todas as franjas políticas e intelectuais, para um verdadeiro pacto de regime. Por William Tonet Defendemo-lo, pública e frontalmente, por coerência, verticalidade e patriotismo, ante o caos e a incapacidade de uma força partidária, por mais egoísta que seja, inverter a situação, em que ela mesmo colocou o país e os cidadãos. Ainda que não quisessem adoptar a nossa proposta, poderia optar em fazer uma…

Leia mais

Mega aumento da energia invade o país já no dia 15

O Governo angolano adiou para 15 de Julho a entrada em vigor do aumento (como exige o Fundo Monetário Internacional) do tarifário da energia, que sofre um reajuste até 97%, deixando o Estado de a subvencionar, informou o Ministério das Finanças. Na electricidade, “categoria doméstica monofásica”, onde se encontram integrados a maioria dos consumidores, o aumento será de 66%. Um comunicado de imprensa do Ministério das Finanças refere que a implementação do Novo Regime Tarifário da Energia Eléctrica deveria vigorar desde o passado dia 24 de Junho, mas “por razões…

Leia mais

Domingo de Páscoa. João deveria pedir… desculpa!

Hoje é dia de desapego. É dia de olhar, até ao limite do horizonte e abrir a mente e o coração, para o reencontro com o sonho divino. Hoje é Domingo de Páscoa. Como chefe indígena, no espírito da fé, da união do perdão e a preocupação de servir, Angola, os seus autóctones e a todos que a escolheram como Pátria, recomendo… Por William Tonet  Uma forte intercessão, para a união de todas as almas desavindas, a subirem o pedestal da humildade cristã, para abraçarem o objectivo maior: justiça, reconciliação,…

Leia mais