APENAS (E SÓ) CONTA O DINHEIRO!

A Organização dos países ACP e UE pede rapidez na adesão de 13 países. Não, o importante não é responsabilizar esses e todos os outros Estados mas, isso sim, pedir-lhes rapidez para que possam aceder a… financiamentos. As pessoas contam pouco ou nada. Importante são os cheques. epresentantes da Organização de Estados de África, Caraíbas e Pacífico e da União Europeia (OEACP-UE) apontaram hoje as vantagens do Acordo de Samoa para aceder a financiamento europeu, instando os 13 países ainda não signatários a acelerarem a adesão. Os responsáveis falavam hoje…

Leia mais

DESDE QUE MANDE O CHEQUE, O MPLA ELOGIA A UE

A União Europeia (UE) vai financiar quatro novos projectos em Angola nos domínios da economia azul, economia circular, sociedade civil e justiça e governança avaliados em 90 milhões de euros. Reconheça-se que, num país com mais de 20 milhões de pobres, o que mais fazia falta eram exactamente esta soluções. Só com o anúncio do financiamento o milho cresceu de forma invulgar, a malária diminuiu, e as crianças deixaram de ser geradas com fome, de nascer com fome e de morrer pouco depois com… fome. egundo a Rádio Nacional do…

Leia mais

COM O RÓTULO DA COOPERAÇÃO, EUROPA CONTINUA A ESCRAVIZAR ÁFRICA

A União Europeia tem uma autorização oficial do governo angolano para pescar gratuitamente nos nossos mares. Mas os pescadores angolanos estão expressamente proibidos de pescar nos mares da União Europeia. Aqui fica mais uma vez provado que os maiores carrascos do povo angolano são os malditos políticos. Por Malundo Kudiqueba utorizar que navios de pesca europeus explorem os mares africanos enquanto negam aos pescadores africanos o acesso aos mares europeus é um insulto contra todos africanos. Isso não é apenas uma questão económica, mas também uma afronta à dignidade e…

Leia mais

MAIS UM ELOGIO DO SIPAIO CRAVINHO

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, João Gomes Cravinho, velho amigo do MPLA e seu bajulador-mor, destacou hoje, em Luanda, o quadro de excelência das relações entre a União Europeia (UE) e Angola, que pretendem ver reforçadas. oão Gomes Cravinho lidera hoje na capital angolana a representação do Alto Representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, Josep Borrel, na 6.ª reunião ministerial no âmbito do Caminho Conjunto Angola-UE. O chefe da diplomacia portuguesa sublinhou, na abertura da reunião, que o mundo mudou…

Leia mais

EUA E UE PREPARAM-SE PARA COMER TUDO

O empenho de Angola, da Zâmbia e da República Democrática do Congo (RDC) em desenvolver o Corredor do Lobito – projecto cujo embrião radica no tempo colonial – mereceu o encorajamento dos Estados Unidos da América (EUA) e da União Europeia (UE), que se propõem lançar um estudo de viabilidade da linha ferroviária. Estudo que, recorde-se, já fora feito antes da troca de colonialistas portugueses pelos colonialistas do MPLA. uma declaração conjunta, EUA e UE reafirmam estar prontos em apoiar o desenvolvimento do Corredor, com o foco na nova expansão…

Leia mais

EUROPA, GABÃO E (JÁ AGORA) ANGOLA

O alto-representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell, considerou hoje que o golpe de Estado no Gabão, na quarta-feira, aconteceu depois de eleições “cheias de irregularidades”. Bestial ontem, besta hoje. Vários pesos e várias medidas… consoante os clientes. chefe da diplomacia europeia, à entrada para uma reunião informal dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE, na cidade espanhola de Toledo, disse que “os golpes de Estado militares não são a solução, mas não podemos esquecer que antes, no Gabão, houve eleições cheias de irregularidades”. O termo…

Leia mais

AMNÉSIA SELECTIVA DE JANNETTE SEPPEN

A União Europeia (UE) reiterou o seu contínuo (e ineficaz) apoio ao Governo angolano (do MPLA há 48 anos), nos projectos de desenvolvimento para a diversificação da economia que, como se sabe, é prometido há dezenas de anos e só foi alcançado quando Angola foi uma colónia/província de Portugal (até 1975). posição foi, mais uma vez, expressa pela embaixadora cessante da UE, Jannette Seppen, à saída de uma audiência no Palácio Presidencial, em Luanda, concedida pelo Presidente da República, general João Lourenço (que estava acompanhado pelo Presidente do MPLA e…

Leia mais

A(PRO)FUNDAR AS RELAÇÕES COM A UNIÃO EUROPEIA

O ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano, Rui Figueiredo Soares, sublinhou hoje a “importância e o valor” da Parceria Especial com a União Europeia, considerando que se trata de um “parceiro estratégico” de desenvolvimento. Em Angola a visão é diferente. Desde 1975 que o “parceiro estratégico” é o… MPLA. chefe da diplomacia cabo-verdiana, numa mensagem por ocasião do Dia da Europa, que hoje se assinala, escreveu: “Orgulhamo-nos por ter a União Europeia como um parceiro estratégico que tem trabalhado, de forma inequívoca e abnegada, para o desenvolvimento de Cabo Verde, marcando…

Leia mais

E JOÃO LOURENÇO O CANTO DO… DOBROU

António Costa mandou um cartão a João Lourenço, que o amigo Maninho tipografou: “Por ti sofre o meu coração”. Num canto – Sim, noutro canto – Não, e ele o canto do… dobrou” (*). E assim vãos os reinos dos irmãos da Internacional Socialista. primeiro-ministro português, António Costa, visita Angola em Junho, a convite do Presidente angolano, João Lourenço, para assinar o novo pacote de cooperação estratégica, que está a ser fechado pelos dois governos. As saudades são tantas que importa regar as flores (mesmo que sejam de plástico) do…

Leia mais

PLACEBO EUROPEU NOS DIREITOS HUMANOS

A delegação da União Europeia (UE) em Angola assinou hoje os contratos de financiamento de quatro projectos na área dos direitos humanos, que vão receber um total de 850 mil euros. Pois é. Não esqueçamos que MPLA assassinou recentemente, a sangue-frio, uma zungueira, de seu nome Raquel Kalupe. s quatro projectos, com duração de dois a três anos foram seleccionados na sequência de um convite à apresentação de propostas com vista a reforçar a protecção e respeito pelos direitos humanos, a democracia e as liberdades fundamentais em Angola, nas áreas…

Leia mais