Ladrões bons, ladrões maus

O Presidente angolano, João Lourenço, tem o “rei na barriga” (isto significa presunção, pretensão ou vaidade) e, sob o manto diáfano da popularidade revolucionária, conquistada pelo voto fraudulento de um Povo obrigado a pensar com a… barriga, vai solidificando a sua estratégica posição de “quero, posso e mando” que, por regra, constitui o ADN dos ditadores. Reduzidas a cinzas as esperanças de 20 milhões de pobres, João Lourenço veio dizer-nos que estão programados “encontros ao mais alto nível” com os governos de países com que Angola pretende “intensificar” a cooperação,…

Leia mais

Quem com ferro mata…

A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola anunciou hoje a apreensão de mais imóveis do empresário Carlos Manuel de São Vicente, actualmente detido na cadeia de Viana (Luanda), incluindo um que servia de escritório ao antigo presidente da Sonangol, e vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente. Segundo um comunicado do Serviço Nacional de Recuperação de Activos da PGR foram apreendidos o Edifício Adli e Thyke Hotel (Tower) em Luanda, um imóvel adjacente ao terminal da transportadora rodoviária Macon, nas imediações do centro de sinistros do grupo AAA e os edifícios…

Leia mais

Orgia em fascículos

O ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, negou ter-se apropriado de 193 milhões de euros da Sonangol, como denunciou Mário Leite da Silva, antigo gestor de Isabel dos Santos, e apelida a acusação de “indecorosa manobra de diversão”. O antigo assessor da empresária Isabel dos Santos na Sonangol, Mário Leite da Silva, queixou-se junto de reguladores internacionais sobre um “contrato falso” que terá lesado a petrolífera angolana em 193 milhões de euros em 2005, dizendo que o documento faz parte do processo judicial de arresto de bens de Isabel dos Santos,…

Leia mais

PGR apreende, confisca, arresta e depois… investiga

A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola está a investigar a propriedade dos imóveis da China International Fund Angola, cuja apreensão foi anunciada na terça-feira no âmbito da recuperação de activos do Estado angolano. Primeiro “prende-se” e depois investiga-se. Não está mal. É, aliás, assim que se faz nas mais relevantes democracias do mundo, que o MPLA copia, casos da Coreia do Norte ou da Guiné Equatorial. Na terça-feira, como o Folha 8 noticiou, a PGR anunciou a apreensão de mais de mil imóveis inacabados, edifícios, estaleiros e terrenos na…

Leia mais

O embala o berço

Não é necessário ler a obra completa de William Shakespeare para ter conhecimento de uma frase que está na memória de toda a gente : “to be or not to be that is the question” (ser ou não ser é a questão). Na realidade João Melo pensa ser aquilo que não é. Um grande intelectual não é um qualquer contratado e assimilado conformista, que muda de ideologia de acordo com os ventos políticos que sopram a esfarrapada Bandeira do MPLA. Por Domingos Kambunji Um poeta angolano diz que os Senhores…

Leia mais

Nem água benta nem caldos de galinha

A TIAC – Portugal admite, à luz do “Luanda Leaks”, que o país “tudo fará para não devolver o dinheiro roubado” a Angola, dando o exemplo do processo movido pela Justiça portuguesa contra Manuel Vicente, escreve a DW. Karina Carvalho, directora executiva da Transparência Internacional – Associação Cívica (TIAC – Portugal) entende que Portugal e Angola têm responsabilidades partilhadas na prevenção e combate à corrupção, tal como o dever de cooperarem activamente na recuperação de activos, uma vez que fazem parte da Comissão das Nações Unidas contra a Corrupção. Mas,…

Leia mais

Verdade não, mentira sim!

“Vamos esperar que os cinco anos [fim da imunidade] decorram para daí podermos tirar ilações se a justiça [angolana] está, ou não, a mando do senhor Manuel Vicente e em que termos”, reage o general Hélder Pitta Grós, Procurador-Geral da República (do MPLA), naquela que é a mais emblemática anedota do regime dos últimos 44 anos. O general Hélder Pitta Grós admitiu esta sexta-feira que a investigação criminal ao ex-vice-presidente (da República) Manuel Vicente não avança enquanto o suspeito tiver direito a imunidade, cinco anos após o fim do seu…

Leia mais

O irritante, a irritante, os irritantes e a chantagem!

Em Novembro de 2017 o ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, avisou que enquanto o caso que envolvia a Justiça portuguesa e Manuel Vicente não tivesse o desfecho que João Lourenço queria, Angola “não se moveria nas acções de cooperação com Portugal”. Agora a história repete-se. Ou Portugal faz o que João Lourenço quer em relação a Isabel dos Santos, ou Angola voltará à chantagem. “Enquanto o caso não tiver um desfecho, o Estado angolano não se moverá nas acções, que todos precisamos, de colaboração com Portugal”, disse…

Leia mais

Generais políticos,
políticos generais

O Procurador-Geral da Republica de Angola, general Hélder Pitta Grós, disse esta quinta-feira à chegada a Lisboa que ia a Portugal pedir ajuda sobre “muita coisa”. Não esclareceu, nem era preciso, se isso incluía o caso Isabel dos Santos. Também hoje se ficou a saber que, segundo a Transparência Internacional, não se registaram melhorias no combate à corrupção no sector público em Portugal. “V im pedir ajuda de muita coisa”, disse Hélder Pitta Grós, quando questionado sobre se veio solicitar a colaboração das autoridades portuguesas na reunião que terá com…

Leia mais

Isabel? Sim. E os outros?

O Luanda Leaks acrescenta dados novos a suspeitas antigas. Ficam claramente demonstradas as origens corruptas do império de Isabel dos Santos e a forma como acumulou riqueza do povo angolano para enriquecimento pessoal e muitos dos prejuízos que isso causou ao povo angolano, de que o triste episódio da Areia Branca, em Luanda, é talvez o exemplo mais violento. Por João Paulo Batalha (*) Mas esta investigação não arranca a máscara apenas a Isabel dos Santos. Estão aqui documentadas as amplas redes de cumplicidade e identificados os capatazes da corrupção…

Leia mais