Académico português investigado por favorecimento de alunos dos PALOP

O advogado angolano Carlos Feijó é um dos visados no processo de investigação em Portugal que envolve o constitucionalista Jorge Bacelar Gouveia. Se houver ilicitude, analistas defendem retirada de títulos académicos. Por João Carlos (*) Jorge Bacelar Gouveia, professor catedrático da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (UNL), está a ser investigado por suspeita de envolvimento numa alegada teia de corrupção. De acordo com o Ministério Público, o académico português terá facilitado a atribuição de doutoramentos a alunos de alguns Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), nomeadamente…

Leia mais

Rei (de)posto… todos são valentes

A empresária angolana Isabel dos Santos e o marido, Sindika Dokolo, foram alvo de dois relatórios sobre actividades suspeitas em 2013 nos Estados Unidos da América, noticia hoje o Expresso, no âmbito de uma “investigação” do Consórcio Internacional de Jornalistas. Todos sabiam (até mesmo João Lourenço, vice-presidente do MPLA e ministro da Defesa de Eduardo dos Santos) mas ninguém piava. Isso é que é coragem… Esta notícia surge no âmbito de mais de 2.000 documentos bancários confidenciais (“FinCEN Files”) obtidos pelo BuzzFeed News e partilhados com o Consórcio Internacional de…

Leia mais

Só nós é que… sabemos!

O presidente da República (não nominalmente eleito), Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, afirmou hoje que Angola tem mais para oferecer do que petróleo, gás e diamantes, destacando que o país deve explorar todos os seus recursos. Tem toda a razão. Pode, por exemplo, oferecer os melhores peritos em corrupção e incompetência ou um genocida (Agostinho Neto) responsável por milhares e milhares de mortos e que é considerado herói nacional. João Lourenço, que falava hoje na inauguração do novo Instituto Geológico de Angola, em Luanda, destacou…

Leia mais

Multi(re)plicar promessas

Angola prevê ter concluído em Novembro o Polo de Desenvolvimento Diamantífero de Saurimo, um investimento de 68 milhões de euros que está a ser construído na província da Lunda Sul, contando com quatro fábricas de lapidação de diamantes. Na ausência de racionalidade económica, o Governo anuncia o que já fora anunciado, acrescenta-lhe umas vírgulas e, assim, vende gato por lebre. A estrutura foi aprovada pelo despacho presidencial nº36/19, de 25 de Março, foi apresentado hoje, em Luanda, numa cerimónia presidida pelo ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás angolano. Em…

Leia mais

Mais um híper diamante

A Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) anunciou hoje a descoberta de um diamante de 171 quilates na mina do Lulo, na província da Lunda Norte, que se encontra a trabalhar a 50 por cento devido à Covid-19, onde foi também encontrado o maior diamante de sempre em Angola. “A gema branca, extraída no bloco 6 da mina, é a 15ª de mais de 100 quilates recuperada no Lulo, a 2ª de mais de 100 quilates explorada em 2020, e a 4ª maior desde o início das operações”, adiantou…

Leia mais

Angola é o MPLA e os
generais são o MPLA!

O Supremo Tribunal Militar de Angola considerou que 200 antigos membros da 23ª Companhia de Comandos foram transferidos ilegalmente para uma empresa de segurança privada “Teleservice” na “Região Leste” por ordem de generais envolvidos em operações mineiras. Novidade? Nenhuma. Se Angola é o MPLA e o MPLA é Angola… está tudo dito. Recordemos, até porque nos honramos de fazer jornalismo com memória, o que aqui escreveu o nosso colega Sedrick de Carvalho, no dia 13 de Julho de 2018, sob o título «Criminosa segurança dos diamantes dos generais»: «A empresa…

Leia mais

MPLA promete chegar lá.
Onde? Isso nada importa!

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, destacou hoje os resultados obtidos com a reestruturação do sector diamantífero, assinalando que já se regista uma “melhoria” das receitas provenientes desta actividade, a par de novos investimentos. Lentamente o MPLA promete chegar lá. Se aos 44 anos que leva de governo juntar aí mais uns 56… chegará (presume-se) a bom porto. Na abertura da 1ª Conferência e Exposição Internacional sobre o Sector Mineiro Angolano, no Centro de Convenções de Talatona, o Titular do Poder Executivo (e também Presidente do MPLA) referiu…

Leia mais

Diamantes, é claro!

A Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam) e a parceira indiana KGK inauguram, segunda-feira, em Luanda, uma lapidadora de diamantes, num acto para o qual está anunciada a participação do ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo. É a diversificação económica segundo o melhor que o MPLA sabe fazer. Recorde-se que a fábrica de lapidação de diamantes na província diamantífera da Lunda Sul é num negócio, segundo contas de Março, de 79,31 milhões de dólares (70,6 milhões de euros). É, com certeza, um enorme contributo para a…

Leia mais

As estrelas do “Lago dos Diamantes” de Tchaikovsky

O Presidente russo, Vladimir Putin, vai discutir na quinta-feira, em Sochi, com o seu homólogo angolano, João Lourenço, o aprofundamento da “cooperação comercial e económica” entre os dois países, nomeadamente no domínio da extracção de diamantes, indicou o Kremlin. Ora aí está. Moscovo continua a entrar com a experiência e Luanda com os diamantes. No fim, os russos ficam com os diamantes e os angolanos com a experiência. “U m dos principais temas das conversações [entre os dois chefes de Estado] será a cooperação comercial e económica. O volume de…

Leia mais

Diamantes, seca, fome e…

Angola arrecadou uma receita bruta de 232, 8 milhões de dólares pela comercialização de 1,5 milhões de quilates de diamantes, no segundo trimestre de 2019, anunciou hoje a Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (SODIAM). Portanto, dirá João Lourenço, não se justifica o banzé com os 12 milhões de dólares que serão gastos para montar um ginásio e mobilar escritórios na Assembleia Nacional, nem com a construção do “Bairro do MPLA”, também conhecido como “Bairro dos Ministérios”… Segundo a SODIAM, o volume total de vendas corresponde a uma…

Leia mais